Jardins de Malta: Museu ao Ar Livre no centro do Mediterrâneo
01 A 05 DE OUTUBRO 2014


Malta tem sido descrita como um grande museu ao ar livre. O que a torna única é o facto da sua história arquitectónica estar ainda hoje visível, desde os mistérios da Pré-História, os paços de São Paulo e os Cavaleiros Templários. O arquipélago de Malta, formado por três ilhas, Malta, Gozo e Comino, situa-se no centro do mar Mediterrâneo. Malta é a maior ilha e o centro cultural, comercial e administrativo. Gozo é a segunda maior ilha, sendo mais rural, e Comino é a mais pequena e em grande parte desabitada. Com um clima típico mediterrânico, Malta vive entre as praias, os variados desportos que aqui se praticam, o turismo, a cultura e a vibrante vida nocturna, cativando qualquer um que a visite.

Programa


1.º DIA, 01 DE OUTUBRO (QUARTA-FEIRA) – LISBOA / FRANKFURT / MALTA

05h30 - Encontro dos participantes no Aeroporto de Lisboa (Terminal 1).
Formalidades de embarque e partida com destino a Malta, via Frankfurt, em voos regular da companhia aérea LUFTHANSA.

LH 1173 – Lisboa / Frankfurt – 07h15 / 11h20
LH 1310 – Franfurt / Malta – 13h10 / 15h40

15h40 - Chegada ao Aeroporto de Malta. Transfer de autocarro para o Hotel Cavalieri Art **** situado na elegante zona de St. Julian. Check-in, jantar no hotel e alojamento.


2.º DIA, 02 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA) – ATTARD / RABAT / MDINA / BIDNIJA

Partida para Rabat e visita ao Jardim Howard, um dos maiores jardins públicos do país. Outrora serviu como barreira protectora de Mdina. Almoço em Mdina, capital medieval de Malta, onde a atmosfera intemporal, trazida pela mistura entre a arquitectura medieval e barroca, revela os seus tesouros culturais e religiosos.
Passeio pedestre ao longo das fortificações e ruas estreitas da "cidade silenciosa", que teve origem pré-histórica, tendo uma posição estratégica num dos mais altos planaltos da terra.
Partida para Bidnija, visita do Jardim privativo Chev. M. Mizzi, as falésias Dingli, uma fortaleza natural com 250 metros de altura.

Visita aos Jardins Buskett, um dos escassos bosques do país, na fronteira do Palácio Verdala, a residência de verão do Presidente de Malta. Os jardins foram construídos pelos Cavaleiros Templários para local de caça. Aqui encontram-se espécies nativas como pinheiros, laranjeiras, videiras, oliveiras e limoeiros, e um jardim formal, pertencente ao palácio.

Jantar livre. Alojamento.


3.º DIA, 03 DE OUTUBRO (SEXTA-FEIRA) – LA VALLETA / FLORIANA

Após pequeno-almoço no hotel, partida para a capital La Valleta. Construída após o Grande Cerco de 1565, deve o seu nome ao Grão-Mestre da Ordem de St. John, Jean Parisot de le Vallette. La Valletta é frequentemente descrita como uma cidade única construída "por cavalheiros para cavalheiros", uma obra de arte barroca e património mundial. É hoje em dia uma das áreas com maior concentração histórica do mundo.

Visita ao Jardim Upper Barrakka e Lower Barrakka, construídos no séc. XVII pelos cavaleiros italianos e edificado sobre as muralhas, tendo uma das vistas panorâmicas mais belas sobre o Grande Porto e as Três cidades (Vittoriosa, Senglea and Cospicua).

Visita à Co-Catedral St. John, mencionada como o primeiro exemplo do alto barroco, que inclui preciosas obras de arte incluindo a "Decapitação de São João Batista" de Caravaggio. A catedral também abriga o túmulo de Grão-mestre português, Manuel de Vilhena.

Visita ao Palácio dos Grão-Mestres, palácio magistral que foi a residência oficial e privada do Grão-Mestre Jean de La Cassiere. Hoje o Palácio funciona como escritório do Presidente de Malta e da sede do Parlamento de Malta.

Partida para Floriana onde temos os Jardins Argotti, jardim botânico com vistas magnificas para as fortificações de Floriana. Foram construídos no século XVIII para o Grão-Mestre Pinto, tornando-se jardim botânico no século seguinte, com uma vasta colecção de árvores e de arbustos. Visita aos Jardins de St.Philip. Almoço em La Valetta. Jantar livre. Alojamento.

4.º DIA, 04 DE OUTUBRO (SÁBADO) – CIRKEWWA / ILHA DE GOZO


Pequeno-almoço servido no hotel. Visita a pé ao centro de Sighisoara, cidade medieval e fortificada, situada no coração da Transilvânia e Património da Humanidade pela UNESCO, é um dos últimos testemunhos da cultura dos Saxões na Transilvânia. Destaque para a imponente Torre do Relógio, símbolo da cidade e atualmente convertida em museu, a Igreja na colina e a casa onde nasceu o príncipe Vlad Tefes, O Empalador.

Continuação para Biertan. Almoço. Visita à Igreja fortificada de Biertan. Rodeada por ruas pitorescas e vinhas, a Igreja do século XI localiza-se no cimo da aldeia. Três níveis de muralhas de 35 metros de altura, ligadas por torres e portas, cercaram o complexo, tornando a igreja impossível de conquistar durante a época medieval.

Continuação para Sibiu, cidade medieval, das mais antigas da Roménia. Sibiu foi a maior das sete cidadelas do séc. XII, construídas pelos Saxões da Transilvânia.
Visita à aldeia-museu Astra, o maior museu ao ar livre do país, onde a cultura e tradição romenas combinam de forma exemplar com a natureza.
Alojamento no Hotel Golden Tulip Ana Tower 4* ou similar.

Após pequeno-almoço, partida para Cirkewwa onde o grupo toma o ferry para a Ilha de Gozo, ilha irmã de Malta, mais pequena, mais verde e mais rural.
Supõe-se que esta ilha seja a lendária ilha de Calipso da Odisseia de Homero. A paisagem acidentada é marcada por igrejas barrocas e antigas casas de pedra.

Visita ao Forte Chambray, com 250 anos de existência, tendo protegido Gozo ao ataque das tropas Napoleónicas.

Visita à cidadela medieval de Victoria, capital da ilha, também conhecida como Rabat, onde se fará uma breve caminhada passando igualmente pelo jardim público Villa Rundle, um local perfeito para relaxar.
Um dos locais mais procurados nesta ilha é a Janela Azzure na baia de Dwejra, formada pelo colapso de duas grutas de calcário.

Almoço em Gozo.
De seguida visita aos campos irrigados de Wied il-lunzjata em Kercem, o Jardim Marsalforn.
Regresso de ferry à Ilha de Malta.
Jantar despedida com animação musical maltesa (incluído). Alojamento.


5.º DIA, 05 DE OUTUBRO (DOMINGO) – MALTA / FRANKFURT / LISBOA

Manhã livre em Malta.
Almoço no hotel.
A seguir à refeição, transfer em autocarro para o Aeroporto de Malta.
Partida em voos regulares da Lufthansa para Lisboa, via Frankfurt.

LH 1311 – Malta / Frankfurt – 16h50 / 19h30
LH 1172 – Franfurt / Lisboa – 21h00 / 23h00

 

Fim da Viagem


Preços:
  • Preço para Associado da AAJBA: 1.595 Euros
  • Preço para não associado da AAJBA: 1.650 Euros
  • Suplemento de quarto individual: 150 Euros

Serviços não incluídos:
  • Passagens aéreas Lisboa/Frankfurt/Malta e Malta/Frankfurt/Lisboa em classe económica;
  • Estadia de 4 noites em quartos standard em hotel de 4 estrelas com pequeno-almoço buffet;
  • Autocarro e ferry conformem descritos no programa;
  • Guia local especializado em Jardins;
  • Entradas nos jardins e monumentos como mencionado no programa;
  • Manual do Viajante com Arte;
  • Seguro de Viagem;
  • Todas as refeições conforme descritos no programa com bebidas incluídas (água mineral e café);
  • Acompanhamento por guia durante toda a viagem;
  • Acompanhamento por representante da AAJBA.
Serviços não incluídos:
  • Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos, como despesas de carácter pessoal, serviços de lavandaria, chamadas telefónicas, etc.

Seguro:

  • LIMITE DE IDADE: Para participantes com idade inferior a 14 anos ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem.
  • Não há quaisquer limitações quanto às coberturas do seguro de viagem para idade máxima.

Inscrições e condições de pagamento:

  • Estão abertas as inscrições.
  • Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de 600 € até 28 de Julho de 2014.

Modalidade de pagamento em duas prestações:

  • Pagamento de um depósito não reembolsável de 600 € no acto da inscrição
  • remanescente até dia 8 de Setembro de 2014.
  • Pagamento na integra caso a inscrição seja efectuada após esta data.

Pagamentos

  • Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
  • Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

 

Jardins de Malta: Museu ao Ar Livre no centro do Mediterrâneo
01 A 05 DE OUTUBRO 2014



Informações e Inscrições:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

CONDIÇÕES DE VIAGEM

  • ALTERAÇÕES – Sempre que existam razões justificadas, as agências de viagens reservam-se o direito de alterar a ordem do percurso ou substituir qualquer dos hotéis previstos por outros de igual categoria, alterar voos, facto de que dará conhecimento ao cliente.

  • ALTERAÇÃO DO PREÇO – Os preços constantes do programa estão baseados nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data da elaboração desta proposta, pelo que estão sujeitos a alteração que resulte de variações no custo dos transportes ou do combustível, de direitos, impostos, taxas e flutuações cambiais.

    Sempre que se verifique uma alteração ao preço da viagem, o cliente deve ser imediatamente informado e convidado, a dentro do prazo que for fixado, aceitar o aumento verificado ou anular a sua inscrição nos mesmos termos e condições que os previstos na rubrica «IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO».

  • DESISTÊNCIAS – Se o cliente ou algum dos seus acompanhantes desistir da viagem, será necessário pagar todos os encargos a que a desistência dê lugar de acordo com os valores indicados pelas agências de viagens.

  • REEMBOLSOS – Depois de iniciada a viagem não são devidos quaisquer reembolsos por serviços não utilizados pelo cliente.

  • IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO - Se por factos não imputáveis às agências estas vierem a ficar impossibilitadas de cumprir algum serviço essencial constante do programa de viagem, tem o cliente direito a desistir da viagem, sendo imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas ou, em alternativa, aceitar por escrito uma alteração de contrato e eventual variação de preço.

  • NOTAS IMPORTANTES – Os preços das viagens e suplementos indicados neste programa foram calculados com base nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa, estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23%.

  • ORGANIZAÇÃO - A Organização Técnica da viagem foi realizada por Touch Travel Lda. - Av. Marquês de Tomar nº 35 3º esq 1050 -153 Lisboa – Phone: + 351 217 817 590 – Fax: + 351 217 993 135.

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

INGLATERRA - O LEGADO DE GERTRUDE JEKYLL:
Aguarelas transformadas em Jardins

11 a 16 de Julho de 2014

VIAGEM COMENTADA PELA PRESIDENTE DA DIRECÇÃO DA AAJBA, ARQ.ª PAIS. SÓNIA TALHÉ AZAMBUJA,
DOCENTE UNIVERSITÁRIA DE HISTÓRIA DA ARTE DOS JARDINS




INGLATERRA - O LEGADO DE GERTRUDE JEKYLL: AGUARELAS TRANSFORMADAS EM JARDINS


Informações e Inscrições:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com



~


 

NOVA EDIÇÂO - PASSEIO AO ALTO ALENTEJO -
Da manufactura de tapeçarias de Portalegre
à Quinta das Lavandas de Castelo de Vide

28 E 29 DE JUNHO 2014



Programa


1.º DIA, 28 DE JUNHO (SÁBADO) – LISBOA / PORTALEGRE / MARVÃO
VISITA À MANUFACTURA DE TAPEÇARIAS DE PORTALEGRE

Comparência às 07h00 em local a anunciar e partida às 07h15 em autocarro com destino a Portalegre. Paragem para pequeno-almoço livre durante o percurso.

Chegada a Portalegre, um destino sereno do interior do Alto Alentejo com interessantes exemplos de vestígios megalíticos, de arquitectura medieval e de arquitectura barroca. Visita à Manufactura de Tapeçarias de Portalegre que continua a afirmar-se como manufactura de tapeçaria contemporânea, cativando novos pintores e encontrando-se actualmente num processo de internacionalização.

Após a visita, almoço em restaurante local (almoço incluído).

De tarde continuação para a imponente vila amuralhada de Marvão, que acolhe um dos castelos com mais história do nosso país. Tempo livre para visitar o Castelo de Marvão. Localizado estrategicamente num dos pontos mais elevados da Serra de São Mamede, o castelo de Marvão é um dos melhores exemplos da arquitectura militar da região e um marco histórico do seu passado medieval. Apesar das numerosas alterações durante os séculos XV, XVI e XVII, esta estrutura ainda detém vestígios da cisterna, da porta, das masmorras e dos portões originais do século XIII.

Visita guiada à Vila Intramuros de Marvão.
Ao final da tarde instalação no Hotel El Rei D. Manuel. Jantar no Hotel (incluído).

2.º DIA, 29 DE JUNHO (DOMINGO) – MARVÃO / CASTELO DE VIDE / LISBOA
VISITA À QUINTA DAS LAVANDAS

Pequeno-almoço no hotel. Saída de Marvão para Castelo de Vide, uma das zonas mais românticas do Alentejo. Visita à Quinta das Lavandas. A alfazema é a grande protagonista da Quinta das Lavandas. Na quinta estão plantados cerca de 6ha (60 000 m2) de lavanda em duas variedades: Lavandula angustifolia e Lavandim ´grosso bleu´. As principais finalidades da produção das lavandas são a produção de óleos essenciais e a elaboração de produtos tradicionais resultantes dos derivados da lavanda.

No decurso da visita é proporcionado aos visitantes: um passeio pelos campos de lavanda, uma breve explicação sobre o cultivo da lavanda e uma ida à destilaria, bem como uma visita ao Jardim das Lavandas, onde se encontram cultivadas mais de 40 variedades da espécie. No final da visita os visitantes podem passear livremente pela quinta e tirar fotografias.

Continuação para almoço no Restaurante Casa do Parque - recomendado no Guia Michelin (almoço incluído).

Após almoço, passeio guiado por Castelo de Vide visitando o castelo, a exposição megalítica, igrejas, o museu Sinagoga, a oficina dos artesãos e entre outros locais.

Viagem de regresso a Lisboa. Paragens técnicas no percurso.



Fim da Viagem


PASSEIO AO ALTO ALENTEJO

Preços:
Preço para Associado da AAJBA: 195 Euros
Preço para não associado da AAJBA: 210 Euros
Suplemento de quarto individual: 18 Euros

Serviços incluídos nestes preços:
  • Autocarro de turismo no percurso indicado (portagens e parques incluídos).
  • Alojamento e pequeno-almoço no Hotel El Rei D. Manuel em quartos duplos ou singles com casa de banho privada.
  • Pensão completa do almoço do 1º dia ao almoço do 2º dia (2 almoços restaurante+ 1 jantar no hotel)
  • Bebidas nas refeições.
  • Visita guiada à Manufactura de Tapeçarias de Portalegre.
  • Visita guiada à Quinta das Lavandas.
  • Acompanhamento por delegado da Agência de Viagens durante toda a viagem.
  • Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA
  • Seguro Multiviagens Portugal
  • Todas as Taxas hoteleiras, de turismo e IVA.

Restaurante Casa do Parque

Ementa prevista:

  • Aperitivo de Boas Vindas
  • Entradas (pão caseiro de Castelo de Vide, azeitonas de Campo Maior, manteiga, enchidos regionais, linguiça e farinheira frita, queijo de Nisa e Papa Ratos)
  • Sopa de legumes
  • Um Prato principal de carne ou peixe (a escolher um igual para todos)
  • Doce ou fruta
  • Café
  • Bebidas Incluídas: vinho da casa tinto ou branco, águas, sumos ou cerveja.

Hotel El-Rei Dom Manuel 3***

Com uma localização ideal em Marvão, a vila mais alta de Portugal, o restaurado Hotel El-Rei Dom Manuel situase dentro das muralhas defensivas. Disponibiliza acesso Wi-Fi gratuito e um restaurante que serve pratos regionais. Os quartos do Hotel El-Rei Dom Manuel ocupam um edifício histórico e apresentam vistas encantadoras sobre Marvão e a paisagem rural circundante. Todos os quartos dispõem de uma televisão de ecrã plano com canais por cabo e alguns possuem também uma área de estar. A histórica e pitoresca aldeia de Marvão é um Monumento Nacional. Encontra-se na área exuberante e protegida do Parque Natural da Serra de São Mamede.



SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:

Quaisquer serviços que não se encontrem devidamente mencionados no presente itinerário e extras de carácter pessoal, tais como telefonemas, bar, mini-bar, lavandaria.


Seguro:

Limite de Idade: para participantes com idade inferior a 14 anos ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem.

Não há quaisquer limitações quanto às coberturas do seguro de viagem para idade máxima.


Inscrições e Condições de Pagamento:

O prazo limite para as inscrições será o dia 28 de Maio de 2014.

Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de 55 € até 28 de Maio de 2014.

Remanescente até dia 15 de Junho de 2014.


Pagamentos:
- Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
- Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Informações e Inscrições:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


PATAGÓNIA CHILENA E ARGENTINA
ENTRE OS ANDES E A TERRA DO FIM DO MUNDO
15 A 29 DE MARÇO DE 2014




«...E DE MADRUGADA, COBERTO DA POEIRA, VI O SOL ILUMINAR OS CUMES GELADOS E, AO LONGE, AS ENCOSTAS A PIQUE ESTRIADAS COM NEVE BRANCA E FLORESTAS NEGRAS DE FAIAS ANTÁRCTICAS. O VINHO ERA AVINAGRADO E SERVIDO EM PINGUINS DE CERÂMICA. HAVIA RÍGIDOS CHAPÉUS PRETOS EM CIMA DE TODAS AS MESAS. OS GAÚCHOS USAVAM BOTAS PLISSADAS COMO CONCERTINAS E BOMBACHAS PRETAS.»

BRUCE CHATWIN – NA PATAGÓNIA. LISBOA: QUETZAL, 1989.

Programa


1.º DIA, 15 DE MARÇO (SÁBADO) – LISBOA / MADRID / SANTIAGO DO CHILE
PARTIDA PARA SANTIAGO DO CHILE!

14h30- Comparência no Aeroporto de Lisboa, na loja da GeoStar situada na zona das partidas para distribuição das documentações e assistência nas formalidades de embarque por parte de representante da GeoStar.

Partida em voos regulares da Ibéria com destino a Santiago do Chile, via Madrid.

IB 3103 – Lisboa / Madrid – 16H40 / 19H00
IB 8723 – Porto / Madrid – 17H10 / 19H20

Partida com destino a Santiago do Chile em voo Ibéria.

Noite e refeição a bordo.

IB 6833 – Madrid / Santiago do Chile (SCL) – 00h20 / 09H55 (NOVA HORA DE CHEGADA)

2.º DIA, 16 DE MARÇO (DOMINGO) – SANTIAGO DO CHILE
VISITA DE SANTIAGO DO CHILE E JANTAR DE BOAS VINDAS!


Chegada prevista para as 09h55. Formalidades de desembarque, assistência por guia local em português e transporte até ao hotel seleccionado – PLAZA EL BOSQUE EL EBRO.

ALMOÇO LIVRE.

14:30H - Ao início da tarde início da visita de meio-dia de Santiago do Chile. Subida no funicular até ao Cerro / Monte de San Cristobal onde se pode admirar a panorâmica da cidade por entre parques. Para além da carga religiosa e mística, o local é muito querido pelos habitantes de Santiago pois os jardins situados no cume do monte convidam a passeios. Visita do Jardim Botânico com acompanhamento especializado em botânica.

Visita da casa-museu de Pablo Neruda – La Chascona. Passeio a pé pelo centro histórico de Santiago com destaque para alguns edifícios de arquitectura típica colonial espanhola, como são o caso do edifício dos Correios, a Catedral da Cidade, a Praça das Armas, o edifício da Câmara Municipal, o incontornável Palácio de La Moneda e o Passeio Ahumada. Regresso ao hotel.

