VIAGEM

VIAGEM CULTURAL A FRANÇA - DA ARTE IMPRESSIONISTA DE MONET À FEIRA CONTEMPORÂNEA JOURNÉE DES PLANTES
- 15 A 18 DE OUTUBRI DE 2016

Viagem comentada pela presidente da direcção da AAJB, Prof.ª Doutora Sónia Talhé Azambuja,
docente universitária de história da arte dos jardins.



A construção e a composição de Giverny na Normandia foi um processo que durou quatro décadas, durante as quais Claude Monet (1840-1926) estabeleceu o jardim, o atelier e a casa de família, levando-o a afirmar que «o meu jardim é o meu trabalho».

Os jardins de Giverny foram delineados a partir de 1883 sob orientação de Monet, com a criação do famoso lago de nenúfares e da ponte japonesa construídos entre 1893-1895, que foram fonte para muitas das suas obras impressionistas, como é o caso da série de pinturas Les Nympheas do Museu de l'Orangerie des Tuileries, Paris, que iremos apreciar no último dia da nossa viagem. Claude Monet chegou mesmo a afirmar que o jardim de Giverny foi a sua obra-prima mais bela: «Mon plus beau chef-d'oeuvre, c'est mon jardin». O facto de Claude Monet pintar por sistema ao ar livre, no meio da natureza, revela o seu grande amor pelos jardins e pela paisagem.

A feira denominada Journée des Plantes, uma das feiras de horticultura e de plantas mais relevantes da Europa, habitualmente realizada nos jardins do Château de Courson, será este ano organizada no parque do Château de Chantilly. Para além de visitarmos esta feira que congrega cerca de 250 expositores viveiristas, jardineiros e profissionais do mundo das plantas, iremos percorrer o Castelo de Chantilly que reúne uma impressionante colecção de arte e os seus jardins, que incluem o grand parterre de André Le Nôtre, autor dos jardins de Versalhes.


"Rien au monde m'intéresse que ma peinture et mes fleurs».

Claude Monet (1840-1926)

 

 

Programa 

 

Dia 1 | 15 DE OUTUBRO DE 2016 (SÁBADO) – LISBOA / PARIS


Comparência no aeroporto de Lisboa. Formalidades de embarque e partida com destino a Paris, em voo regular da companhia aérea  TAP Air Portugal.
TP 434 15Out Lisboa – Paris (Orly) 08h00/11h25

Chegando ao aeroporto de Paris continuamos a viagem de autocarro para a nossa primeira visita, a cidade de Chantilly, situada no coração da floresta de Chantilly, a cerca de 30 Km a norte de Paris.

Ficaremos hospedados no Château de Montvillargenne, um hotel de charme do séc. XIX, aproximadamente a 5 Km do centro da cidade.





Dia 2 |
16 de Outubro de 2016 (Domingo) - Château de chantilly / journée des plants


Após o pequeno-almoço, vamos visitar o Château de Chantilly, localizado em Chantilly, no norte de França, no vale do rio Nonette. Trata-se de um dos conjuntos patrimoniais de maior relevância em França. Na visita ao parque de 115 hectares percorreremos as suas três principais épocas históricas: o jardim à francesa projectado por André Le Nôtre (1613-1700)) no século XVII, o jardim anglo-chinês do final do século XVIII, e o jardim paisagista do século XIX.

O grand parterre de Le Nôtre é considerada uma das suas obras-primas. Luís II de Bourbon-Condé (1621-1686), conhecido como Grand Condé, contemporâneo do rei Luís XIV (1638-1715), encomendou a remodelação do parque a André Le Nôtre, autor dos jardins de Versalhes.

Iremos visitar os sumptuosos Grands Appartements que datam dos séculos XVII-XIX, bem como as Galeries de Peintures, cuja colecção de pintura antiga é a segunda mais importante depois do Museu do Louvre. Pensa-se que a receita culinária do creme chantili (do francês Chantilly), atribuída ao cozinheiro François Vatel (1631-1671), foi criada no Castelo de Chantilly.


O resto do dia será igualmente passado na 64.ª edição da Journée des Plantes organizado no Château de Chantilly, reunindo cerca de 250 expositores viveiristas, jardineiros e profissionais do mundo das plantas.

Teremos algum tempo livre para visitar a feira da Journée des Plantes.

 

Dia 3 | 17 de Outubro de 2016 (segunda feira) -  Giverny

 

Após o pequeno-almoço, partiremos em direcção a Giverny, na Normandia, para aquela que foi a casa e atelier de Monet durante 43 anos. Os seus jardins foram pintados repetitivamente por Monet, passando assim metade de sua vida a protegê-los e a apreciá-los, permitindo que estes chegassem aos dias de hoje como um património singular, mesmo noventa anos após sua morte.

Neste jardim sente-se uma atmosfera única ao longo de todo o ano, cheia de cor, com a ponte japonesa adornada por glicínias e com as folhas do salgueiro-chorão a emoldurar o lago dos nenúfares. Monet era leitor dos artigos e livros de jardinagem de Gertrude Jekyll (1843-1932) e poderá mesmo ter seguido os seus ensinamentos nos planos de plantação do seu jardim de Giverny.

Monet líder do movimento Impressionista cultivou nos jardins de Giverny cerca de setenta e cinco espécies de árvores, arbustos e herbáceas que eram escolhidas de acordo com a floração, cor e forma. No tempo de Monet, na primavera era possível observar narcisos, prímulas, lírios-cardano de cor roxa e cerejeiras-japonesas em flor cor-de-rosa, e no verão estavam em floração as roseiras trepadeiras de tons rosa e vermelho, as anémonas japonesas de cor rosa-pálido, os cravos e as dálias vermelhas.

Pausa para almoço leve perto do jardim.

De seguida, teremos tempo livre para visitar a cidade de Giverny e conhecer a pequena igreja onde Monet está sepultado.

 

Dia 4 | 18 de Outubro de 2016 (Terça-feira) –  Paris / Museu l'Orangerie des Tuileries

 

Check-out do hotel após pequeno-almoço e partida para Paris, onde organizámos uma curta visita guiada pela cidade.

