VIAGEM CULTURAL

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
À Descoberta das Roças: Arquitectura e Paisagem - 10 a 16 de Maio 2018

“O processo de ocupação de São Tomé e Príncipe foi marcado pelo fenómeno dos assentamentos rurais - roças -, que, impulsionados pelo ciclo do café e do cacau de finais do século XIX e início do século XX, levaram ao desenvolvimento económico e territorial deste pequeno arquipélago localizado no Golfo da Guiné.”
- “As Roças de São Tomé e Príncipe”, de Duarte Pape e Rodrigo Rebelo de Andrade (Tinta da China, 2013)

Aceite este desafio da AAJBA e venha percorrer os trilhos da arquitectura e da paisagem natural e cultural de São Tomé e Príncipe, numa visita comentada por Rodrigo Rebelo de Andrade (arquitecto) e Miguel Coelho de Sousa (arquitecto paisagista, vice-presidente da AAJBA).

São Tomé e Príncipe é um estado insular localizado no Golfo da Guiné, relativamente próximo das costas do Gabão, Guiné Equatorial, Camarões e Nigéria. É composto por duas ilhas principais (São Tomé e Ilha do Príncipe) e várias ilhotas, num total de 964 km2, com cerca de 160 mil habitantes. As ilhas de São Tomé e Príncipe estiveram desabitadas até 1470, quando os navegadores portugueses João de Santarém e Pedro Escobar as descobriram. Foi então, uma colónia de Portugal desde o século XV até sua independência em 1975. É um dos membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Há uma herança arquitectónica considerável, sendo exemplos a fortaleza de São Sebastião, a catedral da Santa Sé (Igreja da Sé), o Palácio Presidencial, o Arquivo Histórico e outros tantos edifícios de inspiração barroca, a par das edificações associadas ao património agroindustrial das roças. A cultura santomense tem uma forte componente musical, os ritmos africanos misturam-se com a música portuguesa, criando um estilo único. O socopé é a dança mais popular, de uma a alegria contagiante!

”SãoTomé e Príncipe é um arquipélago com pouco mais de 500 anos de história, caracterizada pela alternância de ciclos produtivos de desenvolvimento humano com ciclos de estagnação, em que a natureza prospera e reocupa o território. O ciclo do café e do cacau não só colocou as “ilhas de chocolate” no topo do mundo, como contribuiu para o reforço dessa alternância, com as estruturas edificadas das roças a assumirem-se como um marco histórico de grande expressividade. ... o traçado das complexas estruturas edificadas encerra enorme valor, nomeadamente quanto à forma como se instalaram e penetraram no território acidentado e quanto à sua expressão arquitectónica, de grande sabedoria. Mais do que as singularidades e a riqueza desta ou daquela estrutura, porém, o impacto e a relevância das roças verificaram-se sobretudo no seu conjunto, enquanto rede que alicerçou um próspero ciclo produtivo. Além disso, as roças funcionaram como um importante motos de miscigenação racial. Tornaram-se verdadeiros símbolos que marcaram, e continuarão a marcar, a história do arquipélago, representando não apenas um legado arquitectónico, mas também um legado identitário e cultural. ... a roça é ainda hoje o principal factor de ordenação territorial e constitui o espaço de vivência e de trabalho da maioria das comunidades locais. A sua recuperação enquanto ícone de património agro-industrial goza de grandes potencialidades para o universo santomense, fazendo parte de um dos seus vastos recursos naturais e materiais e devendo ser identificada como tal. A reabilitação de infra-estruturas pré-existentes pode constituir a alavanca para a sua reinvenção e reconversão, promovendo a transição de um ciclo colonial para um ciclo cultural, conservando o carácter evolutivo da roça no seu programa ou função, através de projectos eco-turísticos ancorados na sua actividade agrícola. As roças constituem, sem sombra de dúvida, a herança mais profunda de São Tomé e Príncipe, que importa salvaguardar e proteger, a bem da cultura e mais concretamente do desenvolvimento futuro do arquipélago.”