Jantar livre e alojamento no Hotel PLAZA EL BOSQUE EL EBRO. Alojamento.

3.º DIA, 17 DE MARÇO (SEGUNDA-FEIRA) – SANTIAGO DO CHILE / VIÑAS DEL MAR / VALPARAÍSO VISITA DE VIÑA DEL MAR, VALPARAÍSO E PROVA DE VINHOS CHILENOS!

Pequeno-almoço servido no hotel. 

Dia dedicado a visitas na Costa do Pacífico. Saída em direcção a Viña del Mar a cerca de 90 minutos da capital e local de veraneio para muitos chilenos. Viña del Mar é conhecida como "Cidade Jardim” pelos seus vários jardins e parques. Com acompanhamento botânico visita do Jardim Botânico da cidade e do jardim da importante Quinta Vergara. Oportunidade ainda para conhecer o mais florido relógio do mundo e símbolo da cidade desde que o Chile organizou o Mundial de futebol.

Continuação até à montanhosa Valparaíso, com as suas coloridas casas pelas encostas, povoação consagrada na literatura de Isabel Allende. Almoço livre no decorrer das visitas. Breve panorâmica da cidade com destaque para a Praça Soto Mayor e para o miradouro 21 de Maio.

Saída em direcção ao Vale de Casablanca, onde já ao final da tarde se efectuará uma visita vinícola a uma propriedade de renome, de forma a conhecer a produção das casta da região e degustar os requintados vinhos.

Nota: Sendo 2.ªF os museus estarão fechados.

Regresso a Santiago do Chile. Jantar livre. Alojamento no Hotel PLAZA EL BOSQUE EL EBRO.

4.º DIA, 18 DE MARÇO (TERÇA-FEIRA) – SANTIAGO / PUNTA ARENAS / PUERTO NATALES
VOO INTERNO E CHEGADA À PATAGÓNIA CHILENA!

Pequeno-almoço servido no restaurante do hotel.

Manhã parcialmente livre para desfrutar da capital chilena e da centralidade do hotel.

Em hora a indicar localmente (final da manhã), saída em direcção ao aeroporto de Santiago. Formalidades de embarque e partida com destino a Punta Arenas, em voo interno da Companhia LANTAM.

LA 285 – Santiago do Chile / Punta Arenas – 14h00 / 17h25.

À chegada à Patagónia chilena, à costeira povoação de Punta Arenas, transporte até Puerto Natales. 

Este primeiro percurso com os tons do final de tarde permitirá perceber o porquê da Patagónia ser considerada um dos principais tesouros naturais do planeta, com os seus fortes contrastes geológicos criando uma das paisagens naturais mais contrastantes e variadas do planeta - florestas, montanhas nevadas, desertos, vulcões, rios e lagos.

Chegada ao hotel Costa Australis. Distribuição de quartos.

Jantar livre e alojamento.


5.º DIA, 19 DE MARÇO (QUARTA-FEIRA) – PUERTO NATALES
PARQUE NACIONAL TORRES DEL PAIN, CUEVA DEL MILODÓN

Pequeno almoço servido no restaurante do hotel. Em hora a indicar localmente, saída em direcção ao Parque Nacional Torres del Paine, um dos mais importantes e deslumbrantes da América do Sul.

A nível de flora autóctone esta interessante visita será esmiuçada com apoio de um guia botânico local, podendo pode ser dividida em quatro zonas heterogéneas em função dos diferentes ambientes e condições na área. As zonas são: estepe patagónica, pré-andina Shrubland, floresta estacional decidual de Magalhães e deserto andino. Almoço lunch-box durante as visitas. Destaque para os lagos Sarmiento, Nordenskjold e Pehoé, no sopé da impressionante cordilheira Torres del Paine, habitat natural dos famosos lamas (guanacos) e de inúmeras outras espécies de mamíferos e aves de rapina. Visita ainda do Lago Grey, onde se encontra o Glaciar Grey, com os seus tons de azul ciano, que contrastam com o cinza da montanha.

Visita de outro dos ex libris do Parque Nacional - a Cueva del Milodón, uma espectacular gruta que deve o seu nome a um animal entretanto extinto.

Ao final da tarde regresso a Puerto Natales. Jantar livre.
Alojamento no hotel Costaustralis.


6.º DIA, 20 DE MARÇO (QUINTA-FEIRA) – PUERTO NATALES / EL CALAFATE
ATRAVESSANDO A PATAGÓNIA, CHEGADA A CALAFATE & OPCIONAIS!

Pequeno-almoço. Saída em autocarro privativo em direcção à Argentina. O percurso possibilitará que se obtenham diferentes panorâmicas desta fria e enorme região que deve o seu nome ao navegador português Fernão de Magalhães. Na paisagem da Patagónia, para além do gelo e glaciares, encontram-se igualmente desertos frios e secos, florestas e bosques de pinheiro, vales e rios. A região é também dominada pelas suas características faias, enquanto que os condores dominam a área com o seu atento olhar. Na fronteira chileno-argentina troca de autocarro.
 
Ao final da manhã chegada a El Calafate ao hotel Unique PatagóniaTarde livre para actividades de lazer ou marcantes actividades opcionais (UMA DE DUAS). Oportunidade de explorar o animado comércio da povoação
ou relaxar na piscina ou spa do hotel. Jantar livre e alojamento.


OPCIONAL A – Mini-Trekking sobre o Glaciar Perito Moreno
Uma experiência única de caminhada sobre o glaciar Perito Moreno. Distribuição dos grampos e bastões para a caminhada. Oportunidade única para desfrutar do glaciar numa perspectiva fantástica e beber um whisky com gelo do glaciar.

OPCIONAL B – VISITA DO GLACIAR PERITO MORENO PELAS PASSARELAS QUE CIRCUNDAM O PERITO.
Esta é uma das várias formas de se visitar o famoso Glaciar já que permite de diferentes perspectivas e por um longo percurso de passarelas, umas mais elevadas que outras, realizar toda a extensão deste glaciar.


7.º DIA, 21 DE MARÇO (SEXTA-FEIRA) – EL CALAFATE
CRUZEIRO NO PARQUEN NACIONAL DOS GLACIARES!

Pequeno-almoço servido no restaurante do hotel.

Em hora a indicar localmente, saída em autocarro privativo com direcção a Puerto Bandera, povoação de onde partem os ferrys que realizam cruzeiros diários para observação dos glaciares.

Início de uma viagem fantástica pela baía dos glaciares, navegando pelo Lago Argentino, entre blocos de gelo e fragmentos de glaciares despedaçados. Com explicação especializada de guia local oportunidade para conhecer o Parque Natural dos Glaciares onde se encontram alguns dos maiores glaciares do mundo, nomeadamente Spegazzini, Upsala (recentemente fragmentado na sua parede frontal) e Perito Moreno. Verdadeiramente únicos, com as suas tonalidades e formas únicas! Uma verdadeira maravilha da natureza e uma visita única! Almoço a bordo (lunch box).

Regresso a El Calafate pela tarde. Resto do fim de tarde livre na cidade, dedicado a actividades de carácter pessoal. Oportunidade para comprar os chocolates tradicionais da patagónia, bem como outros produtos típicos.

Jantar livre e alojamento no Hotel Unique Patagónia.

8.º DIA, 22 DE MARÇO (SÁBADO) – EL CALAFATE / USHUAIA
OPCIONAL MUSEU GLACIARIUM, VOO INTERNO, CHEGADA A USHUAIA E CRUZEIRO PELO CANAL ESTREITO DE BEAGLE

Pequeno-almoço no hotel.

Manhã livre para actividades de carácter de lazer.

OPCIONAL C – MUSEU GLACIARIUM – Depois do grupo ter tipo oportunidade de ver de perto diferentes glaciares e lagos, este recente museu permite perceber toda a magia dos processos naturais dos glaciares.

Em hora a indicar localmente, saída em autocarro privativo até ao aeroporto de El Calafate. Formalidades de embarque e partida para Ushuaia em voo directo das Aerolineas Argentinas. Almoço livre.

AR 1892 – El Calafate / Ushuaia – 14h25 / 15h40


Após a chegada transporte até ao Hotel Los Ñires.

Pelo final da tarde embarque para passeio de barco pelo Canal Beagle, que deve o seu nome ao navio britânico do início do século XIX que permitiu as primeiras explorações à enorme diversidade de vida animal do local. Este pequeno cruzeiro atravessando diversas ilhas, ilhotas e praias permite ir à descoberta da fauna marinha, com particular destaque para os papagaios do mar, as leões marinhos, as focas e os pinguins que ali vivem e
nidificam
(Pinguinera de Beagle), cruzando frequentemente o canal em direcção à Antárctida.

Regresso a Ushuaia. Jantar livre e alojamento no Hotel Los Ñires, com uma vista fantástica sobre a baía.
Alojamento.

9.º DIA, 23 DE MARÇO (DOMINGO) – USHUAIA / BUENOS AIRES
PARQUE NACIONAL TERRA DEL FUEGO, COMBOIO DO FIM DO MUNDO E VOO PARA BUENOS AIRES!

Pequeno almoço no hotel na cidade mais austral do mundo. Visita do Parque Nacional Tierra del Fuego.

Após a chegada à estação do Parque Nacional, oportunidade para carimbar o passaporte com o «selo do fim do mundo». Embarque em comboio a vapor, percorrendo o Parque Nacional Tierra de Fuego. Em tempos o comboio era usado para transportar presidiários para o isolamento total nas terras mais austrais  do mundo. Durante o percurso observar-se-ão pequenas cascatas.

Continuação da visita do parque de autocarro, com oportunidade para observar e comentar a flora característica desta região.

A visita termina no aeroporto de Ushuaia. Formalidades de embarque e partida com destino a Buenos Aires, em voo interno das Aerolineas Argentinas. Almoço livre.

AR 1855 – Ushuaia / Buenos Aires – 15h15 / 18h45

Chegada a Buenos Aires. Após as formalidades de desembarque, assistência por representantes locais.
Transporte em autocarro privativo até ao Hotel Esplendor Buenos Aires.

20H00 – Transporte privado até ao restaurante La Ventana para jantar.

Para além de uma boa culinária local, este espaço localizado no típico bairro de San Telmo oferece ainda um completo espectáculo de qualidade que atravessa os sons de toda a Argentina, das pampas às zonas montanhosas dos Andes, da marcante figura de Evita Peron ao especial destaque à mundialmente consagrada música portenha (de Buenos Aires) – o Tango.

Regresso ao hotel Esplendor.
Alojamento.

10.º DIA, 24 DE MARÇO (SEGUNDA-FEIRA) – BUENOS AIRES
VISITA DE BUENOS AIRES E VOO DE REGRESSO!

Pequeno almoço e check-out para os participantes que regressam nesse dia.

Saída em autocarro privativo com guia local. Início da visita de dia inteiro de Buenos Aires. Destaque para o Bairro do Retiro e da Recoleta (onde se encontra sepultada Evita Perón), o Palácio das Belas Artes, a Praça de Maio e a Catedral. Realce também para o típico Bairro de San Telmo, dos que mais manteve a traça colonial.

Almoço livre no decorrer das visitas.

OPORTUNIDADE PARA CONHECER O JARDIM BOTÂNICO DA CAPITAL ARGENTINA.

Visita do famoso Bairro de La Boca, conhecido pelos fervorosos adeptos do Boca Juniors, onde jogou Diego
Maradona e tantos outros craques do futebol internacional. Passagem também pelo moderno bairro de Puerto
Madero
, com os seus restaurantes nas antigas docas e que tem como um dos seus principais pontos de referência
a ponte da Mulher do conhecido arquitecto Santiago Calatrava.

Ao final da tarde regresso ao hotel.
Jantar livre e alojamento no Hotel Esplendor.


Para os participantes que regressam neste dia:
Ao final da tarde transporte em autocarro privativo em direcção ao aeroporto internacional de Buenos Aires.

Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa, via Madrid.
IB 6830 – Buenos Aires / Madrid – 22h50 / 14h40 *(dia seguinte)

Refeições e noite a bordo.

Dia Seguinte:
Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa.
IB 3102 – Madrid / Lisboa – 15h45 / 15h05

11.º DIA, 25 DE MARÇO (TERÇA-FEIRA) – BUENOS AIRES
VISITA DE DIA INTEIRO DO DELTA DO RIO TIGRE!

Pequeno-almoço no hotel.

Saída de Buenos Aires em direcção ao delta do Rio Tigre para um relaxante e inesperado passeio de barco pelos verdejantes e inúmeros canais do Rio Tigre. Ao efectuar a visita de barco em privado para o Grupo da AAJBA, e com os conhecimentos do guia local especialista, conhecer-se-ão muitos dos diferentes canais, desde os maiores que têm requintados edifícios à beira rio, a zonas mais residenciais com saída directa para os canais, para além de explorar canais onde a natureza impera. Uma surpreendente visita e para muitos considerada das principais em Buenos Aires! Almoço livre durante as visitas.

Durante a tarde regresso ao centro de Buenos Aires e oportunidade de calcorrear a pé algumas das principais zonas da cidades, atravessando nomeadamente a mais larga avenida do mundo, Avenida 09 de Julho, com os seus 144 metros. Destaque para o consagrado Teatro Colón e para o Obelisco, duas das referências da cidade.

Alojamento no hotel Esplendor

Para os participantes que regressam neste dia:
Ao final da tarde transporte em autocarro privativo em direcção ao aeroporto internacional de Buenos Aires.

Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa, via Madrid.
IB 6830 – Buenos Aires / Madrid – 22h50 / 14h40 *(dia seguinte)
Refeições e noite a bordo.

Dia Seguinte:
Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa.
IB 3102 – Madrid / Lisboa – 15h45 / 15h05

12.º DIA, 26 DE MARÇO (QUARTA-FEIRA) – BUENOS AIRES / COLÓNIA SACRAMENTO (URUGUAI) / BUENOS AIRES
VISITA DA COLÓNIA DO SACRAMENTO!

Pequeno-almoço no hotel.

Em hora a informar saída do hotel até ao cais situado entre os bairros do Retiro e Puerto Madero para embarque. Travessia do Rio de la Plata até à margem Norte, à Colónia do Sacramento, no Uruguai, o terceiro país a ser visitado nesta viagem.  

Esta visita de dia inteiro à Colónia do Sacramento é especialmente interessante para os amantes da História de Portugal, já que as disputas históricas entre Portugal e Espanha pelo domínio dos territórios CisPlatinos passaram pelo local. Caminhar pela Colónia do Sacramento é passear por uma povoação portuguesa antiga. A nossa marca está nos edifícios, nos brasões, na calçada pelas ruas da cidade. Visita da Igreja e do museu local. Os apreciadores de carros antigos deleitar-se-ão ainda mais com Sacramento já que há uma colecção presente nas principais ruas da localidade. Ao final da tarde regresso a Buenos Aires / Argentina.

Transporte até ao restaurante La Ventana para jantar de despedida. Para além de uma boa culinária local, este espaço localizado no típico bairro de San Telmo oferece ainda um completo espectáculo de qualidade que atravessa os sons de toda a Argentina, das pampas às zonas montanhosas dos Andes, da marcante figura de Evita Peron ao especial destaque à mundialmente consagrada música portenha (de Buenos Aires) – o Tango. Um óptimo momento de despedida!

Regresso ao Hotel Esplendor Buenos Aires
Jantar livre e alojamento.                          

13.º DIA, 27 DE MARÇO (QUINTA-FEIRA) – BUENOS AIRES / MADRID
DIA LIVRE EM BUENOS AIRES, OPCIONAIS

Pequeno-almoço no hotel. Dia inteiramente dedicado a actividades de lazer pela cidade. A oferta é enorme nesta que é uma das maiores metrópoles do continente americano e habitualmente conhecida por “Paris da América Latina”. Entre outras possíveis sugestões deixamos o Parque e bairro de Palermo ou a zona das Universidades com os seus museus de arte e jardins. Poderá optar também por ir até à belíssima Livraria El Ateneo (situada num antigo teatro). Outro local de interesse é a Praça do Congresso, e passeando pelas largas avenidas comerciais, poderá fazer uma pausa ou no café Tortoni, ou jogar uma partida de Snooker no café Los 36 Billares. Quem opte por compras terá nas imediações do hotel as Galerias Pacífico e a Calle Florida (pedonal) para se deleitar. O moderno bairro de Puerto Madero e os seus restaurantes nas docas são igualmente um espaço convidativo.

Nesta cidade motivos de interesse não faltam pelo que deixamos outras sugestões organizadas.
Jantar livre e alojamento no hotel Esplendor.

Regresso de participantes neste dia nos mesmos horários acima explicitados.

OPCIONAL D – VISITA DO JARDIM JAPONÊS, ROSEDAL E MUSEU MALBA – (MUSEU DE ARTE LATINO-AMERICANA DE
BUENOS AIRES GLACIARIUM)


Visita do Jardim Japonês, construído no Parque Três de Fevereiro, situado no bairro de Palermo, em Buenos Aires, no ano de 1967, na ocasião da visita à Argentina do então príncipe-herdeiro do Japão, o imperador Akihito. Além de antigas árvores autóctones como a Tipuana tipu e a Paineira, encontra-se também uma grande variedade de plantas japonesas, entre elas a famosa Sakura, o Acer Palmatuny e as azáleas; no lago há uma grande quantidade de carpas de variadas cores.

Localizado no mesmo parque, visita do Rosedal, um jardim de rosas que comemora o seu centenário no presente ano e é uma importante atracção turística da cidade

Visita do MALBA é um espaço destinado a colecção, conservação, estudo e difusão da arte latino-americano desde princípios do século XX até a actualidade.


OPCIONAL E – JANTAR E ESPECTÁCULO DE TANGO – ESQUINA CARLOS GARDEL

Esquina Carlos Gardel revive a sofisticação, luxo e estilo do tango na década de ouro de Buenos Aires. Com as luzes desligadas, a orquestra afinará e pernas esquivas soltararão sensualidade, que está presente em cada coreografia. O espectáculo é uma proposta artística de nível internacional, transportam ao espectador para uma mística atmosfera do tango de salão mais clássico.

  

14.º DIA, 28 DE MARÇO (SEXTA-FEIRA) –  BUENOS AIRES
DIA LIVRE EM BUENOS AIRES

Pequeno-almoço no hotel.

Dia inteiramente dedicado a actividades de lazer pela cidade.

Ao final da tarde transporte em autocarro privativo em direcção ao aeroporto internacional de Buenos Aires.
Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa, via Madrid.

IB 6830 – Buenos Aires / Madrid – 22h50 / 14h40 *(dia seguinte)

Refeições e noite a bordo



15.º DIA, 29 DE MARÇO (SÁBADO) – MADRID / LISBOA
CHEGADA A PORTUGAL!


14h40 – Hora prevista de chegada a Madrid.


Formalidades processuais de entrada no espaço Schengen.

Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa ou Porto.

IB 3102 – Madrid / Lisboa – 15h45 / 15h05
IB 8722 – Madrid / Porto – 16h30 / 16h35

Fim da Viagem

Viagem acompanhada pela Presidente da AAJBA, Arq.ª Pais. Sónia Talhé Azambuja, em representação da Direcção da AAJBA, que será oradora sobre a Paisagem, a História Natural e Cultural, e a Literatura de Viagens (Bruce Chatwin, Paul Theroux e Luís Sepúlveda) da Patagónia.

Para os participantes que regressam Dia 30 de Março:
Ao final da tarde transporte em autocarro privativo em direcção ao aeroporto internacional de Buenos Aires.

Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa, via Madrid.
IB 6844 – Buenos Aires / Madrid – 21h40 / 14h35 *(dia seguinte)

Refeições e noite a bordo.

Dia Seguinte:
Partida em voos regular da Ibéria com destino a Lisboa.
IB 3102 – Madrid / Lisboa – 15h45 / 15h05

Para a consulta do resumo alojamento e preços por favor
aceda ao nosso programa final aqui:

PATAGÓNIA CHILENA E ARGENTINA -
ENTRE OS ANDES E A TERRA DO FIM DO MUNDO,
15 A 29 DE MARÇO DE 2014


Pagamentos:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Informações e Inscrições:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


Jardins e Lagos do Norte de Itália
A HISTÓRIA E A PAISAGEM
12 A 16 DE OUTUBRO 2013





A HISTÓRIA E BELEZA MISTURAM-SE NA REGIÃO DOS LAGOS DO NORTE DA ITÁLIA! APÓS O ÚLTIMO PERÍODO DE GLACIAÇÃO, O DEGELO DEIXOU MONTANHAS ESCARPADAS, VALES ISOLADOS E PROFUNDOS. NO SEU LUGAR SURGIRAM LAGOS ESTREITOS QUE TÊM ENCANTADO OS VISITANTES AO LONGO DE DIFERENTES ERAS, DESDE A ROMA IMPERIAL ATÉ AOS SÉCULOS MAIS PRÓXIMOS. DEIXANDO VESTÍGIOS AO LONGO DAS MARGENS, ESTA NATUREZA JÁ DE SI EXUBERANTE FOI SENDO AINDA MAIS EMBELEZADA COM RICAS MORADIAS E PALÁCIOS E VERDEJANTES E FLORIDOS JARDINS.