Iremos visitar o Museu de l'Orangerie des Tuileries, reinaugurado em 2006, depois de um amplo programa de remodelação.


O destaque do museu é sem dúvida a célebre colecção de telas de 2m de altura e 200m de comprimento, que retratam o lago dos nenúfares do jardim de Giverny, intitulados de Les Nympheas: uma obra com cerca de 250 pinturas a óleo de Monet que datam de um período compreendido entre 1914 e 1918.

Estar diante destas pinturas é uma experiência memorável. Além da série dos nenúfares, o Museu de l'Orangerie oferece uma extraordinária colecção de obras de Cézanne, Renoir, Picasso, Matisse, Modigliani, entre outros artistas.


Transfer
até ao aeroporto de Paris para apanhar o voo regular da TAP Air Portugal de regresso a Lisboa.
TP 431 18Out Paris (Orly) – Lisboa 18h35/22h00


Fim da Viagem
 

VIAGEM CULTURAL A FRANÇA - DA ARTE IMPRESSIONISTA DE MONET À FEIRA CONTEMPORÂNEA JOURNÉE DES PLANTES - 15 A 18 DE OUTUBRO DE 2016



PREÇOS:
  • Preço para Associado da AAJBA: 1385 €
  • Preço para não associado da AAJBA: 1435 €
  • Suplemento de quarto individual: 250 €

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
  • Passagem aérea em voo directo da TAP Air Portugal, em classe económica, Lisboa-Paris e Paris-Lisboa;
  • Seguro VIP Multiviagens;
  • Três noites no Château de Montvillargenne
  • Três pequenos-almoços, três jantares;
  • Entrada e visitas;
  • Todos os transfers indicados no programa em autocarro privativo;
  • Acompanhamento de guia da Brightwater Holidays (língua inglesa);
  • Acompanhamento da Presidente da Direcção da AAJBA, Prof.ª Doutora Sónia Talhé Azambuja, docente universitária de História da Arte dos Jardins, que comentará a viagem na qualidade de especialista de História da Arte dos Jardins e de História da Arte Geral.

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS
  • Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos, como despesas de carácter pessoal, serviços de lavandaria, chamadas telefónicas, etc.

SEGURO
  • Limite de Idade: para participantes com idade inferior a 14 anos ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem.

    Não há quaisquer limitações quanto às coberturas do seguro de viagem para idade máxima.


INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:

  • O prazo limite para as inscrições será o dia 14 de julho de 2016.
    Atenção: inscrições limitadas à capacidade dos lugares bloqueados nos voos.

  • Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de 600 € até 14 de julho de 2016.


MODALIDADE DE PAGAMENTO EM TRÊS PRESTAÇÕES

  • pagamento de um depósito não reembolsável de 600 € no acto da inscrição, até 14 de julho de 2016
  • remanescente até dia 14 de agosto de 2016.

PAGAMENTOS

  • Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
  • Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


  • INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:

    Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
    tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
    web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

    VIAGEM

    À Descoberta dos jardins privados Mediterrânicos do Algarve  - 7 e 8 de Maio de 2016
    Visita guiada por membro da Mediterranean Gardening Association do Algarve, especialmente organizada para os Associados e Amigos da AAJBA



    Oportunidade única para conhecer estes jardins e as plantas mediterrânicas!

    Programa

    Dia 1 | 7 de Maio


    Lugar do Olhar Feliz , Cercal
    Casa do Foral, Messines

    Dia 2 | 8 de Maio


    Casa Amarela, Monte Seco
    Mandihari, Almancil
    Quinta das Sesmarias, Albufeira
    Casa Jardim, Moncarapacho

     


    Data limite para inscrição:
    23 de Abril

    Fim da Viagem 

    À Descoberta dos jardins privados Mediterrânicos do Algarve -
    7 A 8 DE MAIO DE 2016


    PREÇOS:
    • Preço para Associado da AAJBA: 199 €
    • Preço para não associado da AAJBA: 229 €
    • Suplemento de quarto individual: 45 €
    Nota: A viagem só se realizará com um mínimo de 20 participantes.
    Incluí viagem de ida e volta, as visitas guiadas, Alojamento,  2 almoços, jantar e seguro.


    INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:

    Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
    tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
    web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com







    PASSEIO

    VISITA À BATALHA – II | CENTRO INTERPRETATIVO DE ALJUBARROTA | 16 DE ABRIL DE 2016
    VISITA GUIADA PELO HISTORIADOR DR. JOSÉ MANUEL FERRÃO




    Programa

    • 09h15m – Comparência no Jardim Botânico da Ajuda (entrada da Calçada do Galvão).
    • 09h30m – Saída em autocarro privado em direcção a Aljubarrota.

    Visita guiada

    • Centro Interpretativo de Aljubarrota
    • Visita ao local da Batalha de Aljubarrota

    Almoço

    • Restaurante Mestre Afonso Domingues (ou similar).

    Saída para regresso a Lisboa.
    Chegada e fim da viagem e dos nossos serviços.


    Fim do Passeio

    VISITA À BATALHA – II | CENTRO INTERPRETATIVO DE ALJUBARROTA

     

    PREÇOS:
    • Preço para Associado da AAJBA: 60,00 €
      Preço para não associado da AAJBA: 66,00€
    • Nota: a viagem só se realizará com um mínimo de 20 participantes.

    INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
    Inscrição mediante pagamento de um depósito não reembolsável* no valor total da viagem até ao dia 6 de Abril  de 2016.
    (*salvo cancelamento da viagem por falta de inscrições).

    Cheque à ordem da Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
    Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


    INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
    Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal
    e-mail: info@aajba.com, telefone: 213 620 527 e telemóvel: 915 989 259.

    SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
    • Circuito em autocarro conforme itinerário.
    • Seguro de viagem.
    • Visita guiada pelo Dr. José Manuel Ferrão, Historiador da Arte.
    • Almoço no Restaurante Tamuz Afonso Domingues. ou similar.


    SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:

    Quaisquer serviços que não se encontrem devidamente mencionados no presente itinerário e extras de carácter pessoal.


    DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

    Bilhete de Identidade ou Cartão do Cidadão.


    NOTAS IMPORTANTESS:

    Os preços das viagens e suplementos indicados neste programa foram calculados com base nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa, estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23% e são válidos para um mínimo de 20 participantes.


    ORGANIZAÇÃO:

    A Organização Técnica destas viagens foi realizada por OÁSIS - Viagens e Turismo, SA, com sede no Largo Machado de Assis, Edifício Roma Parque, Lj 3 A, 1700-115 LISBOA. Contribuinte Fiscal n.º 501821627.

     

     

     

    VIAGEM

    AVENTURA AFRICANA - AFRICA DO SUL - BOTSWANA - ZIMBABWE - AFRICA DO SUL
    (DELTA DO OKAVANGO - CHOBE - CATARATAS DE VICTORIA - KRUGER – JOANESBURGO)
    | 21 Novembro a 9 Dezembro de 2016



     

    África está ainda hoje no nosso imaginário como um destino de natureza selvagem árida ou exuberante tanto na flora como na fauna. Atraiu desde há séculos aventureiros e exploradores que partilharam com o mundo algumas das suas experiências. A nossa aventura africana vai-nos levar a algumas das regiões mais fascinantes deste Continente. O transporte é feito em camião especialmente alterado e equipado para este tipo de viagem com uma tripulação experiente de guia/condutor e cozinheiro. São conhecedores do terreno e vão assinalar durante cada etapa tudo o que for interessante e poderia escapar ao observador menos treinado.

    De Joanesburgo fazemos o nosso caminho para o Delta do Okavango, no Botswana, uma vasta área alagada que é a foz do rio com o mesmo nome que desagua no deserto do Kalahari. Seguimos depois para o Parque Nacional de Chobe onde fazemos safaris terrestres e aquáticos numa zona riquíssima de fauna selvagem. Continuamos até Victoria Falls, com visita às fabulosas cataratas. Iniciamos depois a nossa descida em direcção ao fabuloso Parque Nacional de Kruger passando por Matopos, e as nascentes termais de Tshipise. Após dois dias de Safari na área de Reserva do Kruger, regressamos a Joanesburgo pela famosa Panorama Route incluindo Bourke Luck Potholes, e uma vista espectacular sobre o Blyde River Canyon.

    Programa


    Dia 1 | 21 de Novembro (2.ª feira) – Lisboa/Joanesburgo

    Comparência no aeroporto de Lisboa, na zona das partidas para entrega da documentação e assistência pelo representante da Tryvel nas formalidades de embarque. Partida com destino a Joanesburgo, em voo regular da companhia aérea British Airways.

    BA 501 Lisboa 10h20/ Londres(Heatrow) 13h15 / BA 55 Londres(Heatrow) 18h00/Joanesburgo 07h05

     

    Dia 2 | 22 de Novembro (3.ª feira) – Joanesburgo

    Chegada ao aeroporto de Joanesburgo às 07h05, formalidades de entrada na África do Sul, recolha das bagagens e transfer para o alojamento em Belvedere Estate.

    Aproveite o tempo livre para relaxar ou conhecer um pouco da cidade de Joanesburgo, com mais de 4 milhões de habitantes. Programas de visita opcionais estão disponíveis no alojamento. Não perca entre outras visitas o famoso bairro de Soweto, e o Radium Beer Hall, o café mais antigo de Joanesburgo que, segundo visitas recentes, ainda conserva um símbolo da presença portuguesa: um letreiro a anunciar o café Delta!

    Alimentação: Almoço e Jantar livres.
    Alojamento: Belvedere Estate

     

    Dia 3 | 23 de Novembro de 2016 (4.ª feira) - – Joanesburgo - Botswana – Tuli Block

    Partimos cedo de manha, após o pequeno-almoço, em direcção de Tuli Block O nosso destino situa-se numa estreita faixa de território do Botswana entre o Zimbabwe e a África do Sul, uma reserva natural, repleta de vida selvagem. Tuli é sobretudo conhecida pelas suas características geográficas – Parede de Salomão e o rio Motloutse bem como pela sua localização perto do Tswapong e Lepokole Hills, onde os ancestrais dos povos de San deixaram vestígios das suas pinturas rupestres.

    À chegada ao alojamento em Stevensford Game Reserve iniciamos o primeiro safari desta viagem numa reserva onde podemos avistar zebras, hipopótamos, girafas, hienas e gazelas.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Stevensford Lodge
    Distância: +- 450Kms

     

    Dia 4 | 24 de Novembro (5.ª feira) - Tuli Block – Maun

    Depois de um pequeno-almoço bem cedo partimos para Maun, a porta de entrada no Delta do Okavango.- uma longa viagem no camião que pode aproveitar para observar a paisagem, ler e ouvir música. Neste percurso podemos recordar o famoso Livingstone, explorador que, no final do séc. XIX, percorreu grande parte do Botswana. À chegada ao nosso alojamento, Sitatunga Lodge, preparamos a nossa incursão pelo delta com um briefing sobre as actividades que nos esperam nos próximos dias.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Sitatunga Lodge
    Distância: +- 700Kms

     

    Dia 5 | 25 de Novembro (6.ª feira) – Maun - Okavango Delta

    Depois do pequeno-almoço, embarcamos num pequeno avião sobrevoando os sinuosos canais do Delta. Fazemos depois um pequeno safari até ao nosso alojamento.

    Durante duas noites permanecemos nas margens do Delta do Okavango. Durante o dia vamos explorar diversos canais nas mokoro (canoas tradicionais construídas com troncos da árvore Kigelia). Ao pôr-do-sol voltaremos a terra e após o jantar aproveitamos a noite partilhando experiências à volta da fogueira, envoltos nos sons únicos desta região de África.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Fallen Boabab
    Distância: +- 30 min Flight
    No voo acima referido o máximo de bagagem permitida 10Kgs por pessoa.