“As Roças de São Tomé e Príncipe”, de Duarte Pape e Rodrigo Rebelo de Andrade (Tinta da China, 2013)


Programa 

Dia 1 | 10 MAIO (5.ªF) LISBOA / SÃO TOMÉ


  • Voo TAP TP 1529 com destino a São Tomé (09h45/16h55).
  • Recepção e transporte privado para o Hotel Omali e check-in.
  • Jantar na Cacau.
  • Transporte de regresso ao Hotel e alojamento.

 

Dia 2 | 11 MAIO (6.ªF) SÃO TOMÉ – Sul da Ilha

Pequeno-almoço no Hotel.
Visita de dia inteiro, ao longo da costa, rumo ao sul da ilha de São Tomé:

  • Boca do Inferno ("géiser" natural)
  • Roça de Água Izé, famosa por ter pertencido ao principal proprietário de origem negra
  • Roça de São João de Angolares para um almoço onde terá oportunidade de degustar uma variedade de especialidades São-Tomenses, segundo inspiração do "chef" João Carlos Silva, proprietário da Roça.
  • Praia Pesqueira e Cascata.
  • Paragem para observar o Pico do Cão Grande.
  • Roça Porto Alegre, a segunda maior propriedade da zona sul da ilha, implantada numa grande península bastante isolada
  • Praia Piscina e Praia Jalé, verdadeiro santuário ecológico, local de desova para as várias espécies de tartarugas presentes nestas ilhas.
  • Regresso ao Hotel. Jantar e alojamento.

 

Dia 3 | 12 MAIO (Sáb.) SÃO TOMÉ – Norte e Centro da Ilha

Pequeno almoço no Hotel.
Visita de dia inteiro:

  • Roça Agostinho Neto (Rio do Ouro), a maior roça de São Tomé. Visita ao Hospital e Casa da Administração com Jardim Botânico.
  • Continuação para visita ao centro da Ilha.
  • Almoço no Restaurante Almada Negreiros na
  • Roça Saudade, onde nasceu Almada Negreiros em 1893.
  • Regresso ao Hotel.
  • Jantar e alojamento.

 

Dia 4 | 13 MAIO (Dom) – SÃO TOMÉ / PRÍNCIPE

  • Pequeno almoço no Hotel.
  • Transporte privado para o Aeroporto
  • Voo STP Airways 8F 213 com destino à Ilha do Príncipe (13h00/13h35)
  • Recepção e transporte para o Hotel Bom Bom.
  • Check-in e tempo livre para desfrutar da praia e do resort.
  • Jantar e alojamento.

 

Dia 5 | 14 MAIO (2.ªF) PRÍNCIPE

  • Pequeno almoço no Hotel
  • Visita à Roça Sundy - projecto de turismo sustentável - para conhecer a sua história e arquitectura.
  • Passeio à Roça Paciência com visita guiada sobre o processo agrícola.
  • Almoço livre no Hotel ou na cidade e tempo para desfrutar da praia e do resort.
  • Jantar no resort e alojamento.

Dia 6 |15 MAIO (3.ªF) PRINCIPE / SÃO TOMÉ / LISBOA

  • Pequeno-almoço no Hotel.
  • Transporte privado para o Aeroporto.
  • Voo STP Airways 8F 212 com destino à Ilha de São Tomé (10h20/10h55).
  • Visita guiada pela cidade histórica: Museu Nacional no Forte de São Sebastião, Liceu Nacional e Cineteatro Marcelo da Veiga.
  • Almoço no Restaurante Filomar.
  • Visita à Fábrica de Chocolate Claudio Corallo.
  • Transporte privado para o Aeroporto de São Tomé.
  • Voo TAP TP 1528 com destino a Lisboa (com escala em Accra) 20h35/04h45. Refeição e noite a bordo.

 

Dia 7 | 16 MAIO (4.ªF) LISBOA


Chegada a Lisboa às 04h45.