Programa


1.º DIA, 12 DE OUTUBRO (SÁBADO) – LISBOA / MILÃO / LAGO DO COMO
PARTIDA PARA ITÁLIA, ALMOÇO E VISITA DE MILÃO E CHEGADA AO HOTEL JUNTO AO LAGO DO COMO

07h00 - Comparência no aeroporto de Lisboa, na loja GeoStar situada na zona das partidas. Entrega da docuemntação e assistência pela GeoStar nas formalidades de embarque. Partida com destino a Milão, em voo regular da companhia aérea TAP Air Portugal.

TP 806 – Lisboa / Milão – 09h00 / 12h40

Nota: Possibilidade de voo directo Tap do Porto com chegada às 12h45.

À chegada ao aeroporto de Malpensa, Milão, recolha das bagagens e assistência pelo nosso representante local.

Almoço em restaurante local. Pela tarde visita de Milão com guia local, com passagem pelos principais locais de destaque como a Duomo (Catedral), as Galerias Vittorio Emanuele, o Teatro alla Scala e o Castelo Sforzesco (sem entradas previstas). Algum tempo livre para usufruir da afamada zona comercial.

Transporte privado até ao lago do Como até ao hotel seleccionado – Grand Hotel di Como. Distribuição de quartos.

Jantar livre e alojamento.

 

2.º DIA, 13 DE OUTUBRO (DOMINGO) – LAGO DO COMO – LENNO, TREMEZZO E BELLAGIO
VISITA DAS VILLAS BALBIANELLO, CARLOTTA E MELZI

Após o pequeno-almoço encontro no hotel com guia botânico local. Transporte assegurado via barco público e início das visitas do dia com passagem pelas mais famosas Villas do Lago do Como.

Villa Balbianello – aprecie a romântica chegada de barco a esta fantástica Villa situada num promontório estratégico entre os três braços do lago do Como. Os jardins da villa têm inúmeras espécies de árvores entre as quais pinheiros-mansos, ciprestes e carvalhos, com aprimorados canteiros de flores.

De seguida visitar-se-á a vila do séc. XVIII em Tremezzo - Villa Carlotta. Ao redor da casa a disposição é formal, com limoeiros sobre os terraços e cameleiras. Nas zonas dos jardins mais afastados predomina o estilo inglês, numa villa extremamente florida. Almoço livre no decorrer das visitas.

Continuação de barco até Bellagio, onde se visitará o jardim paisagista em Villa Melzi, onde tanto figuram arbustos endémicos como espécies exóticas introduzidas ao longo do século XIX. Carvalhos vermelhos, sequóias gigantes, tulipas e camélias asiáticas convivem neste espaço onde o escritor Stendhal ficou hospedado.

Regresso ao hotel. Jantar livre e alojamento.

 

3.º DIA, 14 DE OUTUBRO (SEGUNDA-FEIRA) – LAGO DO COMO / LAGO MAGGIORE
VISITA DE VILLA TARANTO E STRESA (LIVRE OU OPCIONAL DE SUBIDA DE FUNICULAR E JARDIM ALPINO)

Pequeno-almoço no hotel. Check-out do hotel junto ao lago do Como.
Partida em direcção a ocidente, ao lago do Maggiore, usufruindo das fantásticas panorâmicas e paisagem no percurso entre os dois principais lagos do norte de Itália.

De caminho visita de Villa Taranto. Encontro com guia local à chegada e visita deste jardim
botânico onde existem mais de 20.000 variedades de plantas
.

Visita dos seus inúmeros recantos onde se constatará porque a riqueza e variedade da flora aqui presente tanta notoriedade deu a este local. Destaque para o jardim de tulipas e de dálias

Chegada ao hotel seleccionado em StresaHotel Milan Speranza au lac. Check-in e distribuição de quartos. Almoço e tarde livres em Stresa.

OPCIONAL
– Continuando com guia local sugerimos que se efectue a subida do funicular de Stresa (Stresa-Alpino-Montrarone), apreciando a fantástica vista do lago e povoações ribeirinhas. O percurso demora 20 minutos até altitude de 1500 m. Visita do jardim botânico de Alpinia. Descida e regresso ao hotel em Stresa.

Jantar livre e alojamento.

 

4.º DIA, 15 DE OUTUBRO (TERÇA-FEIRA) – LAGO MAGGIORE
VISITA DAS TRÊS ILHAS BORROMEAS (BELA, PISCATORI, MADRE)

Pequeno-almoço no hotel.

Encontro com o guia local e dia dedicado à visita das ilhas do Lago Maggiore, usando como transporte os barcos públicos.

Isola Bella
, com seu majestoso palácio barroco, abriga jardins de estilo italiano, fixados em dez terraços com total de mais de 37 metros de altura.

Continuando de barco visita da Isola Piscatori, também conhecida por Isola Superior, a única do arquipélago neste dia visitado com habitantes (cerca de 30).

Vivendo outrora da pesca converteu-se agora ao turismo com restaurantes e pequenas lojas nesta ilhota com 100 metros e o quádruplo de comprimento. Almoço livre no decorrer das visitas.

A maior das três ilhas, a Isola Madre, teve diversas funções ao longo da sua história. Na actualidade o seu principal atractivo são os jardins ingleses, que foram criados nos primeiros anos de 1800 com plantas subtropicais raras e onde se avistam várias aves como pavões, papagaios e faisões.

Regresso ao hotel em Stresa.
Jantar livre e alojamento.

 

5.º DIA, 16 DE OUTUBRO (QUARTA-FEIRA) – LAGO MAGGIORE - STRESA / MILÃO / LISBOA
MANHÃ LIVRE EM STRESA E REGRESSO A PORTUGAL

Pequeno-almoço no hotel.

Manhã livre para desfrutar dos últimos momentos junto ao lago Maggiore.

Sugerimos que passeie por Stresa, povoação onde foi efectuada Conferência histórica que antecedeu a 2.ª Guerra Mundial. Desbrave os seus principais edifícios históricos, tomando um chá nos seus mais charmosos hotéis ou passeando nas margens do lago.

Check-out e almoço livre.

Em hora a informar localmente partida em transporte privado em direcção ao aeroporto de Malpensa, Milão.

Assistência nas formalidades de embarque.
Saída em voo regular da TAP Portugal com destino a Lisboa.
TP809 – Milão / Lisboa – 18h15 / 19h55
À chegada a Lisboa formalidades de desembarque.

 

Fim da Viagem


Preços:
  • Preço para Associado da AAJBA: 1250,00 Euros
  • Preço para não Associado da AAJBA: 1290,00 Euros
  • Suplemento de quarto individual: 360,00 Euros

Serviços incluídos:
  • Passagem aérea em voo directo da Companhia Aérea TAP Air Portugal em classe económica
  • 2 noites de estadia em Como no hotel Grand Hotel di Como - 4 estrelas (ou similar) com pequeno-almoço incluído
  • 2 noites de estadia em Stresa no hotel Milan Speranza au Lac - 4 estrelas (ou similar) com pequeno-almoço incluído
  • Regime de Alojamento e pequeno-almoço durante toda a viagem, exceptuando almoço em Milão no dia de chegada (sem bebidas)
  • Todos os transferes mencionados em autocarro privado
  • 2 dias de visitas pelos Lagos Como e Maggiore em barco público
  • Todas as visitas mencionadas com acompanhamento de guia local ou especialista botânico 
  • Seguro de viagem Multiviagens base (cobertura máxima 25.000 €)
  • Taxas hoteleiras, de serviço e IVA
  • Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA
  • Acompanhamento por representante do departamento de grupos da GeoStar durante toda a viagem – de Lisboa a Lisboa
Opcionais:
  • Opcional Dia 3 – Stresa - Subida de Funicular e visita de Jardim Alpino com acompanhamento especializado – 65,00 € (preço para mínimo de 10 participantes)
  • Meia-Pensão – 4 jantares nos hotéis com bebidas – 175 €
  • Cobertura alargada de seguro VIP (cobertura máxima de 50 mil €) – 15,00 €.
  • Para participantes de fora de Lisboa - possibilidade de reservar voos a partir do Porto ou de ligação a Lisboa, bem como alojamento que assegure os voos definidos. 
Serviços não incluídos:
  • Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos, como despesas de carácter pessoal, serviços de lavandaria, chamadas telefónicas, etc.
Seguro:
  • LIMITE DE IDADE: Para participantes com idade inferior a 14 anos ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem. Não há quaisquer limitações quanto às coberturas do seguro de viagem para idade máxima.
JARDINS E LAGOS DO NORTE DE ITÁLIA- A HISTÓRIA E A PAISAGEM, 12 A 16 DE OUTUBRO 2013


Inscrições e Condições de Pagamento:
O prazo limite para as inscrições será o dia 5 de Agosto de 2013. (Atenção – inscrições limitadas à capacidade dos lugares bloqueados nos voos.)
Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de apenas 250 €.

Modalidade de pagamento em três prestações:
- pagamento de 250 € no acto da inscrição, até dia 5 de Agosto de 2013,
- 400 € até dia 6 de Setembro de 2013, e
- remanescente até dia 27 de Setembro de 2013.

Pagamentos:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Informações e Inscrições:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

 

Condições de Viagem

  • ALTERAÇÕES – Sempre que existam razões justificadas, a GeoStar reserva-se o direito de alterar a ordem do percurso ou substituir qualquer dos hotéis previstos por outros de igual categoria, facto de que dará conhecimento ao cliente. A não-aceitação por parte do cliente, dentro do prazo que for fixado, das referidas alterações, confere-lhe o direito de rescindir o contrato e a ser reembolsado da totalidade das quantias entretanto pagas.
  • ALTERAÇÃO DO PREÇO – Os preços constantes do programa estão baseados nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data da elaboração desta proposta, pelo que estão sujeitos a alteração que resulte de variações no custo dos transportes ou do combustível, de direitos, impostos, taxas e flutuações cambiais.
  • Sempre que se verifique uma alteração ao preço da viagem, o cliente deve ser imediatamente informado e convidado, a dentro do prazo que for fixado, aceitar o aumento verificado ou anular a sua inscrição nos mesmos termos e condições que os previstos na rubrica «IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO».

  • DESISTÊNCIAS – Se o cliente ou algum dos seus acompanhantes desistir da viagem, será necessário pagar todos os encargos a que a desistência dê lugar e ainda uma percentagem que pode ir até 30% do preço da viagem. Quando seja caso disso, o cliente será reembolsado pela diferença entre a quantia já paga e os montantes acima referidos.
  • REEMBOLSOS – Depois de iniciada a viagem não são devidos quaisquer reembolsos por serviços não utilizados pelo cliente. A não prestação de serviços previstos no programa por causas não imputáveis à Agência organizadora, e caso não seja possível a sua substituição por outros equivalentes, confere ao cliente o direito a ser reembolsado pela diferença entre o preço dos serviços previstos e dos efectivamente prestados.
  • IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO - Se por factos não imputáveis à GeoStar esta vier a ficar impossibilitada de cumprir algum serviço essencial constante do programa de viagem, tem o cliente direito a desistir da viagem, sendo imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas ou, em alternativa, aceitar por escrito uma alteração de contrato e eventual variação de preço. Se os referidos factos não imputáveis à Agência organizadora vierem a determinar a anulação da viagem, pode o cliente ainda optar por participar numa outra viagem organizada, a preço equivalente. Se a viagem organizada proposta em substituição for de preço inferior, será o cliente reembolsado da respectiva diferença.
  • RESPONSABILIDADES – A responsabilidade da Agência organizadora das viagens constantes deste programa e emergente das obrigações assumidas, encontra-se garantida por um seguro de responsabilidade civil e por um seguro de caução nos termos da legislação em vigor.
  • NOTAS IMPORTANTES – Os preços das viagens e suplementos indicados neste programa foram calculados com base nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa, estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23% e são válidos para um mínimo de 20 participantes.
  • ORGANIZAÇÃO - A Organização Técnica destas viagens foi realizada por GeoStar / Nome Fiscal - RASO - Viagens e Turismo, SA, com sede na  Torre Oriente - Av. do Colégio Militar, Nº 37 F, 5º   1500-081 Lisboa  Portugal. Contribuinte Fiscal n.º 500 886 113, com o capital social de 6.000.000,00 €, RNAVT Nº Registo 1819.

 

 


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Solares, Jardins e Arte no coração de Portugal
Santar, Penalva do Castelo* e Viseu
* participação nas Vindimas
20 a 22 de Setembro de 2013





Programa


1.º Dia: 20 de Setembro –6.ª feira – Lisboa / Santar /Penalva do Castelo

08h00 - Comparência junto à entrada do Jardim Botânico da Ajuda, na Calçada do Galvão, junto ao portão que dá acesso ao restaurante Estufa Real para partida de Lisboa em direcção a Nelas e Santar, bem no coração de Portugal e terras da Beira. ALMOÇO no Paço dos Cunhas de Santar seguido de visita dos seus jardins. Ainda em Santar visitaremos as suas adegas pertença da Sociedade Agrícola de Santar, com os seus vinhos Casa de Santar e na mesma vila visitaremos também o Solar de Santar do século XVII e XVIII, pertencente à Condessa de Santar e sua família, e rodeado igualmente por jardins de sebes, buxos e labirintos de flores,e perfeitamente enquadradas no conjunto arquitectónico da propriedade, as cozinhas e áreas de serviço. Continuação para Penalva do Castelo e alojamento e JANTAR na Casa da Insua, solar barroco convertido em hotel de charme.

 

2.º Dia: 21 de Setembro -Sábado – Penalva do Castelo

09h30 - Depois do pequeno-almoço no hotel, visita da Casa da Insua e dos seus exuberantes jardins oitocentistas, recriando toda a atmosfera da época romântica, os jardins da Casa da Ínsua são notáveis quer pela extensão quer pela originalidade e variedade de espécies. O jardim da frente da casa, de estilo francês, apresenta um traçado geométrico e canteiros rodeados de buxos que nos conduzem ao jardim inglês e ao jardim dos aromas, onde se podem encontrar as mais notáveis espécies de flora, como uma raríssima flor de lótus e uma magnólia monumental de 1842. No interior da casa,com mobiliário da época ,a capela, o claustro e os seus salões são elementos igualmente a destacar. Prova de vinhos, queijos e doces de produção da Casa da Insua.

* Dependendo do estado de maturação das uvas participação nas vindimas ( a informar em data mais próxima da visita) seguido de um almoço no restaurante do hotel. Em alternativa partida para a vila de Penalva do Castelo, e ALMOÇO num restaurante local com visita desta vila onde se destaca a Igreja matriz, pequeno templo romântico do sec XIV com várias tábuas de pintura quinhentista da escola de Grão Vasco; a Ponte Romana e visita ainda da vila de Esmolfe famosa pelas suas maçãs.

** Também, poderemos nessa manhã participar no " WorkShop Flor de Lotus e Camélias da Casa da Insua" onde depois de distribuída documentação de apoio iremos conhecer a Flor de Lótus, o seu ciclo de vida, características e condições de cultivo, contextualização histórica e simbolismo, bem como as camélias da Casa da Insua.

Regresso ao hotel, tempo para descansar e aproveitar os seus terraços com vista sobre os jardins ou a piscina. JANTAR. e alojamento.

 

3.º Dia: 22 de Setembro – Domingo – Penalva do castelo /Viseu / Lisboa

Depois do pequeno-almoço continuação da viagem para Viseu, com visita desta cidade, onde destacamos até ao centro histórico, os edifícios de fachadas elegantes do inicio do sec XX; percorrendo depois, a rua Direita até chegar á cidade medieval, de ruas tortuosas, casas de granito, solares, paços do concelho, lojas tradicionais e pequenas viela deparamos bem no coração desta Viseu medieval a Sé e Museu Grão Vasco que sofreu amplo restauro e alberga uma das mais importantes colecções de arte do nosso país, muito em especial as obras do pintor Vasco Fernandes do sec XVI, mais conhecido por Grão Vasco ALMOÇO no restaurante Muralha da Sé. Tempo livre e regresso a Lisboa.

 

Fim da Viagem


Preços:
Preço para Associado da AAJBA: 450,00 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 498,00 Euros
Suplemento de quarto individual: 80,00 Euros

Serviços incluídos:
  • Transporte em autocarro de grande turismo com ar condicionado.
  • 2 noites com pequeno-almoço e jantar no Hotel Casa da Insua de 5 estrelas
  • 3 Almoços
  • 3 dias de visitas com guia delegado da Noventur
  • Visitas guiadas nos jardns de Santar e da casa da Insua
  • Participação em actividades na Casa da Insua* (ver hipóteses)
  • Entradas nos locais indicados.
  • Visita guiada no Museu Grão Vasco
  • Acompanhamento por membro da Direcção da AAJBA
  • Seguro de viagem
Serviços não incluídos:
  • Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos.
  • Despesas de carácter pessoal.
Solares, Jardins e Arte no coração de Portugal - Santar, Penalva do Castelo e Viseu - 20 a 22 de Setembro de 2013

Inscrições e Condições de Pagamento:
O prazo limite para as inscrições será o dia 5 de Agosto de 2013. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito não reembolsável de 150 €. Pagamento final até ao dia 02 de Setembro de 2013.

Pagamentos:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Informações e Inscrições:>
>Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


Reserva Natural do Paúl de Boquilobo, Golegã
01 de Junho 2013



Programa


NOS CAMPOS DA GOLEGÃ, ENTRE OS RIOS ALMONDA E TEJO, ESTÁ UMA ZONA HÚMIDA, CLASSIFICADA DE RESERVA NATURAL, SENDO RESERVA DA BIOSFERA PELA UNESCO

Partida para a Reserva Natural do Paúl de Boquilobo - caminhada guiada na reserva - almoço regional - visita dos Museus Casa-Estúdio Carlos Relvas e Equuspólis, na Golegã

01 DE JUNHO (SÁBADO) – LISBOA / RESERVA NATURAL DO PAÚL DE BOQUILOBO / GOLEGÃ / LISBOA

07h45 - Comparência no Jardim Botânico da Ajuda (entrada da Calçada do Galvão).

08h00 - Saída em autocarro privado em direção à Golegã.

09h30 - Partida num original passeio pela Reserva Natural do Paúl de Boquilobo.

A visita inicia-se no Jardim Municipal da Golegã, junto ao edifício Equuspólis onde se encontra o polo administrativo da Reserva. Daí seguimos para a Reserva Natural. Enquadramento geral da reserva ao longo de um percurso de aproximadamente meia hora. No centro de interpretação será feita uma breve abordagem ao sistema nacional de áreas protegidas e à importância da RNPB nesse contexto. No percurso pedestre, ao longo de uma extensão de cerca de 6 quilómetros (duração aproximada de 2h30) serão abordados, sequencialmente, aspetos relacionados com o funcionamento hídrico do espaço, a ocupação humana do território, a flora, a fauna e os problemas com que a Reserva se confronta.

A paisagem vegetal é dominada pela presença de maciços de salgueiros ao longo das linhas de água e em densos núcleos nas zonas mais inundáveis. Caniçais e bunhais ocupam áreas restritas. Um cortejo de plantas aquáticas vegeta nas zonas permanentemente alagadas para além de espécies infestantes, como o Jacinto-de-água que, em determinadas épocas, cobrem rapidamente as valas. Montados e pastagens envolvem a zona húmida.

O Paul do Boquilobo alberga o mais importante garçal do território português e é importante local de concentração para espécies invernantes nomeadamente anatídeos, galeirões e limícolas. Único local em que se reproduz o Zarro-comum e um dos poucos em que nidificam a Gaivina-dos-paúis e o Colhereiro. Principal refúgio português da Piadeira e do Pato trombeteiro e ponto de passagem de migradores passeriformes.
Várias espécies de peixes como o Ruivaco e a Boga-portuguesa, ambos endemismos lusitanos, frequentam as suas valas. O paul acolhe mais de uma vintena de espécies de anfíbios e répteis bem como pequenos mamíferos: Lontra, Toirão, Rato-de-Cabrera...