     

    Dia 6 | 26 de Novembro (Sábado) – Okavango Delta

    O cenário que nos rodeia é o habitat de milhares de animais: inúmeros tipos de mamíferos que se aglomeram entre as bacias de água, pequenos e grandes répteis que aproveitam o sol nas bordas dos rios e numerosos pássaros que pulam entre os galhos das árvores. O dia de hoje começa bem cedo para navegarmos nas águas límpidas do delta em direcção a uma das suas maiores ilhas. Esta é uma boa altura para tentar avistar os animais que se dirigem às margens para beberem água logo pela manhã.

    Depois de uma caminhada matinal na ilha, o pequeno-almoço estará à nossa espera para repormos as energias para o resto do dia. Com sorte teremos a oportunidade de observar e fotografar hipopótamos, girafas, crocodilos, chitas e hienas. Não esquecendo que estamos num local selvagem, onde os animais vivem no seu ambiente natural e o encontro com estes gigantes africanos é sempre ditado pelas regras da natureza. Voltamos ao acampamento para uma tarde relaxada, enquanto esperamos pelo passeio de barco ao pôr-do-sol.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Fallen Boabab

     

    Dia 7 | 27 de Novembro (Domingo) – Okavango Delta – Maun

    Depois do pequeno-almoço, despedimo-nos do Delta do Okavango e fazemos o regresso a Maun por estrada, aproveitando o percurso para apreciar a paisagem desta região nas suas múltiplas facetas.

    Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Sitatunga

    Distância: +- 160Kms

     

    Dia 8 | 28 de Novembro (2.ª feira) – Maun - Nata

    Saímos cedo de Maun, a caminho de Nata, para uma visita a Makgadikgadi Pans. Situada a sudeste do Delta do Okavango e rodeado pelo deserto de Kalahari, Makgadikgadi é um conjunto de bacias (pans) que estão secas na maior parte do ano, sendo as maiores a Sowa, Nwetwe e Nxai Pans. A maior bacia individual tem cerca de 4,921.0 km2. Com uma crosta de barro salgado seco a maior parte do ano, as bacias são sazonalmente cobertas com erva e água, tornando-se então um refúgio para aves e animais nesta parte muito árida do mundo. O clima é quente e seco, mas com chuvas anuais regulares.

    Estas salinas cobrem 16,057.9 km 2 na Bacia do Kalahari e formam o leito do antigo Lago Makgadikgadi, que muitos milénios atrás se evaporou.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Nata Lodge

     

    Dia 9 | 29 de Novembro (3.ª-feira) – Nata - Kasane

    Depois do pequeno almoço, saímos em direcção a Kasane - uma cidade que se encontra ainda no Botswana, perto do local em que quatro países quase se tocam: Botswana, Namíbia, Zâmbia e Zimbabwe. É no canto nordeste do Botswana onde serve como centro administrativo do distrito de Chobe, encontrando-se inserida no Chobe National Park.

    Kasane obteve fama internacional por se ter lá celebrado o novo casamento de Elizabeth Taylor com Richard Burton, em 1975.

    Depois da nossa chegada ao alojamento em Thebe Rivers Safari faremos um cruzeiro safari ao pôr-do-sol no rio Chobe, podendo observar grande concentração de animais nas suas margens .entre as quais a lendária águia pesqueira.

    Alimentação: Pequeno-almoço e almoço e jantar
    Alojamento: Thebe River Safaris
    Distância: +- 435 Kms

     

    Dia 10 | 30 de Novembro (4.ª-feira) – Botswana - Kasane - Zimbabwe - Victoria Falls

    Pela manhã cedo faremos um safari no Chobe National Park em busca de uma grande manada de elefantes e vastos grupos de antílopes. Partimos de seguida em direcção a uma das sete maravilhas naturais do mundo- as Cataratas de Vitória (Victoria Falls). Estas cataratas definem a fronteira entre o Zimbabwe e a Zâmbia, e com uma extensão de 1,7 Kms são uma das maiores do mundo, transformando o plácido rio Zambeze numa corrente feroz que abre caminho entre os desfiladeiros. Se o tempo permitir faremos uma visita guiada antes do final do dia.

    Alimentação: Pequeno-almoço incluído e almoço e jantar livres
    Alojamento: Rainbow Hotel
    Distância: +- 110 Kms

     

    Dia 11 | 1 de Dezembro (5.ª feira) ) – Victoria Falls

    Depois do pequeno-almoço visita guiada às Cataratas caso não se tenha realizado na véspera. O dia de hoje é livre para que possa explorar à vontade a região. Aproveite para descansar ou realizar uma das múltiplas actividades opcionais que este local lhe oferece. E não perca a oportunidade de dar um salto até aos mercados locais.

    Alimentação: Pequeno-almoço incluído e almoço e jantar livres
    Alojamento: Rainbow Hotel

     

    Dia 12 | 2 de Dezembro (6.ª feira) ) – Victoria Falls a Matopos

    Depois do pequeno-almoço, deixamos para trás Victoria Falls em direcção ao Parque Nacional de Matopos, situado nas magníficas Colinas de Matopos, um conjunto de formas rochosas, algumas em admirável equilíbrio, esculpidas num espesso planalto de granito pelo efeito da erosão de milhões de anos. Um cenário que parece saído de um conto fantástico.

    Hoje é um dia onde não vão faltar experiências opcionais para desfrutar: desde caminhadas de exploração, a canoagem, ao avistamento da vida natural num breve safari, ou até um passeio a cavalo. A única dificuldade será o que escolher. Ao fim do dia, nada como mergulhar no relaxamento desta atmosfera tranquila, ao som nocturno da vida selvagem em redor.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Big Cave Camp
    Distância: +- 380 Kms

     

    Dia 13 | 3 de Dezembro (Sábado) – Matopos - Tshipise

    Neste dia partimos cedo de Matopos, deixando o Zimbabwe e atravessando a fronteira para África do Sul, em direcção à província de Limpopo, cidade de Tshipise. Este nome deriva de Chipise, com origem na expressão “chia fisu”, que significa “queimar”, ou “estar quente”.