Fim da Viagem

Viagem Cultural - São Tomé e Príncipe: À Descoberta das Roças: Arquitectura e Paisagem - 10 a 16 Maio 2018



PREÇOS:
  • Preço para Associado da AAJBA: 2.795,00 €*
  • Preço para não associado da AAJBA: 3.015,00 €*
  • Suplemento de quarto individual: 285,00 €

    * preços indicados são para um mínimo de 20 participantes.
    Nota: os preços e suplementos indicados foram calculados com base nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa, estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23% e são válidos para um mínimo de 15 participantes.


SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:

  • Passagem aérea em classe económica para o percurso Lisboa / São Tomé / Lisboa em voos TAP;
  • Franquia de 1 peça de bagagem por pessoa com
    peso máximo de 23 kg;
  • Passagem aérea para o percurso São Tomé / Príncipe / São Tomé em voos STP Airways;
  • Franquia de 1 peça de bagagem porto pessoa com peso máximo de 15Kg;
  • Taxas de Aeroporto, segurança e combustível no valor de € 331,36 (voos TAP) e € 31,00 (voos STP);
  • Todos os Transferes Aeroporto / Hotel / Aeroporto, conforme itinerário;
  • Estada nos hotéis indicados (Hotel Omali em São Tomé e Hotel Bom Bom no Príncipe);
  • 3 Almoços conforme o itinerário (menus standard pré definidos e incluindo 1 Água + 1 bebida de cápsula ou 1⁄2 de vinho da casa);
  • 4 Jantares conforme o itinerário (menus standard pré definidos – excluindo bebidas);
  • 1 Jantar no Restaurante Cacau (bebidas incluídas: água + 1 bebida de cápsula ou 1⁄2 l de vinho da casa), com animação musical ao vivo e incluindo transferes;
  • Todas as visitas conforme itinerário;
  • Taxas hoteleiras, de serviço e IVA;
  • Seguro Multiviagens (* para o complemento de cancelamento ou interrupção da viagem favor considerar o suplemento de € 30,00 por pessoa);
  • Assistência pelos agentes locais;
  • Acompanhamento por guia local em todas as visitas mencionadas;
  • Acompanhamento por membro da Direcção da
    AAJBA.

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS
  • Passaporte electrónico com validade mínima de 6 meses à data da partida (obrigatório);
  • Extras de carácter pessoal (bebidas às refeições e fora delas, refeições especiais, telefonemas, bar, lavandaria, visitas opcionais, etc.);
  • Taxa de embarque a pagar localmente (US$ 20,00 = +/- € 17,00) + taxas de conservação em São Tomé (€ 3,00 por pessoa/dia) e no Príncipe (€ 5,00 por pessoa/dia), a liquidar directamente;
  • Tudo o que não estiver especificado no presente
    programa de viagem.

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
  • Inscrição mediante pagamento de um depósito não reembolsável* no valor de 40% até 7 de Fevereiro de 2018 (* salvo cancelamento da viagem por falta de
    inscrições
    ).
  • Pagamento do valor remanescente (60%) até 10 de Abril de 2018.

PAGAMENTOS:
  • Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda

  • Transferência bancária IBAN - PT50 0010 0000 2468 3460 0016 6 (BPI)


INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
  • Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal
    (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
    tel: [+351] 213 620 527| telm: [+351] 915 989 259 | fax: [+351] 213 622 503 |
    web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com


CONDIÇÕES DE VIAGEM:


NOTAS IMPORTANTES: O programa consiste numa Visita de Estudo
orientada e comentada por especialistas em arquitectura e paisagem e guias turísticos experientes, a lugares de interesse histórico, cultural, científico e natural, com o intuito de aumentar o conhecimento sobre jardins, parques, paisagens culturais e paisagens naturais, monumentos, museus, etc.