12h45 - Regresso à Golegã.

13h00 - Almoço tradicional em restaurante local.

14h30 - Prosseguimento para visita guiada à Casa-Estúdio Carlos Relvas e Centro Cultural Equuspólis. Passagem ainda pela Igreja Matriz da Golegã, edifício dos Séc XV-XVI, com o seu tradicional pórtico em estilo Manuelino Rural.

16h30 - Regresso a Lisboa. Chegada prevista ao JBA às 18h00.

Fim da Viagem


Preços:
Preço para Associado da AAJBA: 70,00 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 76,00 Euros

Serviços incluídos:
  • Autocarro privado com motorista, Lisboa / Golegã / Lisboa.
  • Visita guiada à Reserva Natural da Biosfera - Paúl de Boquilobo.
  • Almoço com gastronomia regional.
  • Bebidas à refeição (água e/ou ½ garrafa de vinho por pessoa).
  • Visitas aos Museus Casa-Estúdio Carlos Relvas, Edifício Equuspólis e Igreja Matriz da Golegã.
  • Seguro de Viagem.
  • Taxas de turismo & IVA.
  • Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA .
Serviços não incluídos:
  • Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos.
  • Despesas de carácter pessoal.
Equipamento recomendado:
  • Vestuário ligeiro e discreto (preferencialmente em tons verde seco, castanho e/ou caqui).
  • Panamá para o sol.
  • Calçado confortável adaptado para caminhadas, preferencialmente botas com sola de borracha.
  • Garrafa de água.
  • Câmara fotográfica.
Programa Reserva Natural do Paúl de Boquilobo, Golegã, 01 de Junho 2013


Inscrições:
O prazo limite para as inscrições será o dia 29 de Maio de 2013.
Inscrições confirmadas mediante pagamento integral.

Condições:
Os preços estão baseados num mínimo de 12 participantes.

Pagamentos:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Informações e Inscrições:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


TEJO RIO-A-DENTRO SALVATERRA DE MAGOS
20 DE ABRIL 2013


Programa


20 DE ABRIL (SÁBADO) – LISBOA / SALVATERRA DE MAGOS
PARTIDA PARA SALVATERRA, PASSEIO DE BARCO NO TEJO, ALMOÇO, VISITA À FALCOARIA REAL


08h15 - Comparência no Jardim Botânico da Ajuda (entrada da Calçada do Galvão).

08h30 - Saída em autocarro privado em direcção a Salvaterra de Magos.

10h00 - Partida num original passeio de barco pelo Tejo, na embarcação Rio-a-dentro.

Depois de deixarmos a pequena marina de Salvaterra as surpresas sucedem-se: vegetação deslumbrante, ilhas povoadas por cavalos Lusitanos que vivem em liberdade, aves de inúmeras espécies, lontras tímidas, barcos tradicionais cheios de cor, pequenas vilas nas margens do rio e uma enorme tranquilidade que dá o tom ao passeio. O Tejo como nunca o viu…

…Uma zona extraordinária para quem gosta de observar aves, já que esta zona é um local de nidificação de muitas espécies. Salientamos a Águia-pesqueira, Milhafre-preto, Águia-calçada, Águia-de-asa-redonda, Cegonha-branca, Garça-vermelha, Garça-real, Garça-branca, Corvo-marinho, Guarda-rios, Rouxinol-bravo e Bispo-de-coroa-amarela.

O passeio é feito num moderno e confortável barco eléctrico com uma capacidade para 12 pessoas, o que o torna ideal para famílias e grupos de amigos. Por ser eléctrico e consequentemente silencioso pode aproximar-se mais dos cavalos e de algumas aves sem os assustar tornando o espectáculo ainda mais emocionante.

12h45 - Chegada ao cais de Escaroupim.

13h00 - Almoço tradicional em restaurante local.

15h00 - Visita guiada à Falcoaria do antigo Paço Real com demonstração de vôo ao vivo de um falcão.

16h00 - Regresso a Lisboa. Chegada prevista às 17h30.

Fim da Viagem


Nota: o horário das saídas dependerá das marés e a concretização dos passeios está dependente das condições climatéricas.


Preços:
Preço para Associado da AAJBA: 78 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 83 Euros
Preço Criança (até 12 anos acompanhada por um adulto): 53 Euros


Serviços incluídos:
  • Autocarro privado com motorista, Lisboa / Salvaterra / Lisboa.
  • Passeio de barco privado no Tejo com comandante/guia a bordo.
  • Almoço com gastronomia regional.
  • Bebidas à refeição (água e/ou ½ garrafa de vinho por pessoa).
  • Visita guiada à Falcoaria Real.
  • Seguro de Viagem.
  • Taxas de turismo & IVA.
  • Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA .

Serviços não incluídos:
  • Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos.
  • Despesas de carácter pessoal.
Programa TEJO RIO-A-DENTRO
SALVATERRA DE MAGOS, 20 de Abril 2013


Inscrições:
O prazo limite para as inscrições será o dia 17 de Abril de 2013.
Inscrições confirmadas mediante pagamento integral.


Condições:
Os preços estão baseados num mínimo de 12 participantes.
Nota:
a capacidade do barco é limitada, caso o número de inscrições o justifique, poderemos contratar um barco adicional.


Pagamentos:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


Informações e Inscrições:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Jardins e paisagens do Vale do Loire
A história, os castelos, o rio e a gastronomia - 28 Junho a 2 de Julho de 2013



Programa

Sexta-Feira, 28 de Junho

Partida de Lisboa às 09h00 de manhã, para Paris-Orly, em vôo da Aigle Azur ZI 302, com chegada prevista às 12h15. Transfer de Paris a Angers em autocarro de grande turismo, que nos transportará durante todo o programa em França. À chegada ao hotel (Hotel de France) , próximo do castelo medieval, registo e distribuição dos quartos. Tempo livre para descansar ou passear na cidade. Jantar opcional no restaurante do hotel (Les Plantagenêts) ou num dos muitos restaurantes no centro de Angers.


Sábado, 29 de Junho

Após o pequeno-almoço, visita ao jardim de Petit-Bordeaux, em Saint-Biez-en-Belin. Um espaço íntimo onde cerca de 3000 espécies e variedades de plantas criaram um grande número de ambientes diferentes com cores e aromas subtis, convidando o visitante a uma pausa para apreciar as essências raras e a elegância dos jardins. Depois do almoço, (livre) regressamos a Angers para uma visita ao imponente Castelo do séc. XIII, que domina o centro da cidade nas margens do Rio Maine. No interior das suas paredes maciças, encontramos jardins geométricos de inesperada beleza e dimensão. O castelo é também conhecido pelo seu Museu de Tapeçarias que integra exemplares muito antigos, incluindo a famosa série conhecida como “O Apocalipse”. Resto da tarde e noite livre.


Domingo, 30 de Junho

Depois do pequeno-almoço, viajamos ao longo da margem sul do antiquíssimo Rio Loire, para visitar a Abadia Real de Fontevraud. Esta lendária Abadia data do Séc. XI e foi construída com “tuffeau”, a pedra macia de cor creme usada em tantos edifícios notáveis desta região. Além de uma magnífica igreja Românica, contendo túmulos dos Plantagenetas, poderemos ver um tranquilo claustro e uma cozinha circular do séc. XII com a sua inseparável horta. Durante a Revolução Francesa a Abadia foi fechada e utilizada como prisão, assim se mantendo até 1960. Foi depois restaurada, sendo hoje um local aprazível e tranquilo para passear. Depois da visita regressamos ao Rio Loire e vamos até Saumur, onde almoçamos (não incluído). À tarde vamos visitar o Parque Oriental em Maulévrier, o maior Jardim japonês na Europa. Disposto ao longo do rio, incorpora ilhéus, templo Khmer e Buddha, e pretende recriar o percurso da vida humana do nascimento até à morte. Centenas de espécies diferentes de plantas decoram este parque, convidando o visitante a fazer uma pausa e a meditar. Regressamos a Angers, onde o jantar e a noite são livres.




2ª feira, 1 de Julho

Esta manhã seguimos para Leste ao longo do Vale do Loire para visitar um dos ícones dos castelos desta região. O Castelo de Chenonceau foi construído no séc. XVI junto ao rio Cher, um afluente do Loire. É ainda propriedade privada mas os dois andares inferiores estão abertos ao público e contêm excelentes quadros e tapeçarias Gobelin. No exterior do castelo encontram-se jardins desenhados por Diane de Poitiers e por Catarina de Médicis. No Jardim de Diane, um passeio largo eleva-se sobre canteiros formados por santolina esculpida e cúpulas de freixo. Do lado oposto, o Jardim de Catherine é composto por roseiras cercadas por lavanda talhada, dispostas em volta de um lago com repuxo. Apesar da sua notoriedade, este castelo preserva uma atmosfera serena e íntima, realçada pelos seus magníficos jardins. Da parte da tarde visitamos os espectaculares Jardins do Castelo de Villandry, um dos poucos jardins Franceses conhecidos, pelo menos de nome, por todos os jardineiros em França. Esta minuciosa reconstrução dos jardins formais do séc. séc. XVI é única em França. Os magníficos jardins, que reflectem diferentes temas – qual vasta manta de retalhos - estão dispostos em 3 tabuleiros, a sul e a oeste do edifício renascentista, rodeado pelo tradicional fosso. Aqui encontramos, no jardim hortícola, uma enorme colecção de frutos e vegetais emoldurados por flores. Passeamos pelo Jardim da Música onde o buxo talhado rodeia grande quantidade de arbustos e plantas herbáceas e podemos ainda deambular pelo Jardim do Amor, onde uma variedade de plantas e coloridos ilustram, artisticamente, diferentes formas deste sentimento! Ao final da tarde regressamos a Angers onde a noite é livre para um merecido descanso ou uma despedida da cidade.


3ª feira, 2 de Julho

Depois do pequeno-almoço, fazemos o check-out do Hotel de France e subimos ao longo do Loire para visitar o Festival Internacional de Jardins em Chaumont. Este festival realiza-se num local idílico, em terrenos do castelo, junto ao rio, e é reconhecido como plataforma de lançamento de jovens arquitectos paisagistas que, anualmente, respondem ao desafio de criar jardins inéditos em 30 espaços de 240m2 cada. O festival está associado ao Internacional Conservatory of Parks, Gardens and Landscaping, que fornece uma série de jardins experimentais e permanentes como parte do Festival, e oferece aconselhamento sobre novas técnicas. Depois duma curta pausa para almoço (livre), seguimos para Orly, a tempo de cumprir as formalidades de embarque no voo da Aigle Azur ZI 307, com partida às 17h05 e chegada prevista em Lisboa às 18h30.

Fim da Viagem



Programa Jardins e paisagens do Vale do Loire, A história, os castelos, o rio e a gastronomia - 28 Junho a 2 de Julho de 2013


Nota: a ordem do itinerário poderá ser alterada por conveniência ou imposição de alguns dos locais a visitar, mantendo-se no entanto todas as visitas programadas.

PREÇOS para grupo mínimo de 20 pessoas:

Preço para Associado da AAJBA: 1.080,00 Euros
Preço para não Associado da AAJBA:1.180,00 Euros
Suplemento de quarto individual: 200,00 Euros

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
. Voos TAP em classe económica entre Lisboa e Londres-Heathrow
. Voos Aigle Azur em classe económica entre Lisboa e Paris-Orly . 4 noites no Hotel de France em Angers, em regime de alojamento e pequeno almoço. . Transporte confortável em autocarro de grande turismo, durante todo o programa. . Entradas nos jardins de Petit-Bordeaux, Castelo d’Angers, Parque Oriental de Maulévrier, Castelo de Villandry, Abadia Real de Fontevraud, Castelo de Chenonceau e Festival Internacional de Jardins em Chaumont. . Guia acompanhante da Brightwater durante toda a estadia, falando inglês e francês. . Acompanhamento por membro da Direcção da AAJBA. . Seguro de viagem.


SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
. Despesas de carácter pessoal
. Quaisquer serviços não indicados como incluídos

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
O prazo limite para as inscrições será o dia 1 de Maio.. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito não reembolsável de €200. Pagamento final até 1 de Maio.


PAGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES :
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

The Chelsea Flower Show
19 - 24 May 2013



Program

Sunday 19 May 2013

Flights under own arrangement. On arrival at the airport we will be met by our local coach and transfer to our hotel in London, the 4-star Best Western Shaftesbury Paddington Court Hotel. All rooms have private bathrooms together with Plasma screen TVs and complimentary high speed internet. All guests have complimentary access to the compact fitness centre. Evening at leisure.

Monday 20 May - Wednesday 22 May 2013

After breakfast each morning you are free to explore London at leisure and visit some of the many famous attractions which the city has to offer, such as the Tower of London, The London Eye, the National Gallery, the Natural History Museum, London Zoo and the Garden Museum. You can also take a boat trip along the River Thames from Westminster to Kew Gardens and Hampton Court Palace. London also provides world-class shopping with famous stores such as Harrods and Selfridges as well as designer boutiques. In the evening there is a wide range of West End musicals to choose from including Les Misérables, Phantom of the Opera, Mamma Mia and many more – tickets can be booked in advance if required.

Thursday 23 May 2013

After breakfast this morning we depart for our visit to the Chelsea Flower Show, which holds a rare position as a great British tradition and an exciting source of inspiration and advice. One of the highlights of the show, which in 2013 celebrates its centenary year, is the collection of over twenty full-sized show gardens. Inside the Great Marquee visitors have their senses ravished by the hundreds of floral displays, many of them incorporating new, rare and unusual plants. Other popular features here include flower arranging, floristry and garden design marquees, courtyard gardens, window boxes and hanging baskets. Evening at leisure.


Friday 24 May 2013

After breakfast we check out of the hotel and depart on a panoramic guided tour of London, featuring many of the most famous sights, from Westminster Abbey and the Houses of Parliament to St Paul's Cathedral and the Tower of London.
Following our tour we will visit the Victoria and Albert Museum (usually known simply as the V&A), which is the world's largest museum of decorative arts and design, housing a permanent collection of over 4.5 million objects. There are also various temporary exhibitions, which at this time will include 'Beatrix Potter and the Beautiful Satin Waistcoat', featuring sketches of costumes at the V&A by the famous children's author and illustrator; 'Clara Button and the Magical Hat Day', illustrations from the first book of fiction for children published by the V&A, and 'Music Hall: Sickert and the Three Graces', exploring the vibrant world of Edwardian Music Hall. (Entrance not included.)
Later we return to the airport in time for our return flight to Lisbon (under own arrangement).


Included in the price

  • 5 nights at the Best Western Shaftesbury Paddington Court Hotel on a bed and breakfast basis. All rooms have en-suite facilities
  • Coach transfers (airport to hotel, to/from Chelsea Flower Show, return to airport)
  • Entrance to the Chelsea Flower Show; panoramic guided city tour of London
Not included (per person)
  • Single room supplement
  • Entrance to the Victoria and Albert Museum or any other attractions
  • Travel insurance
The Chelsea Flower Show, 19 - 24 May 2013


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


Chelsea Flower Show e os Jardins Clássicos do Sudeste da Inglaterra, 19 a 24 Maio de 2013



Programa

1ª Dia: 19 de Maio - Domingo

Partida de Lisboa de manhã, no vôo TAP 352 (10h10/12h50), com destino a Londres. A comparência no aeroporto deve ser feita com duas horas de antecedência. À chegada espera-nos o autocarro com o guia local que nos acompanhará neste primeiro dia. Seguimos até Wisley Garden, onde a Royal Horticultural Society mostra ao público como se devem planear e manter jardins. Aqui os mais altos padrões de horticultura são postos em prática, num belíssimo cenário repleto de imponentes árvores, arbustos e grande variedade de plantas, todas meticulosamente identificadas. Está incluida uma visita guiada. Continuamos depois para Great Comp Garden, um jardim com vários hectares no condado de Kent, verdadeiro paraíso dos apreciadores de plantas, com muitos arbustos e espécies perenes de grande beleza e raridade. No início do ano estão no seu auge Helleborus, seguindo-se Magnólias, Rododendros e Azáleas – o resto do ano mostra-nos arbustos exóticos e plantas perenes, entre as quais uma vastíssima colecção de Sálvias. Áreas de plantações formais e informais ligadas por sinuosos caminhos relvados e ruínas, levam-nos até um Jardim Italiano. Ao fim da tarde vamos instalar-nos no nosso hotel, o Hilton. Todos os quartos têm casa de banho privativa com secador de cabelo, telefone, televisão, prensa de calças e facilidades para fazer chá ou café. Há também um ‘spa’, incluindo uma piscina interior aquecida, banho turco, hidromassagem e sauna. O jantar é servido no hotel.




2º Dia: 20 de Maio - Segunda-feira


Depois do pequeno-almoço, visitamos mais um clássico jardim rural Inglês, o Great Dixter. O conhecido autor Christopher Lloyd, já falecido, é considerado o génio deste notável jardim, com a sua mansão do séc. XV..Restaurado por Edwin Lutyens, que também o planeou, foi no entanto o Sr. Lloyd que deixou nele a sua marca bem distinta, como nos será mostrado ao longo da visita guiada..Uma experiência recente envolveu a instalação de um jardim tropical de formas ousadas e cores brilhantes. Nenhum jardineiro poderia visitar Great Dixter sem fazer descobertas ou reacender o gosto pela jardinagem.
Almoço livre.
Seguimos depois para Sissinghurst, o famoso jardim criado por Vita Sackville-West e Harold Nicolson a partir de 1930. Este conhecido casal de escritores concebeu aquele que se tornou no mais admirado Jardim Inglês da sua época. Poucos, entre os grandes jardins, fazem jus à sua reputação tão facilmente como este. Oferecendo uma série de pequenos espaços românticos dispostos entre aquilo que resta de uma mansão elisabetana, ele nunca decepciona os seus visitantes e tem o poder de os encantar. Mas também é uma fonte inesgotável de inspiração para todos os jardineiros. Sissinghurst é certamente tão próximo da perfeição em jardinagem quanto se possa imaginar, e continua a ser um dos mais copiados jardins de flores no mundo. Regressamos ao hotel para jantar.

3º Dia: 21 de Maio - Terça-feira

Esta manhã, depois do pequeno-almoço, vamos até ao condado de Sussex, visitar Nymans Garden, uma notável colecção de plantas num cenário inspirador. Este jardim, cujo projecto de inspiração teatral foi da autoria da família Messel, é um dos mais belos jardins em Sussex e ainda mantém muito da personalidade da família que o criou. Há muitas plantas raras e exóticas combinadas com um pinhal, um jardim murado,um jardim italiano e vários caminhos de floresta, que descobriremos na visita guiada que aqui está incluída. Depois do almoço (livre) visitamos Wakehurst Place Gardens, perto de Haywards Heath. Os jardins, que se espalham por uma área de quase 100 hectares, são agora geridos pelo Royal Botanic Garden em Kew. Wakehurst Place possui um jardim murado, um jardim de água com uma variedade de plantas crescendo dentro e em redor da água, um prado dos Himalaias com uma coleção de azáleas e rododendros e ainda uma notável colecção de árvores e arbustos.Também de interesse é o Banco de Sementes do Milénio, o maior projecto de conservação ex- situ de plantas no mundo. O foco é na sobrevivência de espécies globais, face à ameaça de extinção, e em plantas de maior utilidade para o futuro. As sementes são conservadas fora do seu habitat natural. Também aqui está incluida uma visita guiada. O jantar é servido no hotel, após o nosso regresso. Regressamos ao hotel para jantar.