    A explicação são as fontes termais de Tshipise onde a água atinge temperaturas de 65º. Como não podia deixar de ser, a tarde deste dia é dedicada à descontracção e à saborosa preguiça proporcionada pelo bem-estar de uma piscina de águas termais.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Forever Resorts Tshipise

    Distância: +- 370 Kms

     

    Dia 14 | 4 de Dezembro (Domingo) – Tshipise - Kruger National Park

    Esta manhã saímos já em direcção ao destino que é para muitos atracção mais esperada desta aventura africana - o Kruger National Park, habitat natural dos Big 5 – Elefantes, Bufálos, Leões, Rinocerontes e Leopardos, que abriga também centenas de outras espécies animais. E essa é uma das zonas mais coloridas da África do Sul. Mesmo os tons de cinza dos elefantes e rinocerontes, o preto e branco das zebras e os tons de bege dos leões, colaboram para a diversidade cromática. O pôr-do-sol, espectacular em tons de amarelo, laranja e vermelho, completa o cenário que é tão vivo no nosso imaginário.

    O Kruger Parké uma das maiores reservas na África, cobrindo uma área de quase vinte mil quilómetros quadrados nas províncias de Limpopo e Mpumalanga na parte nordeste da África do Sul, fazendo também fronteira com dois países: Zimbabwe no norte e Moçambique no leste.

    À chegada ao nosso alojamento Timbavati Lodge, dentro da área do Greater Kruger no Timbavati Reserve teremos um jantar tradicional à volta da fogueira, com danças do folclore local.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Timbavati Safari Lodge

     

    Dia 15 | 5 de Dezembro (Domingo) – Kruger National Park

    Hoje temos um dia inteiro de Safari SUNDOWNER dentro do Kruger National Park. Os nossos guias estarão alerta para as melhores oportunidades de encontrar os Big 5 – Elefantes, Búfalos, Leões, Rinocerontes e Leopardos. Alguém consegue antecipar-se ao guia? Podem organizar uma competição!

    Alimentação: Pequeno-almoço, jantar incluído, almoço livre
    Alojamento: Nkambeni Tented Camp

     

    Dia 16 | 6 de Dezembro (Domingo) – Kruger National Park

    Mais um dia cheio de surpresas. Começamos com um passeio guiado a pé pelo mato seguido de um safari no Kruger National Park no conforto do nosso camião. Ao fim da tarde, regressamos ao alojamento e fazemos mais um safari local.

    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar
    Alojamento: Nkambeni Tented Camp

     

    Dia 17 | 7 de Dezembro (4.ª feira) – Kruger National Park - Joanesburgo

    Esta manhã despedimo-nos do Kruger National Park. Saímos depois do pequeno-almoço para percorrer a famosa Panorama Route a caminho de. Joanesburgo No percurso paramos em Bourke’s Luck Potholes, incríveis formações geológicas esculpidas pela força das águas, passando por God's Window (se o tempo permitir) e ainda pelos Three Rondavels, espectaculares picos (a 1380 metros de altitude) com uma vista espantosa sobre o Blyde River Canyonque visitamos. Os picos lembram, pela sua forma, as casas tradicionais dos nativos desta região.

    Chegamos ao nosso alojamento a tempo de jantar - no Belvedere Estate. Onde podemos desfrutar ao um braai tradicional para despedida . Esta é uma refeição opcional que se pode reservar através do guia.

     

    Dia 18 | 8 de Dezembro (5.ª feira) – Joanesburgo – Lisboa

    Depois do pequeno-almoço aproveite o tempo livre para conhecer mais um pouco da cidade de Joanesburgo ou apenas relaxar no Belvedere Estate. Programas de visita estão disponíveis no alojamento.

    Em hora a combinar transfer para o aeroporto.

    Partida com destino a Lisboa, ou Porto, (opcional), em voo regular da companhia aérea British Airways.

    BA 56 Joanesburgo 20h20/ Londres(Heatrow) 05h15 /BA 500 Londres(Heatrow 07h00/ Lisboa 09h35.

    Refeições a bordo

     

    Dia 19 | 9 de Dezembro (6.ª feira) – Lisboa

    Chegada a Lisboa e formalidades de desembarque.

     

    Fim da Viagem

    AVENTURA AFRICANA
    AFRICA DO SUL - BOTSWANA - ZIMBABWE - AFRICA DO SUL - (DELTA DO OKAVANGO - CHOBE - CATARATAS DE VICTORIA - KRUGER – JOANESBURGO) - 21 Novembro a 9 Dezembro de 2016


    PREÇOS:
    • Associado da AAJBA: 3 375 Euros

    • Não Associado da AAJBA: 3 475 Euros

    • Suplemento de quarto individual: 420 Euros
    • Nota: a viagem só se realizará com um mínimo de 10 participantes e um máximo de 20. Só serão admitidos 4 participantes em quarto single

    INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:

    • Inscrição mediante pagamento de um depósito não reembolsável* no valor de 1.000€ até dia 5 de Abril de 2016(*salvo cancelamento da viagem por falta de inscrições).

    • Pagamento da 2.ª prestação 1.000 € até dia 5 de Julho de 2016; Pagamento remanescente até dia 5 Outubro de 2016.

    • Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda

    • Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

     

    INFORMAÇÕES:

    Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
    tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
    web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

     

    SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:

    • Passagem aérea em voo regular da Companhia Aérea British Airways em classe económica e tarifa especial de grupo com direito ao transporte de 01 peça de bagagem de porão até ao máximo de 23kg e 1 peça de bagagem de mão até ao máximo de 8kg;
    • Taxas de aeroporto, combustível e segurança (sujeitas a alteração até ao momento da emissão dos bilhetes);
    • Seguro Multiviagens GOLD (com cobertura máxima até 50.000 €)
    • Transporte em camião especial Overland de 24 Lugares;
    • Guia Motorista e guia Cozinheiro;
    • Refeições e alojamento conforme indicado;
    • Safari na Reserva de STEVENSFORD;
    • 2 dias DELTA FLY.IN Incluindo voos de regresso e actividades
    • Visita às Bacias Salgadas de MAKGADISKGADIK
    • Cruzeiro no rio CHOBE;
    • Safari no parque de Chobe;
    • Visita às Cataratas de Vitória;
    • JANTAR & Dança Tradicional na Área do Kruger;
    • Safari SUNDOWNER(4x4) no Kruger;
    • CAMINHADA com guia no Kruger;
    • Safari com camião Overland no Kruger;
    • Transferes de Grupo de/para aeroporto Joansburgo;
    • Viagem acompanhada por Ana Maria Lory, Vice-Presidente da Mesa da Assembleia Geral da AAJBA.
    Opcionais:
    • Para participantes de fora de Lisboa - possibilidade de reservar voos a partir do Porto ou de ligação a Lisboa, bem como alojamento que assegure os voos definidos. 
    Serviços não incluídos:
    • Todos os serviços não indicados acima;
    • Vistos, bagageiros e gratificações
    • Quaisquer despesas de natureza pessoal
    • Tours opcionais em Joanesburgo: Johannesburg FD Johannesburg Soweto & Apartheid Museum - 74,15€ Johannesburg FD In Mandela's Footsteps - 85,92€ Johannesburg FD Sun City & Pilansberg - 120,64€ Johannesburg HD Soweto & Johannesburg - 47,08€ Johannesburg HD Cradle of Humankind 61,79€ Johannesburg FD Johannesburg, Soweto & Gold Reef City - 97,10€ Todos os valores são para mínimo de 2 pessoas.(cotação a 15-03-2016) Valor por pessoa.

    Conforme as condições no momento da viagem podem ser necessárias alterações de itinerário e alojamento mantendo sempre os mesmos locais e categoria.

     

     

    CONDIÇÕES DE VIAGEM

    • ALTERAÇÕES – Sempre que existam razões justificadas, a Nomad ZA reserva o direito de alterar a ordem do percurso ou substituir qualquer dos hotéis previstos por outros de igual categoria, facto de que dará conhecimento ao cliente. A não-aceitação por parte do cliente, dentro do prazo que for fixado, das referidas alterações, confere-lhe o direito de rescindir o contrato e a ser reembolsado da totalidade das quantias entretanto pagas

    • ALTERAÇÃO DO PREÇO – Os preços constantes do programa estão baseados nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data da elaboração desta proposta, pelo que estão sujeitos a alteração que resulte de variações no custo dos transportes ou do combustível, de direitos, impostos, taxas e flutuações cambiais.
      Sempre que se verifique uma alteração ao preço da viagem, o cliente deve ser imediatamente informado e convidado, a dentro do prazo que for fixado, aceitar o aumento verificado ou anular a sua inscrição nos mesmos termos e condições que os previstos na rubrica «IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO».

    • DESISTÊNCIAS – Se o cliente ou algum dos seus acompanhantes desistir da viagem, será necessário pagar todos os encargos a que a desistência dê lugar e ainda uma percentagem que pode ir até 35% do preço da viagem. Quando seja caso disso, o cliente será reembolsado pela diferença entre a quantia já paga e os montantes acima referidos.

    • REEMBOLSOS – Depois de iniciada a viagem não são devidos quaisquer reembolsos por serviços não utilizados pelo cliente. A não prestação de serviços previstos no programa por causas não imputáveis à Agência organizadora, e caso não seja possível a sua substituição por outros equivalentes, confere ao cliente o direito a ser reembolsado pela diferença entre o preço dos serviços previstos e dos efectivamente prestados

    • IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO - Se por factos não imputáveis à Nomad ZA esta vier a ficar impossibilitada de cumprir algum serviço essencial constante do programa de viagem, tem o cliente direito a desistir da viagem, sendo imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas ou, em alternativa, aceitar por escrito uma alteração de contrato e eventual variação de preço. Se os referidos factos não imputáveis à Agência organizadora vierem a determinar a anulação da viagem, pode o cliente ainda optar por participar numa outra viagem organizada, a preço equivalente. Se a viagem organizada proposta em substituição for de preço inferior, será o cliente reembolsado da respectiva diferença

    • RESPONSABILIDADES – A responsabilidade da Agência organizadora das viagens constantes deste programa e emergente das obrigações assumidas, encontra-se garantida por um seguro de responsabilidade civil e por um seguro de caução nos termos da legislação em vigor.

    • NOTAS IMPORTANTES – Os preços das viagens e suplementos indicados neste programa foram calculados com base nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa, estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23% e são válidos para um mínimo de 10 participantes.

    • ORGANIZAÇÃO - A Organização Técnica desta viagem foi realizada por Nomad ZA. e voos da British são da responsabilidade da agência TRYVEL, LDA Lisboa, Av. Duque de Loulé, nº 72- 3º 1050-09.

     

     

    ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

    VIAGEM

    INGLATERRA - OS JARDINS DE LANCELOT ‘CAPABILITY’ BROWN E O APOGEU DA ESCOLA PAISAGISTA INGLESA DO SÉCULO XVIII
    - 2 A 5 DE JULHO DE 2016

    Viagem comentada pela presidente da direcção da AAJB, Prof.ª Doutora Sónia Talhé Azambuja,
    docente universitária de história da arte dos jardins.




    Lancelot ‘Capability’ Brown (1716-1783) revolucionou a História da Arte dos Jardins, em Inglaterra, no século XVIII, projectando jardins e parques de grandes propriedades rurais e contribuindo para o apogeu da Escola Paisagista Inglesa. Para celebrar o terceiro centenário de seu nascimento, propomos uma viagem em que iremos visitar algumas das suas obras-primas. Lancelot Brown baseava os seus projectos nas capacidades (capabilities) da paisagem e daí que tenham ficado conhecido pela alcunha (nickname) de ‘Capability’.