ORGANIZAÇÃO: A Organização Técnica da viagem foi realizada por Viagens Abreu, S.A.; | RNAVT 1702 | Capital Social €7.500.000. Sede: Praça da Trindade, 142, 4º 4000-539 Porto | Operador. Cons. Reg. Com. do Porto n.º 15809 | NIF 500 297 177. Website: www.abreu.pt

O Programa está sujeito às Condições Gerais das Viagens Abreu S.A.
Todos os horários de visitas e saídas do hotel/ restaurantes serão informados/confirmados localmente.
Poderão existir alterações às visitas/actividades programadas, no entanto, a existirem, estas alterações.

 


VIAGEM CULTURAL

VIAGEM CULTURAL À ESCÓCIA: AS PAISAGENS ÚNICAS DAS ILHAS HÉBRIDAS - 17 A 23 DE JUNHO 2018

O lucro desta viagem reverte para as obras de conservação/restauro do Jardim Botânico da Ajuda, sob coordenação técnica da AAJBA.


Este passeio às Ilhas Hébridas leva-nos a atravessar o país de Edimburgo até à costa Oeste da Escócia e dá-nos a oportunidade de visitar os locais mais emblemáticos das Ilhas Ocidentais. A nossa viagem revela-nos a grande beleza e diversidade muito especial de nove ilhas, incluindo quatro viagens de ferry. Os hotéis escolhidos são confortáveis e o programa dá-nos a sensação de participar numa verdadeira viagem de descoberta, que certamente permanecerá na nossa memória.

Viajamos para norte até Inverness onde ficamos uma noite, visitando no caminho o Explorers’ Gardens em Pitlochry, jardim dedicado à História das expedições escocesas pelo mundo. A caminho do porto de Ullapool visitamos ainda os notáveis Inverewe Gardens e Dundonnell House Garden. A travessia panorâmica de ferry leva-nos até Stornoway, a ‘capital’ das ilhas Hébridas Ocidentais. A partir da nossa base no Hotel Cabarfeidh, seguimos para explorar as paisagens ondulantes de Lewis, com visitas às notáveis Standing Stones de Callanish e ao Lewis Loom Centre. Segue-se uma viagem cativante em direção a sul através do magnífico cenário montanhoso de Harris, continuando de ferry para North Uist, onde seguimos por estradas que ligam as ilhas a Benbecula, a nossa base para as duas noites seguintes. Visitamos as ilhas de Eriskay, cuja história está ligada a Charles Edward Stuart, conhecido como ‘Bonnie Prince Charlie’; Vatersay com as suas fantásticas praias de areia branca, e Barra, onde estão incluídas visitas ao Castlebay Heritage Centre e a Cockleshell Beach, utilizada como aeroporto da ilha durante a maré baixa. A rota de regresso leva-nos de ferry para a Ilha de Skye, uma ilha romântica com as suas montanhas cobertas de bruma.

Destaques da viagem:

  • Quatro travessias panorâmicas de ferry
  • O aeroporto único de Cockleshell Beach
  • A paisagem megalítica de Callanish com 5000 anos de idade
  • A visão única das colinas cobertas de névoa enquanto percorre Skye

 

Programa 

Dia 1 | 17 JUNHO (DOMINGO) – LISBOA / EDIMBURGO / INVERNESS


Comparência no Aeroporto de Lisboa 2h00 antes da partida. Entrega das documentações e assistência nas formalidades de embarque. Partida com destino a Edimburgo, via Londres, em voos regulares da companhia aérea British Airways.

Voo BA 499   – Lisboa (LIS) /Londres (LHR) – 07h20/10h05.
Voo BA 1442 – Londres (LHR) /Edimburgo (EDI) –11h40/13h05.

Depois de recolher as bagagens, reunimo-nos com o nosso guia local e partimos de seguida para norte em direção a Inverness, com uma paragem no caminho para visitar o Explorer’s Garden.

Este importante jardim com vistas panorâmicas é um tributo à história de cerca de 120 exploradores e colecionadores escoceses. Neste jardim os colecionadores, as plantas e os países onde foram recolhidas, estão reunidos em áreas diversas. Os colecionadores e as regiões de origem das plantas são temas que constantemente se repetem e entrelaçam no desenho do jardim numa forma inovadora e imaginativa. Mais do que um jardim, é um lugar concebido de forma a permitir uma inesperada viagem à volta do mundo.