4º Dia: 22 de Maio - Quarta-feira

Hoje, depois do pequeno-almoço, fazemos check-out do hotel e seguimos viagem para Windsor, onde iremos visitar o Savill Garden, um dos maiores jardins ornamentais da Grã-Bretanha. Nem um jardim botânico, nem uma horta ligada a uma grande casa, este é um jardim independente, apreciado por horticultores e entusiastas. Nunca deixa de encantar os visitantes que vêm para explorar os seus muitos hectares de jardins contemporâneos ou de design clássico ou ainda a sua floresta exótica. Desenvolvido sob o patrocínio de Reis e Rainhas, o Savill Garden foi criado em 1930 por Sir Eric Savill. Começou como um jardim de floresta, com carvalhos nativos, faias e castanheiros, mas desde então tem evoluído, incorporando muitas plantas novas ao longo dos anos. A nossa visita será guiada. Mais tarde, iremos visitar o Royal Botanic Garden em Kew,que é agora Património Mundial e apresenta uma colecção única de plantas de todo o mundo.Entre as atrações principais estão a icónica Palm House, que recria um ambiente de floresta tropical, a Casa Temperada, onde vive a mais alta planta interior do mundo, e a estufa da Princesa de Gales (Conservatory), que contém 10 zonas climáticas e uma enorme variedade de plantas, incluindo orquídeas e cactos. Uma visita guiada está aqui incluida. Ao fim da tarde continuamos at nosso hotel em Londres, o Best Western Shaftesbury Paddington Court Hotel.Todos os quartos têm casa de banho privada, juntamente com televisores plasma e internet de alta velocidade. Todos os hóspedes têm acesso gratuito ao pequeno centro de fitness.
Jantar e noite livres.


5º Dia: 23 de Maio - Quinta-feira

Após o pequeno-almoço partimos para a nossa visita ao Chelsea Flower Show, que desde há muitos anos se mantém uma grande tradição britânica e uma interessante fonte de inspiração e aconselhamento. Um dos destaques da exposição, que em 2013 comemora seu centenário, é a coleção de mais de 20 jardins em tamanho real. Dentro da Great Marquee, os visitantes têm os sentidos dominados por centenas de arranjos florais, muitos deles incorporando novas plantas, raras e pouco comuns. Outros expositores muito procurados pelos visitantes incluem arranjos de flores, tendas de floricultura e de design de jardins, jardins em pátios, floreiras e cestas de suspensão. Noite e jantar livres.


6º Dia: Sexta-feira: 24 de Maio de 2013

Depois do pequeno-almoço fazemos check-out do hotel e partimos para uma visita panorâmica de Londres, guiada, incluindo muitos dos pontos turísticos mais famosos, desde a Abadia de Westminster e as Casas do Parlamento à Catedral de São Paulo e Torre de Londres. No final deste tour, iremos até à zona de South Kensington, onde podemos visitar o Museu Victoria & Albert (geralmente conhecido simplesmente como o V & A), que é o maior museu do mundo das artes decorativas e design, abrigando uma coleção permanente de mais de 4,5 milhões de objetos. Há também diversas exposições temporárias, que neste momento incluem 'Beatrix Potter e o Belo Colete de Setim ", com desenhos de fantasias no V & A pela famosa autora e ilustradora de histórias de crianças; 'Button Clara e no Dia do Chapéu Mágico', ilustrações do primeiro livro de ficção para crianças publicados pela V & A e 'Music Hall: Sickert e as Três Graças", explorando o mundo vibrante de Edwardian Music Hall (a entrada não está incluída). Almoço livre num dos restaurantes ou cafés desta popular área de Londres.
Mais tarde, seguimos para o aeroporto a tempo das formalidades de registo no voo TP 367 (19h30/22h10) de regresso a Lisboa.

Fim da Viagem

Programa Chelsea Flower Show e os Jardins Clássicos do Sudeste da Inglaterra


Nota: a ordem do itinerário poderá ser alterada por conveniência ou imposição de alguns dos locais a visitar, mantendo-se no entanto todas as visitas programadas.

PREÇOS para grupo mínimo de 20 pessoas:

Preço para Associado da AAJBA: 1350,00 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 1430,00 Euros
Suplemento de quarto individual: 300,00 Euros

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
. Voos TAP em classe económica entre Lisboa e Londres-Heathrow
. 3 noites no Hotel Maidstone Hilton em regime de alojamento, jantar e pequeno almoço.
. 2 noites no Best Western Shaftesbury Paddington Court Hotel em regime de alojamento e pequeno-almoço.Todos os quartos têm casa de banho privativa.
. Transporte confortável em autocarro de grande turismo, durante todo o programa.
. A entrada para o Chelsea Flower Show; admissão e visitas guiadas nos jardins de Kew, Wesley, Great Dixter, Savill, Nymans and Wakehurst Place; admissão nos jardins de Sissinghurst e Great Comp; city tour panorâmico de Londres.
. Guia no primeiro dia e na visita panorâmica de Londres no último dia.
. Acompanhamento por membro da Direcção da AAJBA

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
. Suplemento de quarto individual
. Entrada para o Museu Victoria & Albert
. Seguro de viagem

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
Inscrições  abertas até 15 de Março com garantia de acesso à Exposição, -  a partir dessa data ficam sujeitas a disponibilidade de bilhetes de ingresso. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito não reembolsável de €300,00. Pagamento final até ao dia 31 de Março.


PAGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



2ª Exposição Internacional de Orquídeas na Cidade do Porto e os Jardins encantados do Vale do Sousa

15 a 17 Março de 2013


8 DE DEZEMBRO (Sábado) – LISBOA / ALVITO / VIDIGUEIRA / LISBOA


Descubra palacetes barrocos e mosteiros românicos e deixe-se envolver pela paz de alguns dos mais belos jardins de Portugal numa relação íntima com a natureza. Os Jardins históricos do Vale do Sousa são monumentos vivos, legados pelos nossos antepassados e autenticas obras de arte. Por entre flores, lagos, buxos e verdadeiras estátuas verdes, iremos descobrir na jesuíta “Casa da Companhia”, na “Quinta da Aveleda” ou na “Quinta da Tapada” alguns destes exemplares.

Programa

1.º Dia: 15 Março – 6.ª feira – Lisboa / Porto

08h00
- Comparência junto à entrada do Jardim Botânico da Ajuda, na Calçada do Galvão, junto ao portão que dá acesso ao restaurante Estufa Real para partida de Lisboa em direcção ao Porto. ALMOÇO no Restaurante do Hotel Tuela 3*, check in e distribuição dos quartos. De tarde, visita guiada à 4ª exposição de Orquídeas na Cidade do Porto -2ª Internacional, nas Galerias da Biblioteca Almeida Garret, onde estarão igualmente grupos de representantes de vários países. Depois da visita regresso ao hotel. Noite livre ou possibilidade de jantar (opcional) na Ribeira do Porto.*

2.º Dia: 16 Março – Sábado – Porto / Penafiel

09h00
- Após o pequeno-almoço partida em direcção a Penafiel. Alojamento no Park Hotel Penafiel 4*. Inicio da visita da região do Vale do Sousa com o Mosteiro de Paço de Sousa, ícone do românico nacional e interpretação do tumulo de Dom Egas Moniz; visita aos belos jardins da “Casa da Companhia”, por onde deambularam e se inspiraram Jesuítas até 1834 e interpretação da bem preservada comunidade de carvalhos alvarinhos, existentes no local, entre outras. ALMOÇO em restaurante local com ementa regional. De tarde, visita aos jardins da Quinta da Aveleda, seguida de degustação dos seus vinhos e queijos. Continuação com visita ao centro histórico da pitoresca cidade de Penafiel, uma das mais antigas do Norte de Portugal. Regresso ao Hotel, JANTAR. Saída do hotel para assistir a um concerto de privativo de canto gregoriano, na igreja de um antigo mosteiro beneditino e monumento românico de grande valor. Regresso ao hotel, alojamento.

3.º Dia: 17 Março – Domingo – Penafiel / Lisboa

09h00
- Pequeno-almoço e check-out no hotel. Visita da Citânia de Sanfins, Núcleo Museológico e jardim com história, seguido de degustação de rochas da Citania e Brisas do Pilar, à sombra de uma bela cameleira centenária. Panorâmica do centro de Paços de Ferreira. ALMOÇO num restaurante tradicional, vencedor do “Garfo de Ouro”. De tarde, visita do centro de interpretação da Rota do Românico e visionamento de breve filme alusivo à região, seguida de visita à igreja do antigo mosteiro de São Pedro de Ferreira, belo exemplar do românico. Visita da Quinta da Tapada, com belíssimos jardins de camélias e proprietária da única Antonieta Bizi, catalogada em toda a Península Ibérica, seguida de degustação de vinhos e queijos de produção própria. Em hora a indicar, regresso a Lisboa.

Fim do Passeio


PROGRAMA 2ª Exposição Internacional de Orquídeas na Cidade do Porto
e os jardins encantados do Vale do Sousa




PREÇOS:
Preço para Associado da AAJBA: € 370
Preço para não Associado da AAJBA: € 410
Suplemento de quarto individual: € 60
*Jantar opcional no Porto (mínimo de 10 pessoas): € 18

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
- Transporte em autocarro de grande turismo com ar condicionado.
- 2 noites com pequeno-almoço em hoteis 3* e 4*.
- 3 Almoços e 1 jantar
- Guia acompanhante da Cistertour
- Visitas guiadas na Rota do Românico e respectivos jardins.
- Entradas nos locais indicados.
- Acompanhamento por membro da Direcção da AAJBA.
- Seguro de viagem

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
• Despesas de carácter pessoal;
• Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

INSCRIÇÕES:
O prazo limite para as inscrições será o dia 15 de Fevereiro. Inscrições confirmadas mediante o pagamento
de um depósito não reembolsável de 100 €. Pagamento final até ao dia 08 de Março.

CONDIÇÔES:
Os preços estão baseados num mínimo de 15 participantes.


P
AGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com



::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

ROTA DO FRESCO E ATELIER DO PÃO

8 DE DEZEMBRO 2012


8 DE DEZEMBRO (Sábado) – LISBOA / ALVITO / VIDIGUEIRA / LISBOA


VISITA A ALVITO, ALMOÇO REGIONAL NA VIDIGUEIRA, ATELIER DO PÃO, RUÍNAS ROMANAS E SANTUÁRIO S. CUCUFATE

Programa

08h00 - Comparência no Jardim Botânico da Ajuda (entrada da Calçada do Galvão)

08h15
- Saída em autocarro privado em direcção ao Alvito.

10h30
- Chegamos a Alvito, vila rural Manuelina, com barões, grutas e a inesperada pintura mural...e avançamos confiantes para o itinerário do Manuelino em Alvito, com visita à Igreja Matriz, passagem pelas janelas e portais medievais e visita à Ermida de S. Sebastião. Um passeio descontraído pelas ruas da vila de Alvito que mostra a herança dos primeiros Barões de Portugal.

13h00
- Partimos para a Vidigueira, “que é já ali”, para um Almoço Regional no restaurante “A Encruzilhada”: azeitonas, queijinhos, ensopado de borrego, doçaria, água, vinho e café.

15h00
- E vamos então pôr “a-mãos-na-massa”! Como se faz o pão do Alentejo? Apetrechados de avental como-deve-ser, amassamos, fazemos o pão à maneira Alentejana ou à maneira que mais nos aprouver, recheamo-lo de coisas boas (azeitonas, passas, torresmos) e aprendemos a acender o lume de lenha...

16h30
- Enquanto o pão coze, vamos visitar as Ruínas Romanas e o Santuário de S. Cucufate: um antigo celeiro e depois igreja, 5 campanhas de pintura mural desde o século IV ao século XVIII da nossa era.

18h30
- Voltamos à padaria para tirar o pão do forno e provar o resultado do nosso trabalho na forma fantástica de tibornas alentejanas! E levamos para casa, claro, tudo o que sobrar!

18h45
- Regresso a Lisboa. Chegada prevista às 20h45.

Fim do Passeio


PROGRAMA ROTA DO FRESCO E ATELIER DO PÃO -
8 DE DEZEMBRO 2012




PREÇOS:
Preço para Associado da AAJBA: € 105
Preço para não Associado da AAJBA: € 115
Preço Criança (até 12 anos acompanhada por um adulto para um mínimo de 10 adultos): Euros 65

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
- Autocarro privado com motorista, Lisboa / Alvito / Vidigueira / Lisboa.
- Atelier do Pão.
- Almoço de gastronomia regional.
- Entrada em todos os locais a visitar.
-  Acompanhamento por Intérpretes do Património em todo o programa.
-  Seguro de acidentes pessoais.
-  Taxas de turismo & IVA.
-  Acompanhamento por membro da Direcção da AAJBA.

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
• Despesas de carácter pessoal;
• Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

INSCRIÇÕES:
O prazo limite para as inscrições será o dia 6 de Dezembro de 2012.
Inscrições confirmadas mediante pagamento integral.

CONDIÇÔES:
Os preços estão baseados num mínimo de 15 participantes.


P
AGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com


ORGANIZAÇÃO - A organização técnica desta excursão foi realizada por ACP Viagens e Turismo, Lda, com sede na Rua Rosa Araújo, 24 1250-195 Lisboa. Contribuinte Fiscal n.º 501179488, com o capital social de 199.519,16 €, RNAVT 1859.

 

COSTA RICA, Paraíso da Biodiversidade

VULCÕES, FLORESTAS, FAUNA, FLORA e CULTURA - 10 a 22 de Fevereiro


Este pequeno país, situado na América Central, entre a Nicarágua e o Panamá, ocupa o 5º lugar a nível mundial na classificação do Índice de Desempenho Ambiental de 2012, e o 1º lugar a nível do continente americano. É um verdadeiro paraíso da biodiversidade (cinco por cento do mundo inteiro) oferecendo a maior diversidade de flora e fauna de toda a América Central. Abriga mais de 10.000 espécies de plantas entre as quais mais de 1.000 espécies de orquídeas e cerca de 38% da sua superfície encontra-se coberta de bosques e selvas, sendo 25% do território área protegida. O percurso que vos propomos cobre grande variedade de ambientes e de paisagens, entre os mais notáveis deste fascinante país, visitando cidades, aldeias, rios, lagos e cataratas, vulcões e planícies, bosques, praias, selvas e jardins.

Programa

1.º Dia: 10 de Fevereiro – Domingo – Lisboa / Madrid / San José

05h45 - Comparência no aeroporto de Lisboa . Formalidades de embarque e partida com destino a San José em voos regulares da IBERIA via Madrid.

08h15
- Saída em autocarro privado em direcção a Salvaterra de Magos.

16H15
- Chegada à capital da Costa Rica. Assistência pelo guia local que acompanhará o grupo em toda a viagem e transporte privativo para o Hotel Bougainvillea. Distribuição dos quartos, alojamento e Jantar no Hotel.
Site do Hotel: http://www.hb.co.cr/



2.º Dia: 11 de Fevereiro – 2ª feira – San José / Jardim Elsie Kientzler / San José

Visita durante manhã do Jardim Botânico ‘Elsie Kientzler’, que conta com mais de 2000 espécies de plantas tropicais, algumas das quais raras outras exuberantes, e se destaca o seu jardim de heliconias, um dos seus 11 jardins numa área que abrange 7 hectares. Almoço em restaurante local. Durante a tarde visita da pitoresca localidade de Sarchi, que é considerado o berço dos artesãos da Costa Rica. Famosa pelos seus emblemáticos Carros de Boi em madeira pintada e consideradas pela UNESCO obras primas do património oral e imaterial da humanidade, aqui poderemos encontrar também artigos de couro, jóias, assim como acessórios de bronze, madeira e outros materiais. De regresso a San José breve paragem na localidade da Grécia, importante centro agrícola onde se cultiva não só a cana do açúcar mas também café orgânico, mas cuja principal atracção é a sua famosa igreja metálica, obra de Gustav Eiffel. Regresso ao Hotel e alojamento. Jantar no Hotel.


3.º Dia: 12 de Fevereiro – 3ª feira – San José / Vulcão Poás / Cataratas La Paz / Saripiqui

Pequeno almoço e ‘check out’ do hotel. Saída em direcção do Vulcão Poás atravessando campos repletos de fetos, flores, morangueiros e em particular de cultivo de café, região na qual faremos uma pequena paragem na ‘casa del café’ para tomar 1 café expresso. Chegando ao Parque Nacional do Vulcão Poás, efectuaremos uma pequena caminhada até à sua impressionante cratera principal para observarmos as suas activas fumarolas de enxofre. Oportunidade ainda de visita de uma cratera extinta e que hoje é um lago rodeado por vegetação verdejante e habitada por uma enorme variedade de aves com destaque para os colibris, tordos e tucanos. De seguida continuação para visita dos Jardins das Cataratas La Paz , que compreende uma area com mais de 70 hectares de reserva natural, fauna e bosque para explorar, e que nos leva a visitar um dos maiores Mariposários do país ou jardim de borboletas, que detém uma vasta e colorida variedade de espécies tropicais. Visita ainda de uma galeria de colibris, repteis e anfíbios. Após o Almoço Buffet no parque efectuaremos uma bonita caminhada numa distância não mais de cerca de 3Kms, e que nos levara atá às suas cinco impressionantes cataratas. Após esta visita continuação até Saripiqui, zona de planícies no norte da Costa Rica que detém deslumbrantes vistas sobre as montanhas e lagos, onde ficaremos alojados no Hotel Hacienda Sueño Azul . Distribuição dos quartos à nossa chegada. Jantar no Hotel e alojamento.
Site do Hotel: http://www.suenoazulresort.com/


4.º Dia: 13 de Fevereiro – 4ª feira – Sarapiqui / Reserva La Tirimbina / Sarapiqui

Visita durante a manhã do Centro Neotrópico, complexo que compreende, três principais atracções; a primeira um museu que tem como tema principal o Homem e a Natureza e que aborda os temas da ecologia, bosques chuvosos, história indígena e Préhispânica na América Central; a segunda atracção são os seus Jardins Botânicos que foram desenhados para reflectir a riqueza do bosque chuvoso - o seu jardim principal, o Jardim do Campo de Chester, contempla 400 plantas etiquetadas incluindo plantas indígenas classificadas e agrupadas conforme o seu uso ornamental, económico ou medicinal ( este jardim aloja a maior colecção de plantas medicinais da Costa Rica ); por ultimo o seu Parque Arqueológico Alma Ata, que detém informação científica ao longo das suas trilhas. Almoço na reserva de ‘La Tirimbina’
Durante a tarde descobriremos os segredos do Cacau no Tour de Chocolate percorrendo a sua area de cultivo, e onde haverá lugar a uma demonstração do processo artesanal mediante o qual se transforma o fruto do cacau em chocolate e também aprenderemos um pouco da sua história pré e pós periodo colonial.
Regresso ao Hotel. Jantar e alojamento.


5º Dia: 14 de Fevereiro – 5ª feira – Sarapiqui / Caño Negro / Arenal

Após o pequeno almoço e ‘check out’, deslocação até ao refúgio da vida selvagem de Caño Negro já perto da fronteira de Nicaragua numa zona húmida considerada das mais ricas em biodiversidade da Costa Rica e onde é possível encontrar uma grande variedade de aves, macacos, iguanas, preguiças, jacarés e tartarugas. Passeio de barco ao longo do Rio Frio.
Almoço típico da região e continuação para o Vale do Arenal, um dos locais que inspiram mais respeito e admiração por parte da maioria dos turistas que visitam a Costa Rica, o Vulcão do Arenal.
.
Alojamento no Hotel Arenal Manoa ou similar. Alojamento. Jantar no Hotel.
Site do Hotel http://www.arenalmanoa.com/.


6º Dia: 15 de Fevereiro – 6ª feira – Arenal / Pontes Suspensas / Sky Tram / Arenal


Pequeno almoço no hotel e saída para visita de um dos melhores projectos eco turísticos da Costa Rica, a Reserva do Arenal, com um exuberante bosque primário chuvoso no qual se encontra uma riquíssima diversidade biológica de inigualável esplendor paisagístico. Passeio guiado ao longo do seu bosque passando por várias pontes suspensas e ainda subida do bosque na nova atracção do Arenal, o Sky Tram ou teleférico. Tudo isto apreciando a beleza natural que envolve toda esta região.
Almoço na localidade de La Fortuna.
Tarde livre no hotel para relaxar nas suas piscinas termais. Jantar no hotel. Alojamento.