    ‘Capability’ Brown é conhecido pelas suas paisagens de grande escala em propriedades senhoriais inglesas, com um traçado de linhas orgânicas inspiradas na natureza, como contraponto aos jardins barrocos à francesa de traçado geométrico, que quase toda a Europa seguia no século XVIII, incluindo Portugal. Esta inovação inglesa vai romper com uma longa tradição de jardins eruditos geométricos que existia no mundo ocidental desde a Antiguidade. Durante esta viagem será explicada a influência da filosofia e do traçado dos jardins chineses; o retomar do espírito do lugar (genius loci) dos gregos; o fascínio pela pintura de paisagens idealizadas nas obras de Claude Lorrain, de Nicolas Poussain e de Salvator Rosa (incluídas nas colecções das galerias de pinturas das casas senhoriais inglesas); a moda do Grand Tour (precursor do turismo cultural) onde a elite inglesa visitava em Itália as ruínas dos principais monumentos do Império Romano e das Villae do Renascimento; bem como a experiência do sublime junto às montanhas e aos desfiladeiros.


    Síntese do Itinerário da Viagem:


    A nossa viagem começa em Compton Verney, uma casa de Robert Adam, com jardins reformulados por ‘Capability’ Brown depois de 1761.

    Durante as primeiras três noites ficaremos alojados no Best Western Mayfield House Hotel, Cotswolds. A partir de Cotswolds continuaremos o nosso percurso com visitas a Ragley Hall e Croome Court, onde poderemos visitar casas senhoriais clássicas com parques e jardins deslumbrantes. Croome Court foi o primeiro projecto de arquitectura paisagista de ‘Capability’ Brown, sendo considerado por muitos como uma das suas obras mais importantes.

    Passaremos um dia em Wiltshire e Avon, onde podemos desfrutar de Bowood House, outro belo exemplo do trabalho de ‘Capability’ Brown, e dos jardins do Prior Park, que oferecem vistas panorâmicas sobre a cidade de Bath. O nosso passeio ao chamado “Coração de Inglaterra” é complementado com visitas a Rousham House, um dos primeiros jardins paisagistas ingleses da autoria de William Kent, que projectou parte do extenso parque.

    Finalizamos a nossa visita em Stowe, obra-prima da Escola Paisagista Inglesa, onde ‘Capability’ Brown se tornou principal projectista do jardim em 1741, contribuindo para criar uma paisagem intemporal, que fascina todos que a visitam.

    Programa 

     

    Dia 1 | 2 de Julho (Sábado) – Lisboa / Londres


    Comparência no aeroporto de Lisboa. Formalidades de embarque e partida com destino a Londres, em voo regular da companhia aérea British Airways.
    BA 499 02jul Lisboa / Londres Heathrow 07h55 /10h40

    Chegando ao aeroporto de Heathrow continuamos a viagem de autocarro para a nossa primeira visita, em Compton Verney. A família Verney encarregou Robert Adam e Lancelot ‘Capability’ Brown de remodelarem a casa e os jardins em 1761. Após 1921, a casa e a propriedade sofreram várias alterações. A partir de 1945 a casa ficou desabitada, edifícios foram demolidos ou caíram em desuso, e grande parte da propriedade foi vendida. Em 1993, a Fundação Peter Moores (PMF) comprou a propriedade, incluindo a mansão quase abandonada, e doou-a ao Compton Verney House Trust. Na sequência de um projecto de reconstrução orçado em 45 milhões de libras para restaurar a mansão georgiana Compton Verney, foi totalmente aberta ao público em 2004, sendo considerada uma das maiores galerias de arte de Inglaterra. A propriedade de Compton Verney tem cerca 49 hectares, tendo o seu parque paisagista sido imaginado por ‘Capability’ Brown.

    Almoço incluído.

    Continuação para o Best Western Mayfield House Hotel, Cotswolds.

    Jantar Livre

    Dia 2 | 3 de Julho (Domingo) -  Ragley Hall/ Croome Park


    Após o pequeno-almoço, saímos a para uma visita à casa e aos jardins em Ragley Hall, a casa ancestral do Marquês de Hertford. A mansão, projectada pelo Robert Hooke, foi construída para o Edward Conway, 1.º Conde de Conway e concluída em 1680.

    Pensa-se que o salão tenha sido decorado por James Wyatt, em 1780. Os 160 hectares do parque foram projectados por ‘Capability’ Brown, durante o século XVIII.

    O horticultor Robert Marnock (1800-1889) criou, no século XIX, um interessante jardim vitoriano


    Após almoço (incluído), vamos visitar Croome Park, a casa dos Condes de Coventry. Esta obra-prima foi o primeiro projecto de ‘Capability’ Brown. Ao longo dos últimos 17 anos, o National Trust restaurou meticulosamente este parque do século XVIII, trabalho este que continua até hoje. No centro do parque está Croome Court, antiga casa senhorial.

    Regresso ao Best Western Mayfield House Hotel, Cotswolds.

    Jantar livre.

     

    Dia 3 | 4 de Julho (segunda-feira)


    Após pequeno-almoço, partiremos para o jardim privado de Bowood. A casa dos marqueses de Lansdowne, datada do século XVIII, de gosto erudito combina um interior esplêndido com uma arquitectura surpreendente. Podemos maravilhar-nos com a biblioteca, a galeria de escultura e a capela. A casa está rodeada por um parque impressionante de ‘Capability’ Brown.

    Almoço incluído.


    Continuamos a nossa viagem para Prior Park, um harmonioso jardim paisagista do século XVIII. Aqui observaremos pontes palladianas, imaginadas por Ralph Allen, com conselhos de ‘Capability’ Brown e do poeta Alexander Pope.

    O jardim está situado num um vale onde os visitantes podem desfrutar das magníficas vistas de Bath.


    Continuamos a nossa visita para os arredores de Bath onde teremos algum tempo livre para desfrutar dos elegantes terraços georgianos e, claro, os Banhos romanos (entrada não incluída).

    Continuação para o Best Western Mayfield House Hotel, Cotswolds.

    Jantar livre.


    Dia 4 | 5 DE JULHO (TERÇA-FEIRA) – Rousham/Stowe


    Check-out do hotel após pequeno-almoço e partida para Rousham.