Jantar e alojamento no hotelBest Western Inverness Palace Hotel & Spa, em Inverness.

 

Dia 2 | 18 JUNHO (SEGUNDA-FEIRA ) – INVERNESS / ULLAPOOL / LEWIS


Após o pequeno-almoço, partimos com o nosso guia local até aos Inverewe Gardens, sem dúvida um dos mais notáveis jardins deste país. O caminho para Inverewe oferece-nos vistas espetaculares sobre as paisagens montanhosas da ilha – a vista sobre Gruinard Bay é inacreditável. Embora os jardins famosos nem sempre correspondam à sua reputação, será difícil alguém não ficar rendido às belas cores do Verão em Inverness. O clima temperado da Corrente do Golfo promove um crescimento luxuriante e hoje os jardins oferecem uma vegetação densa, com árvores e arbustos exóticos, em caminhos que serpenteiam por entre a flora, com vislumbres imprevistos de água através da folhagem. Almoço livre.

Continuamos com uma visita ao Dundonnell House Garden. A construção desta casa foi concluída em 1769, pela família Mackenzie de Dundonnell, que aí habitou até à década de 1940. Desde então, teve vários proprietários, incluindo o falecido Alan Roger, de quem correm rumores que faria parte do MI5 - mas sabe-se simplesmente que era um apaixonado por plantas e especialista em bonsais.  A atual proprietária, Lady Rice, acrescentou canteiros de flores, profusamente coloridos durante todo o ano, em redor de um magnífico teixo com mais de 300 anos. A parte principal do jardim está dentro de muros muito antigos e dividida em compartimentos distintos, sendo este um dos aspectos mais interessantes do jardim. Outros destaques incluem os passeios pelo elegante arboreto junto ao rio, e a restaurada estufa em estilo vitoriano.

Seguimos depois para Ullapool a tempo de apanhar ao fim da tarde o ferry para Stornoway, que demora aproximadamente 2 horas e 30 minutos. O jantar será servido a bordo. Após a chegada à ilha de Lewis faremos uma curta viagem até ao Carbarfeidh Hotel.

Distribuição de quartos e alojamento.

 

Dia 3 | 19 JUNHO (TERÇA-FEIRA) – LEWIS


Depois do pequeno-almoço, vamos até ao Lewis Loom Centre, onde esperamos ter uma visita guiada e uma palestra sobre a história do Harris Tweed. Almoço livre.
À tarde, seguimos para a costa oeste de Lewis para uma visita ao jardim privado de Leathad Ard. O jardim evoluiu nos últimos 30 anos à medida que os proprietários o foram desenvolvendo e acrescentando. Alguns lugares do jardim estão protegidos do vento pelas altas sebes que os cercam, enquanto outros são caracterizados por canteiros elevados, para uma melhor drenagem. Deste modo o traçado oferece uma variedade de lugares e habitats para explorar, proporcionando uma diversidade de plantas, num gosto eclético, com algo interessante para apreciar ao longo do ano.

Continuamos para uma visita às Standing Stones de Callanish, com 5.000 anos de idade. Inquestionavelmente a antiguidade mais notável das Ilhas Ocidentais. Esta coleção de quase 50 pedras que formam uma avenida megalítica bem marcada, composta por 19 monólitos, termina num círculo de 13 pedras, com um grande moledro no centro. A entrada no Centro de Interpretação está incluída.

Regresso ao hotel onde jantamos.