7.º Dia: 16 de Fevereiro – Sábado – Arenal / Monteverde

Após o pequeno almoço e check out, saída do Hotel para passeio de barco no Lago do Arenal, o maior lago artificial da Costa Rica construído em 1974 com o fim de obter energia hidroeléctrica para o país. Um lugar ideal para observação também uma grande variedade de aves, mamíferos, macacos e excelentes vistas do vulcão do Arenal, sujeitas claro a boas condições meteorológicas. Após o passeio, continuação para a Reserva de Monteverde situada a mais de 1400 metros de altitude. Almoço em restaurante local.
Alojamento no Hotel Cloud Forest Lodge, situado em área privada adjacente a Monteverde. Resto do dia livre para desfrutarem de toda a deslumbrante natureza que os rodeia.
Jantar no Hotel e alojamento. Site do Hotel http://www.cloudforestlodge.com/


8.º Dia: 17 de Fevereiro – Domingo - Monteverde


Pequeno almoço no Hotel. Dia inteiramente dedicado à bonita zona de Monteverde. Visita da sua Reserva Biológica, para descobrirmos o habitat onde foi descoberto o famoso Sapo Dourado, e zona de reprodução da esplendorosa ave ‘Quetzal’ assim como outras surpresas proporcionadas pela ‘mãe natureza’.
Almoço em restaurante integrado no Selvatura Park. Após esta refeição visitaremos o seu Jardim de Borboletas um dos maiores de toda a América, onde poderemos apreciar mais de 50 tipos de borboletas num ambiente de temperatura ideal para a sua sobrevivência. Visita ainda de uma exibição de reptéis e anfíbios, seus hábitos, condutas e função dentro do ecosistema.
Já na recta final, tempo ainda de visita da exibição de Bio-Arte - Jóias do Bosque Chuvoso.
Regresso ao Hotel. Em hora a determinar saída para Jantar em ambiente natural e especial de uma árvore no Restaurante Tree House. Alojamento.


9.º Dia: 18 de Fevereiro – 2ª feira – Monteverde / Parque Nacional Manuel António

Pequeno almoço, ‘check out ‘e saída em direcção do Parque Nacional Manuel António. Paragem em caminho para passeio de barco no Rio Tárcoles onde haverá a oportunidade de observar uma das maiores colónias de crocodilos no mundo assim como navegar ao longo de um Bosque de Mangal, um dos mais ricos em biodiversidade de todo o país. No final deste passeio serão servidas frutas tropicais e um refresco.
Almoço em restaurante local.
Durante a tarde chegada ao Hotel ‘Parador Resort & Spa’ situado no Parque Nacional Manuel Antonio rodeado de bonitos jardins, e vistas sobre o bosque chuvoso no oceano Pacifico
Jantar no Hotel. Alojamento. Site do Hotel: http://www.paradorresortandspa.com


10º Dia: 19 de Fevereiro – 3ª feira – Parque Nacional Manuel António

Pequeno almoço. Durante a manhã visita do Parque Nacional de Manuel Antonio; comparado com outros parques Manuel António é pequeno, mas grande na sua beleza. Normalmente referido como a Jóia da Costa Rica, o seu parque detém esplêndidas praias para nadar. Entrada neste mesmo por densa selva, o que torna a caminhada pelas suas trilhas numa agradável aventura com aberturas de acesso às várias praias, embelezadas pela existência de gigantescas palmeiras e amendoeiras. Almoço no restaurante El Avion.
Tarde livre no resort. Jantar e alojamento.


11º Dia: 20 de Fevereiro – 4ª feira – Parque Nacional Manuel António / San José

Pequeno almoço e após o check out, regresso a San José com paragem no Jardim das Orquídeas – passeio pelo jardim onde haverá oportunidade para visitar viveiros de cultivo e de exposição destas lindíssimas plantas, das mais infinitas cores, variedades e formas, assim como de relaxar ao longo dos bonitos jardins com água, concluindo com almoço neste recinto.
Da parte da tarde visita da Casa Privada de Lleana Teran, Tres-Rios Hacienda Laguna, incluindo um tour do seu jardim privado e plantações de café. Ao final da tarde cocktail e jantar ligeiro informal neste mesmo recinto.
De regresso a San José, alojamento no Hotel Bougainvillea.


12º Dia: 21 de Fevereiro – 5ª feira – Parque Nacional Manuel António / San José / Madrid

Pequeno almoço no Hotel. Check out e visita cultural da cidade de San José incluindo entradas no seu Teatro Nacional e fantástico Museu do Ouro. Almoço em restaurante no centro da cidade.
Após o almoço transporte para o aeroporto de San José. Formalidades de check in e pelas 18h05, partida no voo da IBERIA de regresso a Madrid. Noite e refeições a bordo.


13º Dia: 22 de Fevereiro – 6ª feira – Madrid / Lisboa

11h30 - Chegada a Madrid e trânsito.
15h45 - Continuação da viagem em voo da IBERIA de regresso a Lisboa.
15h55 - Chegada ao aeroporto da Portela.

PROGRAMA COSTA RICA
VULCÕES, FLORESTAS, FAUNA, FLORA e CULTURA, PARAÍSO DA BIODIVERSIDADE - 10 a 22 de FEVEREIRO de 2013




PREÇOS:
Preço para Associado da AAJBA: € 2 654,00 + 416 taxas
Preço para não Associado da AAJBA: € 2 754,00 + 416 taxas
Suplemento de quarto individual: € 550,00

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
• Passagem aérea em voos Ibéria nos percursos Lisboa – Madrid - San José – Madrid – Lisboa;
• Transporte privativo dos aeroportos aos hotéis e volta;
• 13 dias de viagem / 11 noites de estadia nos hotéis seleccionados;
• Todas as visitas conforme mencionadas no programa, com guia local especializado em espanhol;
• Todas as refeições mencionadas no programa, ( 22 refeições, incluindo 11 Jantares + 11 Almoços durante a estadia)
• Seguro de viagem (cobertura máx 60 000€ incluindo cancelamento de viagem, cataclismos, greves,
tumultos etc )
• Bolsa de viagem com informação sobre o programa e o destino;
• Taxas hoteleiras, de turismo e Iva em vigor à data de 09/11/ 2012;
• Taxas de aeroporto, segurança e combustível ( 415,90€ à data de 09/11/2012 ) a reconfirmar e
actualizar por altura da emissão da documentação;
• Taxa de saída da Costa Rica ( no valor de Usd 28 ).

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
• Despesas de carácter pessoal;
• Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
O prazo limite para as inscrições, fixado pela OASISTRAVEL, será o dia 30 de Novembro de 2012. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito não reembolsável de 350 €.
A segunda prestação de 1.000 € deve ser paga até 17 de Dezembro e terceira prestação do valor remanescente até 17 de Janeiro 2013.


P
AGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com


Salvaterra de Magos

Passeio no Tejo - Visita à Falcoaria Real

20 DE OUTUBRO 2012

Programa

20 DE OUTUBRO (SÁBADO) – LISBOA / SALVATERRA DE MAGOS
PARTIDA PARA SALVATERRA, PASSEIO DE BARCO NO TEJO, ALMOÇO, VISITA À FALCOARIA REAL

08h10 - Comparência no Jardim Botânico da Ajuda (entrada da Calçada do Galvão)

08h15
- Saída em autocarro privado em direcção a Salvaterra de Magos.

10:00h
- Saída em autocarro privado em direcção a Salvaterra de Magos.


Depois de deixarmos a pequena marina de Salvaterra as surpresas sucedem-se: vegetação deslumbrante, ilhas povoadas por cavalos Lusitanos que vivem em liberdade, aves de inúmeras espécies, lontras tímidas, barcos tradicionais cheios de cor, pequenas vilas nas margens do rio e uma enorme tranquilidade que dá o tom ao passeio. O Tejo como nunca o viu… Uma zona extraordinária para quem gosta de observar aves, já que esta zona é um local de nidificação de muitas espécies. Salientamos a Águia-pesqueira, Milhafre-preto, Águia-calçada, Águia-de-asa-redonda, Cegonha-branca, Garça-vermelha, Garça-real, Garça-branca, Corvo-marinho, Guarda-rios, Rouxinol-bravo e Bispo-de-coroa-amarela.
O passeio é feito num moderno e confortável barco eléctrico que, sendo silencioso pode aproximar-se mais dos cavalos e de algumas aves sem os assustar tornando o espectáculo ainda mais emocionante.

12h45 - Chegada ao cais de Escaroupim.

13h00 - Almoço típico no restaurante A Falcoaria, em Salvaterra de Magos

15:00h - Visita guiada à Falcoaria do antigo Paço Real com demonstração de voo ao vivo de um falcão.

16:00h - Regresso a Lisboa. Chegada prevista às 17h30.
ou
16:00h - Visita (opcional) à quinta da Cavaleira Ana Batista. Prova de ginjinha artesanal e demonstração de toureio a cavalo.

15:00h
- Visita guiada à Falcoaria do antigo Paço Real com demonstração de voo ao vivo de um falcão.

17:00h - Regresso a Lisboa. Chegada prevista às 18h30.


SALVATERRA-DE-MAGOS -  PASSEIO DE BARCO NO TEJO - VISITA À FALCOARIA REAL


PREÇOS:

Preço para Associado da AAJBA: 75.00 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 80.00 Euros
Preço para criança (até 12 anos acompanhada por um adulto): 50.00 Euros
Visita opcional à Qta. da cavaleira A. Batista: 13.00 Euros

Nota: a capacidade do barco é limitada, caso o número de inscrições o justifique, poderemos alugar dois.

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
-  Autocarro privado com motorista, Lisboa / Salvaterra / Lisboa.
- Passeio de barco privado no Tejo com comandante/guia a bordo.
- Almoço com gastronomia regional.
- Bebidas à refeição (água e/ou ½ garrafa de vinho por pessoa).
- Visita guiada à Falcoaria Real.
- Seguro de Viagem Multiviagens base.
- Taxas de turismo & IVA.
- Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA.

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
- Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos.
- Visita opcional à quinta da cavaleira Ana Batista (mínimo de 10 pessoas).
- Despesas de carácter pessoal.

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
O prazo limite para as inscrições será o dia 08 de Outubro de 2012.
Inscrições confirmadas mediante pagamento integral.


CONDIÇÕES:

Os preços estão baseados num mínimo de 12 participantes.
Caso o programa tenha de ser cancelado devido a condições adversas do estado do tempo que não permitam a realização do passeio de barco no Tejo o reembolso será total e informado até ao dia 18 de Outubro.
Nota: o horário das saídas dependerá das marés e a concretização dos passeios está dependente das condições climatéricas.


P
AGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

VINDIMAS NO SOLAR DE PAÇO DE CALHEIROS
E
Visita do 8º Festival Internacional de Jardins em Ponte de Lima

20 a 22 Setembro 2012

Programa

1.º Dia: 20 de Setembro – 5.ª feira – Lisboa / Ponte Lima

08h00

Comparência junto à entrada do Jardim Botânico da Ajuda, na Calçada do Galvão, junto ao portão que dá acesso ao restaurante Estufa Real para partida de Lisboa em direcção a Ponte de Lima. Almoço no restaurante “ A TULHA “. De tarde, visita do 8º Festival Internacional de Jardins em Ponte de Lima, este ano sob o tema “ Jardins P´ra Comer”, uma manifestação intercultural, aliando a sociologia da rate e a criatividade às preocupações ambientais, servindo os jardins como modelos de integração de estéticas de vanguarda, na criação de espaços ornamentais onde o mundo vegetal e a sua ligação ao mundo da alimentação ao longo dos tempos assume novas dimensões. “ Reflectindo sobre o tema Jardins p’ra Comer desponta a ideia da realização de um jardim que apele a todos os sentidos, tal como a ‘arte do cozinhar’. Transmitir todas as características distintivas desta arte, como os aromas, as texturas e as cores, foi um objectivo claro, estabelecendo deste modo uma ligação directa entre duas realidades distintas mas interligadas – o “jardim” e a “cozinha”. Recaindo na relação existente entre estes dois conceitos, percebeu-se que a ‘arte do cozinhar’ depende do jardim, uma vez que este lhe dá todos os ingredientes necessários.”(1) Apresentaram-se a concurso 49 projectos dos quais foram seleccionados 11 tendo como júri, entre outros, o arquitecto paisagista Francisco Caldeira Cabral. Alojamento e jantar no Solar Paço de Calheiros. (1) texto de apresentação do 8º Festival dos Jardins.

2.º Dia: 21 de Setembro - 6.ª feira – Ponte de Lima

08h30

Depois do pequeno-almoço no hotel, participação com os trabalhadores locais na vindima na propriedade do Solar de Calheiros. Actividade milenar, vindimar faz parte de uma prática de profunda ligação ao mundo rural na recolha e preparação do “néctar” sagrado dos deuses, o vinho. O trabalho em comunhão com os jornaleiros observando e comungando da sua experiencia na apanha das uvas faz parte de um saber ancestral que iremos partilhar nessa manhã. Almoço no solar. De tarde, para os que assim o desejem, continuação da vindima, ou, visita acompanhada do Solar de Calheiros e jardins. Tempo livre para igualmente desfrutar da piscina do solar. Jantar e alojamento

3.º Dia: 22 de Setembro – Sábado – Ponte de Lima / Lisboa

Depois do pequeno-almoço, efectuaremos a visita da cidade, dando destaque ao centro histórico, desta que foi a mais antiga vila de Portugal e onde se podem ainda referenciar parte das suas muralhas, as ruas e bairro medieval, e entre outros, dois dos seus mais antigos templos, a igreja da Misericórdia e a da Ordem Terceira. Teremos também oportunidade para admirar o valioso artesanato, sobretudo em ouro, com o seu mais importante contributo, o trabalho em filigrana. Almoço livre, oportunidade para saborear nas suas numerosas tasquinhas e restaurantes a saborosa gastronomia local. Regresso a Lisboa a meio da tarde.


VINDIMAS NO SOLAR DE PAÇO DE CALHEIROS
E
Visita do 8º Festival Internacional de Jardins em Ponte de Lima

PREÇOS
:
Preço para Associado da AAJBA: 405.00 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 435.00 Euros
Suplemento de quarto individual: 75 Euros

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:

-  Transporte em autocarro de grande turismo com ar condicionado.
- 2 noites com pequeno-almoço no Solar de Paço de Calheiros
- 1 Almoços em restaurante local em Ponte de Lima
- 1 Almoço e dois jantares no Solar de paço Calheiros
- 3 dias de visitas com guia da Cistertour.
- Visitas e entrada no Festival Internacional de Jardins.
- Participação nas vindimas no Paço de Calheiros.
- Acompanhamento por membro da Direcção da AAJBA.
- Seguro de viagem

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
- Despesas de carácter pessoal.
- Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:

O prazo limite para as inscrições será o dia 13 de Agosto de 2012. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito não reembolsável de 100 €. Pagamento final até ao dia 07 de Setembro de 2012.

PAGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

MARRAQUEXE - Palácios, Jardins e Souks

ALTO ATLAS E VALE DE OURIKA - A HISTÓRIA E A PAISAGEM - 4 a 9 de Outubro

Programa

1.º DIA, 04 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA) – LISBOA / MARRAQUEXE
PARTIDA PARA MARRAQUEXE & JANTAR NO HOTEL

16h00 - Comparência no aeroporto de Lisboa, na loja GeoStar situada na zona das partidas. Formalidades de embarque e partida com destino a Marraquexe, em voo regular da companhia aérea TAP Air Portugal.
TP 244 – Lisboa / Marraquexe – 18h10 / 18h50
À chegada ao aeroporto de Menara, Marraquexe, recolha das bagagens e assistência pelo nosso representante local. Transporte privado até ao hotel seleccionado – hotel Kenzi Tichka Salam.

Distribuição de quartos.

Jantar buffet.

Alojamento.


2.º DIA, 05 DE OUTUBRO (SEXTA-FEIRA) – MARRAQUEXE
VISITA DE MARRAQUEXE

Após o pequeno-almoço saída em direcção aos monumentos e edifícios mais emblemáticos de Marraquexe.

Visita dos túmulos saadianos, dos vestígios do sumptuoso palácio El Badi (com referência directa à História de Portugal) e do mais recente Palácio Bahia que pretendia ser o mais fantástico palácio de todos os tempos.

Almoço na Medina de Marraquexe num restaurante situado num típico Riad, podendo assim presenciar a tradicional arquitectura de interiores das casas nobres escondidas entre os becos da cidade!

No período da tarde visita da Madrassa Ben Youssef, uma antiga escola corânica das maiores e mais prestigiadas do Magrebe. Visita do contíguo museu de Marraquexe que tem na arquitectura de uma das suas salas o seu principal atractivo.

Ao final da tarde desfrute da praça Djemaa El-Fna, o mais conhecido cartão de visita da cidade. À porta dos souks todos os dias ao entardecer, milhares de pessoas entre comerciantes, malabaristas, encantadores de serpentes, e vendedores de água juntam-se no local, numa verdadeira romaria de aromas e sons que não mais acaba, lembrando os tempos em que os nómadas paravam no local, com os cofres cheios de preciosidades! O ambiente é de delírio absoluto!
Regresso ao hotel. Jantar e alojamento.


3.º DIA, 06 DE OUTUBRO (SÁBADO) – MARRAQUEXE
VISITAS BOTÂNICAS EM MARRAQUEXE – LA PALMERAIE, JARDINS AGDAL & JARDINS MENARA

Pequeno almoço no hotel. Dia inteiro com acompanhamento de especialista local em botânica.
Visita de La Palmeraie, – local integrado na iniciativa do actual monarca marroquino, Mohammed VI, de replantar os arredores de Marraquexe com uma das mais típicas árvores da região – a palmeira. Será providenciado o necessário material para que cada membro do grupo possa deixar a sua marca plantando a sua própria palmeira!

Visita dos jardins Agdal. Situados a sul do palácio real, estes jardins amuralhados, que surgiram no Séc. XII como um pomar, figuram como património da UNESCO. Têm actualmente uma área de 400 hectares, sendo compostos sobretudo por árvores de frutos: laranjeiras, figueiras, alperceiros e limoeiros.
Após o almoço no hotel, saída com especialista botânico para a visita dos famosos jardins de Menara, também património da UNESCO. Sempre associados à história da cidade, estes jardins acompanharam o percurso das diferentes dinastias que governaram o país e aqui foram deixando as suas marcas. Destaque para o emblemático pavilhão central de telhado verde, rodeado de oliveiras, palmeiras, pomares e hortas.

Regresso e jantar no hotel.

Alojamento.


4.º DIA, 07 DE OUTUBRO (DOMINGO) – MARRAQUEXE, ATLAS E VALE DE OURIKA
VISITAS BOTÂNICAS NO ATLAS E VALE DE OURIKA

Pequeno almoço no hotel.
Saída com especialista local em botânica para visita de dia inteiro à descoberta do Alto Atlas e do Vale de Ourika.

A excursão será efectuada em jipes 4X4 com condutores habituados às rudimentares estradas da cordilheira. Os contrastes são bruscos e enormes assim que se sai do planalto onde se situa Marraquexe, pelo que será interessante analisar a flora autóctone. Paragens durante o percurso para análise da botânica. Observaremos ainda os típicos macacos de cauda curta – já no vale de Ourika.

Almoço no hotel La Roseraie, com destaque para as belíssimas roseiras dos extensos jardins deste hotel de charme situado nas montanhas do Atlas, perto da aldeia de Ouirgane. Paragem numa casa berbere para provar o famoso chá de menta e conhecer alguns dos hábitos dos povos que habitam a região.
Regresso a Marraquexe ao hotel seleccionado.

Jantar no hotel e alojamento


5.º DIA, 08 DE OUTUBRO (SEGUNDA-FEIRA) – MARRAQUEXE
DIA LIVRE E JANTAR FINAL TRADICIONAL

Pequeno-almoço servido no hotel.

Marraquexe também é uma cidade para se viver com tempo! Assim neste dia livre sugerimos as indispensáveis compras nos souks! Desde babouchies (os típicos sapatos de couro muçulmanos) a especiarias, passando por cerâmicas, trabalhos em madeira ou ferro, roupas típicas, luminárias ou tapeçarias. A variedade é grande, assim como deve ser a paciência para negociar! Nada tem preço fixo e negociar é parte da cultura árabe. Almoço servido no hotel.

Tarde livre para actividades de lazer. Sugerimos que investigue a Medina ou que a partir da Mesquita da Koutobia (séc. XII), depois de visitar o seu famoso minarete e os seus agradáveis jardins cheios de palmeiras, roseiras e laranjeiras, siga de charette até ao hotel La Mamounia, onde poderá tomar um chá neste que é considerado um dos melhores hotéis do mundo, ficando a conhecer os seus magníficos jardins!

Jantar final no exterior de Marraquexe, em enormes tendas, um jantar tradicional berbere com música típica de diferentes regiões de Marrocos, seguido de espectáculo equestre.

Regresso ao hotel e alojamento.