    Partimos para os jardins no Rousham, um local de peregrinação para os apreciadores da obra de William Kent (1685-1748), um dos fundadores do novo estilo do jardim paisagista inglês, com quem ‘Capability’ Brown trabalhou em Stowe.

    Rousham representa a primeira fase da Escola Paisagista Inglesa e permanece quase igual ao que Kent projectou. Foi um dos poucos jardins desta época que escapou sem sofrer alterações. Aqui iremos observar lagos e cascatas no Vale de Vénus, o Templo do Moinho, e, no horizonte, uma falsa ruína conhecida como 'Eyecatcher'.

    Almoço incluído


    Para terminar com chave de ouro, seguimos para Stowe, onde ‘Capability’ Brown trabalhou para o Visconde Cobham, a partir de 1741. Nos anos seguintes ‘Capability’ Brown criou um parque que é considerado o apogeu da Escola Paisagista Inglesa.

    Aqui poderemos apreciar mais de trinta templos e monumentos, projectados pelos principais arquitectos ingleses do século XVIII, dispersos pelo parque de Stowe. Finalizamos a nossa visita e regressamos ao ponto de partida no centro de Londres.

    Transfer até ao aeroporto de Heathrow para apanhar o voo regular da British Airways de regresso a Lisboa. BA 504 05JUL LONDRES / HEATHROW / LISBOA 20h25 23h10

    Fim da Viagem 

    INGLATERRA- OS JARDINS DE LANCELOT ‘CAPABILITY’ BROWN E O APOGEU DA ESCOLA PAISAGISTA INGLESA DO SÉCULO XVIII -
    2 A 5 DE JULHO DE 2016



    PREÇOS:
    • Preço para Associado da AAJBA: 1220 €
    • Preço para não associado da AAJBA: 1270 €
    • Suplemento de quarto individual: 168 €

    SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
    • Passagem aérea em voo directo da Companhia Aérea British Airways ou TAP, em classe económica, Lisboa-Londres e Londres-Lisboa;
    • Seguro VIP Multiviagens;
    • Três noites no Best Western Mayfield House Hotel, Cotswolds  (ou similar)
    • Três pequenos-almoços, quatro almoços;
    • Entrada e visitas aos campos e jardins de Compton Verney , Ragley Hall, Croome Court, Bowood House , Prior Park, Rousham e Stowe
    • Todos os transfers indicados no programa em autocarro privativo;
    • Acompanhamento de guia da Brightwater Holidays (língua inglesa);
    • Acompanhamento da Presidente da Direcção da AAJBA, Prof.ª Doutora Sónia Talhé Azambuja, docente universitária de História da Arte dos Jardins, que comentará a viagem na qualidade de especialista de História da Arte dos Jardins.

    SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS
    • Extras de carácter pessoal e qualquer outro serviço não mencionado.

    SEGURO
    • Limite de Idade: para participantes com idade inferior a 14 anos ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem. Em relação à idade máxima dos participantes não há quaisquer limitações quanto às coberturas do seguro de viagem.

    INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:

    • O prazo limite para as inscrições será o dia 5 de Abril de 2016. (Atenção – inscrições limitadas à capacidade dos lugares bloqueados nos voos.)

    • Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de 500€ até 5 de Abril de 2016.


    MODALIDADE DE PAGAMENTO EM TRÊS PRESTAÇÕES

    • pagamento de um depósito não reembolsável de 500 € no acto da inscrição, até dia 5 de Abril de 2016
    • 500 € até dia 5 de Maio de2016
    • remanescente até dia 15 de Junho de 2016.

    PAGAMENTOS

  • Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
  • Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


  • INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:

    Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
    tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
    web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

    PASSEIO

    VISITA AO MOSTEIRO DA BATALHA- 27 DE FEVEREIRO DE 2016
    VISITA GUIADA PELO HISTORIADOR DR. JOSÉ MANUEL FERRÃO

    Programa

    • 08h15m – Comparência no Jardim Botânico da Ajuda (entrada da Calçada do Galvão).
    • 08h30m – Saída em autocarro privado em direcção a Santarém.
    • Manhã visita:
      Mosteiro da Batalha
    • Almoço no restaurante Mestre Afonso Domingues (prato, bebida, café e sobremesa).

    • Saída para regresso a Lisboa.
      Chegada e fim da viagem e dos nossos serviços.

    Fim do Passeio

    VISITA AO MOSTEIRO DA BATALHA

     

    PREÇOS:
    • Preço para Associado da AAJBA: 60,00 €
      Preço para não associado da AAJBA: 66,00€
    • Nota: a viagem só se realizará com um mínimo de 20 participantes.

    INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:

    Inscrição mediante pagamento de um depósito não reembolsável* no valor total da viagem até ao dia 18 de Fevereiro de 2016.
    (*salvo cancelamento da viagem por falta de inscrições).

    Cheque à ordem da Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
    Transferência bancária IBAN PT50 0010 0000 2468 3460 0016 6


    INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:

    Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal
    e-mail: info@aajba.com, telefone: 213 620 527 e telemóvel: 915 989 259.

    SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:

    • Circuito em autocarro conforme itinerário.
    • Seguro de viagem.
    • Visita guiada pelo Dr. José Manuel Ferrão, Historiador da Arte.
    • Almoço no Restaurante Tamuz Afonso Domingues. ou similar.


    SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:

    Quaisquer serviços que não se encontrem devidamente mencionados no presente itinerário e extras de carácter pessoal.

    DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

    Bilhete de Identidade ou Cartão do Cidadão.

    NOTAS IMPORTANTES – Os preços das viagens e suplementos indicados neste programa foram calculados com base nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa, estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23% e são válidos para um mínimo de 20 participantes.

    ORGANIZAÇÃO - A Organização Técnica destas viagens foi realizada por OÁSIS - Viagens e Turismo, SA, com sede no Largo Machado de Assis, Edifício Roma Parque, Lj 3 A, 1700-115 LISBOA. Contribuinte Fiscal n.º 501821627.



    SaveSaveSaveSaveSaveSave
      
    dummy