 

Dia 4 | 2 NOVEMBRO (5.ªF) - CÓRDOBA / GRANADA


Após o pequeno-almoço no hotel, saímos para sul em direção à ilha de Harris que, contrastando com as paisagens ondulantes de Lewis, é mais montanhosa. Poderemos apreciar essa paisagem poucos minutos depois de entrar na região de Harris, com uma magnífica vista à direita sobre as montanhas, à medida que a estrada sobe a colina. Seguiremos ao longo da costa, onde será possível apreciar as vistas espetaculares, incluindo a ilha de Taransay onde foi filmado Castaway. Continuando para o sul de Harris, visitamos St. Clement’s Church em Rodel, construída no século XVI por Alasdair Crotach, oitavo chefe dos Macleods de Harris e Dun Bheagan, sobre uma estrutura mais antiga. Os túmulos da igreja estão entre os mais espetaculares da Escócia.

Ao início da tarde, aproximadamente às 14h45, apanhamos o ferry de Leverburgh para Berneray em North Uist e continuamos por uma série de viadutos na direção de Benbecula, região que separa North Uist de South Uist, por isso chamada ‘the stepping stone’ entre os Uist, prestando atenção às lontras marinhas durante a viagem.

Distribuição de quartos, jantar e alojamento no Isle of Benbecula House Hotel, onde permanecemos durante as duas noites seguintes

 

Dia 5 | 21 junho (Quinta-Feira) – BENBECULA/ ERISKAY/ BARRA/ VATERSAY


Após o pequeno-almoço tipicamente escocês, partimos cedo para a ilha de Barra, atravessando a pequena ilha de Eriskay, apenas três milhas de comprimento e duas de largura, cuja grande praia Prince Charlie’s Bay deve o seu nome ao desembarque do pretendente ao trono, Bonnie Prince Charlie, em julho de 1745. A partir de Eriskay, apanhamos um ferry para uma travessia curta até à Barra e damos uma volta pela ilha, incluindo uma visita de barco a Kisimul Castle, o único castelo medieval que resta nas ilhas Hébridas e sede do clã MacNeil. O castelo tem um grande hall, cozinha, capela, masmorras, uma torre de 60 pés, e uma loja.

Ainda na ilha de Barra, visitamos a Cockleshell Beach, uma pista de aterragem singular, governada pelas marés. Perto da pista, poderemos vislumbrar à esquerda a antiga casa de Sir Compton Mackenzie, o autor de ‘Whisky Galore’, que ficou para sempre associado a esta ilha. Visitamos de seguida a ilha vizinha, Vatersay, onde decorreram as filmagens da adaptação deste famoso livro. No decurso do nosso passeio de hoje, esperamos poder ver centenas de flores selvagens que crescem na ilha, especialmente na ‘machair’ - pastagens férteis entre as ‘moorlands’ e o mar. Regressamos no ferry de Eriskay e continuamos até ao nosso hotel.

Jantar e alojamento.

Dia 6 | 22 JUNHO (SEXTA-FEIRA) – BENBECULA/ SKYE/ EDIMBURGO


De manhã, depois do pequeno almoço, fazemos o check-out do hotel e apanhamos o ferry das 11h45 de Lochmaddy em North Uist para Uig em Skye. À chegada a Skye, pelas 13h30, percorremos a ilha, apreciando as vistas das colinas de Cuillin, cujos picos irregulares estão geralmente envoltos em neblina, e atravessamos novamente para o continente pela ponte de Skye. Regressamos a Edimburgo, passando por Glencoe, Loch Lomond & Trossachs National Park, fazendo uma paragem no caminho para descanso e refeição (não incluída).

Chegada ao hotel em Edimburgh, distribuição de quartos e alojamento

 

Dia 7 | 23 JUNHO (SÁBADO) – EDIMBURGO/ GLASGOW/ LISBOA


Depois do pequeno almoço, e do check-out do hotel,  seguimos com o nosso guia e com a bagagem, para uma visita panorâmica de Edimburgo, no autocarro que nos levará mais tarde ao aeroporto. Tempo livre para compras e refeição ligeira, (não incluída). À hora e no local acordado, retomamos o nosso transporte para o aeroporto de Edimburgo.

Assistência nas formalidades de embarque e partida com destino a Lisboa, via Londres.