6.º DIA, 09 DE OUTUBRO (TERÇA_FEIRA) – MARRAQUEXE / LISBOA
MANHÃ LIVRE, JARDIM MAJORELLE & REGRESSO A PORTUGAL

Pequeno-almoço, e manhã livre para desfrutar dos últimos momentos em Marraquexe. Check-out e almoço no hotel.

Saída em direcção ao fabuloso jardim Majorelle. Visita deste pequeno jardim já quase centenário (anos 20). Destaque para a predominância de bambu, palmeiras e colecção de cactos, mas também para os cursos de água e para as fortes cores de azul cobalto dos vasos e edifícios e que marcam o percurso. Depois de anos ao abandono, foi reabilitado pelo famoso estilista Yves Saint Laurent, que agora repousa neste espaço.

Após a visita, transporte até ao aeroporto de Menara, Marraquexe.

Assistência nas formalidades de embarque.

Jantar livre no aeroporto.

Saída em voo regular da TAP Portugal com destino a Lisboa.

TP243 - Marraquexe / Lisboa – 20h00 / 22h40

À chegada a Lisboa formalidades de desembarque.


FIM DA VIAGEM





Programa da Viagem Marraquexe - Palácios, Jardins e Souks

PREÇOS
:
Preço para Associado da AAJBA: 1.180 Euros
Preço para não associado da AAJBA: 1.280 Euros
Suplemento de quarto individual: 140 Euros

SERVIÇOS INCLUÍDOS NESTES PREÇOS:
- Passagem aérea em voo directo da companhia aérea TAP Air Portugal em classe económica
- 5 noites de estadia no hotel Kenzi Tichka Salam - 4 estrelas, com pequeno-almoço incluído
- Regime de pensão completa – total de 10 refeições, incluindo jantar berbere com espectáculo equestre
- Todos os transferes mencionados
- Todas as visitas mencionadas com guia local em português
- Acompanhamento de especialista botânico local (2 dias inteiros)
- Seguro de viagem Multiviagens base (cobertura máxima 25.000 €)
- Taxas hoteleiras, de serviço e IVA
- Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA
- Acompanhamento por representante do departamento de grupos da GeoStar durante toda a viagem – de Lisboa a Lisboa

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
- Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos.
- Despesas de carácter pessoal.
- Possibilidade de cobertura alargada de seguro VIP e com Cláusula e Interrupção e Cancelamento de Viagem (CIV) – 11,00 €.
- Possibilidade de voos de ligação em Portugal para participantes de outras regiões do país.

SEGURO:
LIMITE DE IDADE:
- Para participantes com idade inferior a 14 anos ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem.
- Não há quaisquer limitações quanto às coberturas do seguro de viagem para idade máxima.

INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:
- O prazo limite para as inscrições será o dia 30 de Junho de 2012. (Atenção – inscrições limitadas à capacidade dos lugares bloqueados nos voos.)
- Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de apenas 250 €.
- 2.ª Prestação até 04 de Agosto - 400 €.
- Até 21 de Setembro – valor remanescente.

PAGAMENTOS:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com


CONDIÇÕES DE VIAGEM

  • ALTERAÇÕES – Sempre que existam razões justificadas, a GeoStar reserva-se o direito de alterar a ordem do percurso ou substituir qualquer dos hotéis previstos por outros de igual categoria, facto de que dará conhecimento ao cliente. A não-aceitação por parte do cliente, dentro do prazo que for fixado, das referidas alterações, confere-lhe o direito de rescindir o contrato e a ser reembolsado da totalidade das quantias entretanto pagas.
  • ALTERAÇÃO DO PREÇO – Os preços constantes do programa estão baseados nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data da elaboração desta proposta, pelo que estão sujeitos a alteração que resulte de variações no custo dos transportes ou do combustível, de direitos, impostos, taxas e flutuações cambiais.

    Sempre que se verifique uma alteração ao preço da viagem, o cliente deve ser imediatamente informado e convidado, a dentro do prazo que for fixado, aceitar o aumento verificado ou anular a sua inscrição nos mesmos termos e condições que os previstos na rubrica «IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO».

  • DESISTÊNCIAS – Se o cliente ou algum dos seus acompanhantes desistir da viagem, será necessário pagar todos os encargos a que a desistência dê lugar e ainda uma percentagem que pode ir até 30% do preço da viagem.
    Quando seja caso disso, o cliente será reembolsado pela diferença entre a quantia já paga e os montantes acima referidos.

  • REEMBOLSOS – Depois de iniciada a viagem não são devidos quaisquer reembolsos por serviços não utilizados pelo cliente. A não prestação de serviços previstos no programa por causas não imputáveis à Agência organizadora, e caso não seja possível a sua substituição por outros equivalentes, confere ao cliente o direito a ser reembolsado pela diferença entre o preço dos serviços previstos e dos efectivamente prestados.
  • IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO - Se por factos não imputáveis à GeoStar esta vier a ficar impossibilitada de cumprir algum serviço essencial constante do programa de viagem, tem o cliente direito a desistir da viagem, sendo imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas ou, em alternativa, aceitar por escrito uma alteração de contrato e eventual variação de preço. Se os referidos factos não imputáveis à Agência organizadora vierem a determinar a anulação da viagem, pode o cliente ainda optar por participar numa outra viagem organizada, a preço equivalente. Se a viagem organizada proposta em substituição for de preço inferior, será o cliente reembolsado da respectiva diferença.

  • RESPONSABILIDADES – A responsabilidade da Agência organizadora das viagens constantes deste programa e emergente das obrigações assumidas, encontra-se garantida por um seguro de responsabilidade civil e por um seguro de caução nos termos da legislação em vigor.

  • NOTAS IMPORTANTES – Os preços das viagens e suplementos indicados neste programa foram calculados com base nos custos dos transportes e do combustível, de direitos, impostos, taxas e câmbios vigentes à data da impressão deste programa (1 USD=0,76 EUR), estando sujeitos a alteração. Os preços mencionados incluem o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 23% e são válidos para um mínimo de 20 participantes.

  • ORGANIZAÇÃO - A Organização Técnica destas viagens foi realizada por GeoStar / Nome Fiscal - RASO - Viagens e Turismo, SA, com sede na Torre Oriente - Av. do Colégio Militar, Nº 37 F, 5º 1500-081 Lisboa Portugal. Contribuinte Fiscal n.º 500 886 113, com o capital social de 6.000.000,00 €, RNAVT Nº Registo 1819

As Cidades, as Serras, os Jardins e os Escritores

Eça, Camilo, Torga e Teixeira de Pascoaes - 28 Junho a 01 de Julho de 2012

Programa

1.º Dia: 28 de Junho – 5.ª feira – Lisboa / Leiria /Coimbra

08.00 - Comparência junto à entrada do Jardim Botânico da Ajuda, na Calçada do Galvão, junto ao portão que dá acesso ao
restaurante Estufa Real para partida de Lisboa em direcção a Leiria. Nesta cidade efectuaremos a nossa primeira evocação dos
dois primeiros vultos literários desta viagem. Com uma breve visita à zona velha da cidade onde Eça e Torga iniciaram a sua
vida activa: Eça como governador do distrito e Torga com o seu primeiro consultório de especialidade. Evocação dos locais
ligados ao romance “O Crime do Padre Amaro” e aos primeiros versos e textos de Torga. Leitura de algumas páginas destes
escritores. Continuação de viagem para Coimbra, onde se servirá o almoço no restaurante Alfredo. Pelas 14:30h retomaremos o
nosso programa com visita à Casa Museu de Miguel Torga, onde recordaremos a vida e obra do poeta. Segue-se uma visita ao
Jardim Botânico da Universidade de Coimbra construído por iniciativa do Marques de Pombal no séc. XVIII. Domingos
Vandelli depois de criar e dirigir o Jardim Botânico da Ajuda (1768) vai para Coimbra em 1774 dirigir o Jardim Botânico de
Coimbra que tinha sido fundado dois anos antes. Terminamos as visitas deste dia nos Jardins da Quinta das Lágrimas,
restaurados pela Arquitecta Paisagista Cristina Castel-Branco em 2006; na sua intervenção foi recriado um jardim medieval,
restaurados os muros da mata, os canais da "Fonte das Lágrimas" e da "Fonte dos Amores", plantadas cortinas de vegetação e
uma alameda de sequóias. Jantar e alojamento no Hotel Vila Galé Coimbra.


2.º Dia: 29 de Junho - 6.ª feira – Coimbra / Régua / Tormes / Vila Real


09.00 - Depois do pequeno-almoço no hotel, saída para a Quinta de Tormes, Baião, casa-museu de Eça de Queiroz, e onde o
escritor viveu, embora por pouco tempo e situou um dos seus mais conhecidos romances,”A Cidade e as Serras”. Chegados a
esta maravilhosa quinta, efectuaremos uma visita guiada ao espaço museológico e pequeno jardim com horta, pomar e sistema
de regadio tradicional inspirado no livro. Visualizaremos ainda um vídeo sobre a vida e obra de Eça, seguido de um almoço
queiroziano
, com a ementa que o escritor descreve nessa obra.


Ementa
  • Salpicão, presunto, alheiras, bolinhos de bacalhau, queijo fresco
  • Caldo de Galinha com fígado e moela; arroz de favas; frango aloirado; salada de alface
  • Creme queimado; Vinhos de Tormes

Após o almoço subiremos ao miradouro de S. Leonardo de Galafura para uma belíssima vista sobre o Douro e os seus
vinhedos dispostos em socalco; local onde Miguel Torga se refugiava e sobre ele escreveu um belíssimo poema evocativo
desta região. Continuação de viagem para São Martinho da Anta, terra natal de Torga, onde veremos a sua casa (só
exterior) e depois a capela da Nossa Sra. da Azinheira, onde evocaremos de novo passos da vida do escritor bem como
alguns poemas. Por fim conheceremos a igreja matriz e o cemitério local, onde se encontra a campa onde repousa, ao lado
da sua esposa. Prosseguiremos depois para Vila Real, terra dos pais de Camilo Castelo Branco e onde este passou algum
tempo da sua vida. Jantar e alojamento no Hotel Miracorgo.

3.º Dia: 30 de Junho – Sábado – Vila Real / Amarante / Porto

Depois do pequeno-almoço, efectuaremos uma breve visita da cidade, focando alguns locais que recordam a estada de
Camilo por Vila Real. Seguiremos para Vilarinho de Samardã para conhecer esta típica aldeia transmontana onde Camilo
viveu alguns anos da sua juventude e estudou, sob a orientação do seu tio, padre, durante 2 anos. Na região contraiu o seu 1º
casamento, iniciando os seus escritos em jornais e revistas. Ao longo da sua vida evocou em muitas páginas a vivência muito
particular das gentes de Trás-os-Montes e os “melhores tempos da minha juventude”. Continuamos para Amarante. Almoço
no Restaurante Casa da Calçada. Nesta cidade, visitaremos a Igreja de São Gonçalo e a Casa Museu e jardins do poeta
Teixeira de Pascoaes, poeta do Saudosismo. Evocação e leitura de alguns poemas. Continuação de viagem rumo ao Porto.
Jantar e alojamento no Grande Hotel Porto.


4.º Dia: 01 de Julho – Domingo – Porto / S. Miguel de Ceide /Lisboa

Após o pequeno-almoço, visita panorâmica da cidade, percorrendo as ruas e locais onde Camilo Castelo Branco viveu,
amou e sofreu. A Rua de Santa Catarina e a Igreja de Santo Ildefonso são locais ligados à sua paixão por Ana Plácido.
Rumaremos então para São Miguel de Ceide, para visitar a Casa Museu onde Camilo viveu de 1863 até à sua morte,
em1890. Almoço e regresso ao Porto onde visitaremos a Cadeia da Relação (hoje Centro Português de Fotografia), onde
ambos estiveram presos. Conheceremos as suas celas e o antigo complexo prisional. Depois, seguindo pela Póvoa do
Varzim, local de nascimento de Eça de Queiroz faremos uma paragem junto à casa onde nasceu no centro histórico da
cidade. Regresso a Lisboa, com chegada ao fim da tarde.

FIM DA VIAGEM



Chelsea Flower Show e os Jardins Clássicos do Sudeste da Inglaterra



Programa da Rota Escritores

Preços:
Preço para Associado da AAJBA: 510.00 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 545.00 Euros
Suplemento de quarto individual: 95.00 Euros

Serviços incluídos nesta viagem:
• Transporte em autocarro de grande turismo com ar condicionado.
• 3 noites com pequeno-almoço e jantar no Hotel Vila Galé Coimbra; Hotel Miracorgo de 4 estrelas e
Grande Hotel do Porto 3 estrelas
• Almoços em Coimbra, Amarante e S. Miguel de Ceide
• Almoço queiroziano na Quinta de Tormes
• 4 dias de visitas com guia da Cistertour.
• Visitas guiadas no jardim Botânico de Coimbra e Jardim da Quinta das Lágrimas.
• Entradas nos locais indicados.
• Visitas guiadas na Casa Museu Miguel Torga, Tormes e Casa Museu Camilo Castelo Branco
• Acompanhamento por membro da Direcção da AAJBA.
• Seguro de viagem

Serviços não incluídos:
• Despesas de carácter pessoal;
• Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

Inscrições e Condições de Pagamento:
O prazo limite para as inscrições será o dia 28 de Maio de 2012. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito não reembolsável de 150 €. Pagamento final até ao dia 22 de Junho de 2012.

Pagamentos:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Informações e Inscrições
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

 

 

 

ILHA DA MADEIRA - FLORA E VEGETAÇÃO

20 a 24 JUNHO 2012 Acompanhamento de Botânica e Paisagem Doutor Jorge Capelo e Arq.ª Paisagista Sandra Mesquita


Visitas previstas: Funchal, Jardim Monte Palace, Jardim Botânico, Pico do Areeiro, Quinta do Arco, Encumeada,
Levada do Folhadal, São Vicente. Jantar final na Marina do Funchal com espectáculo de fogo de artifício

Programa

1.º DIA, 20 DE JUNHO(QUARTA-FEIRA) – LISBOA OU PORTO / FUNCHAL
Partida para o Funchal, visita de meio-dia do Funchal, Jardim Tropical Monte Palace e Jardim Botânico.

Formalidades de embarque e partida com destino ao Funchal em voos directos da companhia aérea TAP Air Portugal, com origem em Lisboa ou Porto (consoante maior conveniência do participante).

Participantes do Porto

05.00 - Encontro na loja da GeoStar do aeroporto do Porto com representante da agência de viagens. Chegada ao Funchal prevista para as 08h35.

Participantes de Lisboa

06.30 - Encontro na loja da GeoStar do aeroporto do Lisboa com representante da agência de viagens. Chegada ao Funchal prevista para as 09h55.

Saída do aeroporto em transporte privado. Início da visita a pé pelo centro do Funchal com guia local explorando o centro histórico da capital madeirense e com destaque para o famoso mercado municipal.

Almoço em restaurante local.

Contando já com as explicações detalhadas dos peritos que acompanham o Grupo AAJBA –Doutor Jorge Capelo e Arquitecta Paisagista Sandra Mesquita, início das visitas botânicas do dia.

Visita do Jardim Botânico. Criado em 1960 e situado na Quinta do Bom Sucesso a cerca de 3 km do centro do Funchal, reúne condições que lhe permitem ter uma vegetação exuberante. Por todo o jardim são observáveis formas harmoniosas e cores contrastantes, podendo ser vistas mais de 2000 plantas. O jardim está subdividido em cinco áreas distintas com destaque para as plantas Indígenas e Endémicas. Este é o local ideal para se observarem plantas exclusivas da Ilha da Madeira e de outras ilhas do Atlântico tais como os Açores, as Canárias e Cabo Verde. Neste jardim estão representadas cerca de 100 espécies indígenas, que vão desde as que crescem nas encostas mais expostas da ilha, à típica vegetação e árvores que se desenvolvem na floresta Laurissilva.

Visita ao Jardim Tropical Monte Palace, que alberga uma abundante colecção de plantas exóticas, provenientes dos quatro cantos do mundo. Azáleas e Orquídeas dos Himalaias, Urzes da Escócia, Proteaceae (“próteas” da África do Sul) e uma rara e singular colecção de Cicas, são apenas algumas dos milhares de espécies que podem encontrar no jardim.

Este jardim que ocupa uma área de 70.000 m2 pertence à Fundação Berardo. É igualmente muito rico culturalmente, com pavilhões orientais, arte africana e azulejos que contam os grandes feitos dos reis de Portugal. Quanto à fauna, destaque para os pavões, para a garça real e para uma enorme variedade de peixes Koi, originários do Japão.

Ao final da tarde transporte até ao hotel seleccionado para a estadia – PESTANA VILLAGE GARDEN RESORT APARTHOTEL - http://www.pestana.com/pt/pestana-village/pages/home.aspx

Distribuição de quartos. Jantar e restante noite livre.


2.º DIA, 21 DE JUNHO (QUINTA-FEIRA) – PICO DO AREEIRO
Visita botânica pedestre ao Pico do Areeiro e outros locais de interesse botânico na área.

Pequeno almoço no hotel.

Saída do Funchal em transporte privativo em direcção ao Pico do Areeiro. Trata-se da segunda maior montanha da ilha da Madeira, sendo a sua altitude máxima de 1818 metros. No pico do Areeiro, situado no centro-sul da ilha, a agressividade das condições climatéricas leva ao domínio de vegetação por giesta brava, urzes e uveira. Nas encostas do pico pastam rebanhos de cabras e ovelhas. No Inverno, por vezes neva na sua parte mais elevada.

Manhã dedicada a visita botânica pedestre com orientação dos especialistas em botânica que acompanharão o grupo na análise da flora das rochas.

Almoço em restaurante local.

Consoante o tempo livre oportunidade para mais algumas paragens de interesse botânico naquela região da Madeira.

Regresso ao hotel. Jantar e restante noite livre.

3.º DIA, 22 DE JUNHO(SEXTA-FEIRA) – MADEIRA
Quinta do Arco, Encumeada & Levada do Folhal

Pequeno-almoço servido no restaurante do hotel.

Saída do Funchal em transporte privativo em direcção à Quinta do Arco. Situada na costa norte da ilha da Madeira esta quinta é reconhecida como tendo dos maiores e mais completos roseirais do país, para além de centenas de outras espécies representativas da flora do arquipélago.

Passagem pela Encumeada – zona montanhosa (central entre as costas norte e sul da ilha). Oportunidade para análise da flora endémica. Em certos dias é possível observar fascinantes grupos de nuvens que se dirigem do norte para sul.
Almoço na montanha em restaurante local, usufruindo de fantástica vista.

No período da tarde oportunidade para admirar a laurissilva temperada ao longo do percurso da Levada do Folhadal.

Regresso ao hotel. Jantar e restante noite livre.


4.º DIA, 23 DE JUNHO (SÁBADO) – MADEIRA
Ribeira Brava, São Vicente, Jantar na Marina do Funchal & Fogo de Artifício

Pequeno-almoço servido no restaurante do hotel.

Saída do Funchal em transporte privado. Manhã dedicada à visita da zona da Ribeira Brava. Esta pequena vila na costa sul da ilha da Madeira foi uma das primeiras localidades da ilha a ser fundada. O seu nome advém da furiosa (brava) ribeira que em tempos correu nesta zona. Destaque para a botânica local, em especial a flora de baixa altitude.
Almoço em restaurante local.

Após o almoço o Grupo AAJBA atravessará a ilha de Sul para Norte, passando na Serra de Água até chegar a São Vicente. Esta zona é considerada como o coração da laurisilva e as suas sinuosas estradas proporcionam panorâmicas de enorme beleza natural, quer no interior quer junto à costa. Destaque para o núcleo de barbusanos.

Regresso ao hotel pelo fim da tarde.

Em hora a informar localmente encontro na recepção do hotel para saída em direcção à Marina do Funchal. Jantar final em restaurante local.

Após o jantar o grupo terá oportunidade de ser brindado pelo famoso fogo de artifício da Madeira na baía do Funchal, integrado no Festival do Atlântico - Competição de Fogo de Artifício. Todos os sábados à noite durante o mês de Junho, participantes de diversos países organizam magníficos espectáculos de fogos de artifício acompanhados de música, fazendo parte do Concurso Internacional de fogo de artifício. Uma fantástica forma de culminar a estadia na Ilha Jardim!