Voo BA 1455 – Edimburgo (EDI) / Londres (LHR) - 17h30 18h55
Voo BA   504 - Londres (LHR) / Lisboa (LIS) - 20h25 23h10

Formalidades de desembarque.


Fim da Viagem

VIAGEM CULTURAL À ESCÓCIA: AS PAISAGENS ÚNICAS DAS ILHAS HÉBRIDAS DE 17 A 23 DE JUNHO 2018



PREÇOS:
  • Preço para Associado da AAJBA: 1785 €
  • Preço para não associado da AAJBA: 1825 €
  • Suplemento de quarto individual: 285 €
  • Opcional: apólice complementar de cancelamento e interrupção da viagem - 30€

    * preços indicados são para um mínimo de 20 participantes. Os preços estão sujeitos a alterações se o grupo for menor, haverá um aumento variável a indicar pelo operador.

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:

  • Assistência em Lisboa durante as formalidades de embarque;
  • Passagem aérea em classe turística para o percurso mencionado no itinerário;
  • Taxas de Aeroporto, combustível e segurança no valor de 82,46€ – sujeito a alteração até à emissão dos bilhetes;
  • Franquia de 1 peça de bagagem de porão (máx. 23 Kg e 158 cm de dimensão) + 1 peça de bagagem de cabine (máx. 12kg e 55cmX35cmX25cm de dimensão);
  • Transporte em autopullman privado e 4 travessias de ferry
  • Estada nos Hotéis indicados ou similares com pequeno almoço incluído, e com WC privativo: uma noite Best Western Inverness Palace Hotel and Spa, em Invernes; duas noites no Cabarfeidh Hotel, em Stornoway; duas noites no Isle of Benbecula House Hotel; uma noite num hotel a informar com o mínimo de 3 estrelas, em Edinburgh.
  • Visitas a: Explorer’s Garden; Inverewe Gardens; Dundonnell House Garden; Lewis Loom Centre; Leathad Ard Garden; Standing Stones of Callanish; St Clement’s Church; Kisimul Castle; Cockeshell Beach e Vatersay. Visita panorâmica a Edinburgh;
  • Seguro Multiviagens;
  • Acompanhamento e assistência, em inglês, por um guia da Brightwater Holidays, durante toda a viagem;
  • Viagem acompanhada por Ana Maria Lory, vogal do Conselho Fiscal da AAJBA.

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS
  • Gratificações, refeições não mencionadas, bebidas, telefonemas, lavandaria, visitas opcionais, etc.;
  • Tudo o que não estiver especificado como incluído no programa.

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
  • O prazo limite para as inscrições será 28 de dezembro 2017 (atenção: inscrições limitadas à capacidade dos lugares bloqueados nos voos).
  • Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de 450 € até 28 de dezembro de 2017

Modalidade de pagamento em três prestações:

  • pagamento de um depósito não reembolsável de 450€ no ato da inscrição, até 28 de dezembro de 2017;
  • pagamento de 750, até 28 de fevereiro de 2018;
  • remanescente até dia 27 de abril de 2018.

PAGAMENTOS:
  • Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda

  • Transferência bancária IBAN - PT50 0010 0000 2468 3460 0016 6 (BPI)


INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
  • Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
    Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal
    (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
    tel: [+351] 213 620 527| telm: [+351] 915 989 259 | fax: [+351] 213 622 503 |
    web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com


CONDIÇÕES DE VIAGEM:


NOTAS IMPORTANTES: Os preços das viagens e suplementos indicados neste programa foram calculados com base no câmbio e nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa, estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23% e são válidos para um mínimo de 20 participantes.

ORGANIZAÇÃO: A Organização Técnica da viagem foi realizada por Viagens Abreu, S.A.; | RNAVT 1702 | Capital Social €7.500.000. Sede: Praça da Trindade, 142, 4º 4000-539 Porto | Operador. Cons. Reg. Com. do Porto n.º 15809 | NIF 500 297 177. Website: www.abreu.pt



  
dummy