5.º DIA, 24 DE JUNHO (DOMINGO) – MADEIRA –LISBOA / PORTO

Manhã livre& Almoço Final

Pequeno-almoço servido no restaurante do hotel.

Manhã livre. Oportunidade para usufruir do hotel e dos jardins envolventes ou para descobrir o centro do Funchal.

Check-out do hotel.

Em hora a informar localmente saída em direcção a restaurante local para almoço.

Após o almoço transfer até ao aeroporto internacional do Funchal. Formalidades de embarque.

18h35 - Partida com destino a Lisboa, em voos da companhia aérea TAP.
Chegada a Lisboa prevista para as 20h10. Formalidades de desembarque.
Para os passageiros que seguem para o Porto a partida de Lisboa está prevista para as 21h05 e a chegada para as 22h00.


FIM DA VIAGEM





Programa 2012 Madeira

Preços:
Preço para Associado da AAJBA: 1.180 Euros
Preço para não associado da AAJBA: 1.280 Euros
Suplemento de quarto individual: 180 Euros

Desconto a Pronro Pagamento:
Para quem tiver interesse em pagar integralmente a sua participação até ao dia 11 de Maio, são aplicáveis os preços seguintes:
Preço para Associado da AAJBA: 1.000 Euros
Preço para não associado da AAJBA: 1.150 Euros

Serviços incluídos nesta viagem:
• Vôos Lisboa / Funchal / Lisboa ou Porto Funchal / Porto (regresso via Lisboa) em voos TAP.
4 noites de estadia no Pestana Village Garden Resort Aparthotel - 4 estrelas, em quarto studio classic com pequeno-almoço.
• 5 almoços em restaurantes locais com pacote de bebidas incluído.
• 1 Jantar final na Marina do Funchal, usufruindo do fogo de artifício integrado no Festival do Atlântico.
• Visita a pé pelo centro do Funchal com guia local.
• Visita do Jardim Botânico da Madeira.
• Visita do Jardim Tropical Monte Palace (Funchal).
• Passeio pedestre pelo Pico do Areeiro.
• Visita do roseiral da Quinta do Arco.
• Visita à botânica da Ribeira Brava e de São Vicente.
• Autocarro em privado disponível para o Grupo AAJBA para as visitas previstas.
• Acompanhamento especializado de botânica (Doutor Jorge Capelo) e Paisagem (Arq.ª Pais. Sandra Mesquita).
• Acompanhamento de guia local nos serviços indicados.
• Transferes de chegada, partida e para jantar final.
• Seguro de Viagem Multiviagens base.
• Taxas de turismo & IVA.
• Mochila GeoStar.
• Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA e por representante da GeoStar durante toda a viagem.

Serviços não incluídos:
• Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos.
• Despesas de carácter pessoal.
• Possibilidade de cobertura alargada de seguro com Cláusula e Interrupção e Cancelamento de Viagem (CIV) – 7,00 €.
• Possibilidade de extensão da estadia ou utilização de outros transportes – a pedido.

Seguro:
LIMITE DE IDADE
Para participantes com idade inferior a 14 anos ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem.
Não há quaisquer limitações quanto às coberturas do seguro de viagem para idade máxima.

Inscrições e Condições de Pagamento:
O prazo limite para as inscrições será o dia 11 de Maio de 2012. Inscrições confirmadas mediante pagamento de um depósito não reembolsável de €500.
Pagamento final até 01 de Junho de 2012.

Pagamentos:
Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Informações e Inscrições
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77" W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

 

 

 

Sri Lanka
A História, a Lenda, a Natureza...e os Portugueses


14 a 29 Fevereiro 2012


 

Programa


1.º Dia, 14 de Fevereiro (Ter) – Lisboa – Colombo
Partida para o Sri Lanka

12h30 - Comparência no aeroporto de Lisboa.   Formalidades de embarque e partida com destino a Colombo, capital do Sri Lanka, via Londres em voos das companhias aéreas TAP Air Portugal e SriLankan Airlines. Refeições e noite passada a bordo.

2.º Dia, 15 de Fevereiro (Qua) – Colombo - Anuradhapura
Chegada & transporte até Anuradhapura

13h30 – Chegada ao aeroporto de Colombo. Recolha das bagagens e transporte até ao hotel PALM GARDEN VILLAGE em Anuradhapura, no interior norte do País. À chegada distribuição de quartos em chalets rodeando um arboreto.
Jantar no hotel. Alojamento.


3.º Dia, 16 de Fevereiro (Qui) – Anuradhapura - Mihintale - Anuradhapura
Visita de Mihitale e de Anuradhapura

Pequeno almoço no hotel.
Dia dedicado a duas visitas notáveis: Mihintale – onde o budismo foi introduzido no Sri Lanka, local de peregrinação e residência de monges desde o séc. III a.C até aos nossos dias. Situada num rochedo, tem uma grande escadaria de granito com 1.840 degraus e lindas vistas de toda a região circundante. E Anuradhapura, património da Humanidade, antiga capital do Sri Lanka desde o séc. V a.C. até ao séc. X d.C. e símbolo do poder cingalês. Sem dúvida a mais grandiosa de todas as capitais dos antigos reinos, agora em ruinas. A relíquia mais preciosa é a sagrada Bo Tree, supostamente descendente directa da árvore sob a qual Buda meditou e atingiu clarividência. Foi plantada há 2250 anos e é a mais antiga árvore historicamente certificada, em todo o mundo.
Jantar no hotel. Alojamento.

4.º Dia, 17 de Fevereiro (Sex) – Anuradhapura - Ritigala - Sigiriya - Giritale
Visita de Ritigala e da Fortaleza de Sigiriya

Pequeno almoço no hotel e check-out.
Partida com destino a Ritigala, situada na montanha mais alta desta região plana do País. Sendo uma fabulosa reserva natural integral, alastra por cerca de 1600 hectares de floresta com 3 tipos de vegetação totalmente diferentes, devido aos seus microclimas. Encontram-se aqui uma grande variedade de fauna e de flora, com várias espécies autóctones e ainda um templo e ruinas de um mosteiro histórico, parcialmente escavado.
Seguimos depois para um dos incontornáveis locais do Sri Lanka – a fortaleza rochosa de Sigiriya – séc. V d.C., igualmente classificada como património mundial.
Continuação até Giritale. Chegada ao hotel DEER PARK HOTEL. Distribuição quartos. Jantar no hotel. Alojamento.

5.º Dia, 18 de Fevereiro (Sáb) – Giritale - Polonnaruwa - Giritale
Visita de Polonnaruwa  

Pequeno almoço no hotel.
Dia dedicado à visita da cidade de Polonnaruwa,  segunda capital do Sri Lanka, construída nos séculos XI e XII d.C. e considerada pela UNESCO património mundial da humanidade. Destaque para as ruínas do palácio real e para as quatro esculturas de Budha esculpidas na rocha. Cidade medieval, Polonnaruwa era fortificada com duas fileiras de muralhas e de fossos, ainda visíveis.
Regresso ao hotel. Jantar e alojamento.

 

6.º Dia, 19 de Fevereiro (Dom) – Giritale - Dambulla - Matale - Kandy
Visita de Dambulla, Matale e os seus jardins de especiarias e Kandy

Pequeno almoço no hotel e check-out.
Começamos por visitar o templo de Dambulla, o maior e mais bem conservado complexo de cavernas rochosas do Sri Lanka, numa área de mais de 2000m2 de paredes pintadas e mais de 150 imagens de budas. Algumas pinturas e estátuas datam de séc. I b.C.tendo sido restauradas nos sécs. XI, XII e XVIII d.C. Continuação para Matale e visita dos jardins de especiarias com provas de canela, pimenta, baunilha. Visita de uma fábrica batik – técnica de pintura sobre tecidos. Chegada a Kandy,  mais um Património Mundial da Humanidade – a última capital dos Reis do Sri Lanka, que os Portugueses não lograram conquistar e só caiu depois da chegada à ilha dos Ingleses. Tem uma fantástica localização rodeada de montanhas e plantações de chá. Visita da cidade com destaque para o Templo da Relíquia do Dente Sagrado. Espectáculo com danças de Kandy ao final do dia.
Chegada ao hotel AMAYA HILLS .
Distribuição quartos. Jantar no hotel. Alojamento.

7º Dia, 20 de Fevereiro (Seg) – Kandy - Peradeniya - Pinnawala – Kandy
Santuário de Elefantes e Jardim Botânico de Peradeniya

Pequeno almoço no hotel.
Visita do orfanato de elefantes de Pinnawala – oportunidade para apreciar o momento dos biberons às mais novas crias e do banho matinal dos paquidermes.
Restante dia dedicado à visita do jardim botânico de Peradeniya, criado em 1374 para uso dos Reis de Gampola e Kandy. Tem mais de 5.000 espécies de árvores, plantas e trepadeiras, muitas delas raras e endémicas. Com destaque para as magníficas 5 avenidas ladeadas por centenárias palmeiras e coqueiros e para as mais de 300 espécies de orquídeas.
Regresso ao hotel. Jantar no hotel. Alojamento.

8.º Dia, 21 de Fevereiro (Ter) – Kandy - Nuwara Eliya
Percurso de Comboio e visita a plantação de chá

Pequeno almoço no hotel e check-out.
Transporte até Nuwara Eliya no mítico comboio (percurso parcial – cerca de duas horas), que proporciona fantásticas panorâmicas por entre as plantações de chá da região. Continuação do percurso em autocarro para visita a plantação de chá. Continuação para Nuwara Eliya, uma das cidades cingalesas situada a maior altitude, pelo que as temperaturas são sempre mais frescas. Por essa razão a presença colonial britânica era especialmente representativa e Nuwara Eliya assemelha-se a uma pequena aldeia inglesa.
Chegada ao GRAND HOTEL. Distribuição quartos. Jantar. Alojamento.

9.º Dia, 22 de Fevereiro (Qua) – Nuwara Eliya - Horton Plains - Hakgala - Nuwara Eliya
Visita de Parque Nacionais    

Pequeno almoço no hotel.
Dia dedicado a conhecer dois dos mais ricos expoentes do património natural da ilha de Ceilão – visita ao inolvidável parque nacional de Horton Plains, o único do país onde os visitantes podem explorar por si, ao longo de trajectos assinalados. Flora endémica, 52 espécies de aves residentes e ainda 11 espécies de aves migratórias. Visitamos depois o parque de Hakgala, no qual os britânicos fizeram grandes extensões e melhoramentos, e no qual encontramos uma notável variedade de orquídeas.
Regresso ao hotel para jantar. Alojamento.

10.º Dia, 23 de Fevereiro (Qui) – Nuwara Eliya / Yala / Tissamaharama
Visita à Queda de Água de Ravana Ella & Jeep Safari

Pequeno almoço no hotel e check-out.
Atravessamos paisagens lindíssimas para visitar a mais famosa queda de água do país – Ravana Ella, com 49 metros de altura. Chegamos depois ao Parque Nacional de Yala, onde se encontra uma numerosa população de elefantes e uma enorme densidade populacional dos solitários leopardos, para além de ursos, búfalos selvagens, gazelas, veados, pavões e ainda cerca de 130 espécies de pássaros. Safari de jeep com guia.
Continuação da viagem até Tissamaharama. Chegada ao HIBISCUS GARDEN. Distribuição quartos. Jantar no hotel. Alojamento.

11.º Dia, 24 de Fevereiro (Sex) – Tissamaharama / Weligama / Galle / Beruwala
Visita de Weligama, Forte Galle & Chegada a Hotel de praia

Pequeno almoço no hotel e check-out.
Seguimos de autocarro até à costa – Weligama - para presenciar a tradicional técnica dos pescadores em palafitas.
Continuação para a visita da cidade e fortaleza de Galle, um antiga possessão territorial portuguesa no Índico, posteriormente tomada pelos holandeses. Este forte faz parte do património mundial da UNESCO. Continuamos depois para tomar chá na residência de campo de Geoffrey Bawa, Lunuganga, onde podemos observar a natureza integrada no planeamento e desenho da casa. Geoffrey Bawa é o mais prolífico e influente arquitecto do Sri Lanka. O seu trabalho teve imenso impacto na arquitectura asiática e é conhecido e aclamado internacionalmente.
Continuação para Beruwala.
Chegada ao hotel THE PALMS. Distribuição de quartos.
Jantar no hotel.
Alojamento.


12.º e 13.º Dias, 25 e 26 de Fevereiro (Sáb e Dom) – Beruwala
Dias de lazer para descanso no hotel de praia

Pequeno almoço no hotel.
Dias dedicados a actividade de descanso e lazer no hotel THE PALMS em Beruwala, sobre a praia. Possibilidade de utilização do spa, com massagens ayurvédicas e outros tratamentos (não incluido). Passeio de barco (opcional) banho nas piscinas ou na praia
Jantar no hotel. Alojamento.

14º Dia, 27 de Fevereiro (Seg) – Beruwala ou Excursão Opcional à Floresta de Sinharaja

Pequeno almoço no hotel.
Dia dedicado a actividade de descanso e lazer no hotel THE PALMS em Beruwala.
OPCIONAL – Visita de dia inteiro à Floresta Virgem de Sinharaja, património mundial da UNESCO.
Saída do hotel pelas 6h da manhã para visita à última das florestas primitivas do Sri Lanka, com almoço incluído. Das 331 árvores e lianas identificadas, 192 são endémicas de Sinharaja. Na fauna, há 141 espécies de pássaros registadas das quais 28 endémicas, 65 espécies de borboletas (1 endémica), 10 espécies de peixes (7 endémicas) 19 de anfíbios (8 endémicas) répteis e cobras 29 (14 endémicas) e 40 de mamíferos (7 endémicas). Uma riqueza espantosa.
Regresso ao hotel.
Jantar e alojamento.

15º Dia, 28 de Fevereiro (Ter) Beruwala - Colombo - Aeroporto de Colombo
Meio-dia de visita de Colombo & jantar de despedida  

Pequeno almoço no hotel. Check-out.
A meio da manhã saída em direcção a Colombo para almoço já na capital do Sri Lanka. Colombo era apenas um pequeno porto marítimo que se desenvolveu no séc. XVI com a chegada dos portugueses em 1506. Tornou-se capital do Sri Lanka em 1815 depois do Reino de Kandy ter caído nas mãos dos

Ingleses. Restos de edifícios dos períodos das ocupações Portuguesa, Holandesa e Britânica encontram-se em várias áreas da cidade. Nada resta das fortificações Portuguesas e holandesas, mas alguns dos seus edifícios e igrejas podem ser vistos nas áreas de Fort e Pettah. Visita de meio-dia à cidade, com destaque para alguns vestígios de um passado colonial misturados com modernos
arranha-céus. Tempo para compras ou para visita do Parque Viharamahadevi, junto ao Museu Nacional. É o mais antigo e mais vasto parque do Porto de Colombo, situado em frente ao edifício de estilo colonial da Câmara Municipal. Jantar de despedida no restaurante Lemon, com vista sobre a cidade. Após o jantar continuação para o aeroporto internacional de Colombo.

16º Dia, 29 de Fevereiro (Qua) – Colombo - Roma - Lisboa
Voos de regresso e chegada a Portugal

Chegada ao aeroporto de Colombo. Formalidades de embarque.
05h00 - Partida com destino a Lisboa, via Roma em voos das companhias aéreas SriLankan Airlines e TAP Air Portugal, respectivamente.
Noite e refeições a bordo.
À chegada a Lisboa formalidades de desembarque.

Preços

Preço para Associado da AAJBA: a partir de 2.800 Euros
Preço para não associado da AAJBA: a partir de 2.900 Euros
Suplemento de pensão completa: 190 Euros
Suplemento de quarto individual: 650 Euros
Redução de quarto triplo: 100 Euros

Serviços incluídos nestes preços:

•    Voo directo em classe económica nas companhias TAP e Srilankan Airlines - Lisboa /  Londres / Colombo // Roma / Lisboa.
•    13 noites de alojamento em hotéis de 4 estrelas, excepto numa noite.
•    Pequenos almoços e jantares nos hotéis seleccionados – Regime base de meia-pensão (sem bebidas incluídas).
•    Visitas previstas a: Mihintale, Anuradhapura, Sigiriya, Polonnaruwa, Dambulla, Ritigala, comboio panorâmico, especiarias e batik em  Matale, Pinnawela,  plantação de chá, Horton Plains, Hakgala, Ravana Ella, Jeep Safari em Yala, Weligama, Galle, Lunuganga (propriedade de Geoffrey Bawa), Beruwela e Colombo.
•    Entradas nos locais conforme mencionado no Programa.
•    Visitas com assistência de Guia local em inglês, com especial menção para especialista nos locais solicitados.
•    Transferes de chegada e saída com assistência.
•    Seguro de viagem com cláusula de interrupção (cobertura máxima 25.000 €)
•    Acompanhamento por membro da direcção da AAJBA
•    Mochila GeoStar
 

Serviços não incluídos:

•    Extras de carácter pessoal e outros serviços não indicados como incluídos.
•    Despesas de carácter pessoal.
•    Visita à Floresta Virgem de Sinharaja, com almoço. Suplemento de  €30.00.

Seguro

LIMITE DE IDADE:
Para as pessoas com idades inferiores a 14 e superiores a 70 anos são activadas as seguintes coberturas:
Idade inferior a 14 anos - ficam somente garantidas as coberturas de invalidez permanente e de assistência em viagem.
Idade superior a 70 anos - Ficam somente garantidas as coberturas de morte e de assistência em viagem.
Idade superior a 75 anos - Não são garantidas quaisquer coberturas pelo que, responderá o cliente pelas perdas e danos decorrentes.

Inscrições e Condições de Pagamento
O prazo limite para as inscrições, fixado pelo operador turístico, será o dia 15 de Novembro de 2011. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito não reembolsável de apenas €300.
São possíveis duas modalidades de pagamento:
- a pronto, pagamento do depósito no acto da inscrição, e remanescente até 30 de Novembro, com desconto de 5%.
- em prestações, pagamento de €500 no acto da inscrição, €800 até 12 de Dezembro, €1.000 até 12 de Janeiro 2012 e remanescente até 1 de Fevereiro 2012.

Pagamentos

•    Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
•    Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


Download do Programa da Viagem ao Sri Lanka em formato pdf


Para mais Informações & Reservas:

Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda

Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal

coordenadas GPS: N38°42'23.77"  W9°12'8.75"

 tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 | web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com



Rotas da Farinha, da Broa e do Azeite

Passeio Etnográfico – Os Saberes e os Sabores Ancestrais


19 e 20 de Novembro de 2011



Programa


1º Dia: 19 Novembro – Sabado

08h00 - Comparência junto à entrada do jardim Botânico da Ajuda, na Calçada do Galvão, junto ao portão que dá acesso ao restaurante Estufa Real para partida de Lisboa em direcção a Penacova. Início do programa que nos vai levar a conhecer os segredos da arte tradicional da confecção da broa na região do Lorvão. Visita guiada ao Museu e Moinho Vitorino Nemésio.

ALMOÇO regional junto ao rio Mondego. Da parte da tarde os participantes terão oportunidade de aprender ou reviver o fabrico da broa no centro da povoação e onde existe um forno comunitário feito pelas freiras do Mosteiro do Lorvão, com mais de 600 anos. Enquanto as broas cozem no forno visitamos o Mosteiro e os moinhos de vento em funcionamento na Serra de Gavinhos e os moinhos de água na Ribeira do Lorvão. No final realiza-se um lanche à porta do forno e cada participante recebe uma broa. Continuação para o Hotel Meliá Palácio da Lousã****.

JANTAR e alojamento.

2º Dia: 20 Novembro – Domingo

09h00 – Após o pequeno-almoço, saída para Góis onde iremos conhecer e participar no processo de fabrico artesanal do azeite no vale do rio Ceira, desde o processo da apanha da azeitona e selecção, até à prensagem num lagar de varas movido a água.

ALMOÇO constituído pela famosa tibornada e outras iguarias regionais servidas no lagar com animação e música tradicional. Ao final da tarde lanche onde o mel, as filhozes, a broa, o queijo e o vinho têm lugar.

Regresso a Lisboa ao início da noite.


Preço
Preço para Associado da AAJBA: 275 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 295 Euros
Suplemento de quarto individual: 40 Euros

O preço inclui:

  • 1 noite com pequeno-almoço em hotel de 4 estrelas. Todos os quartos têm casa de banho privativa
  • Autocarro confortável em toda a viagem
  • 2 almoços e 1 jantar com vinhos da região
  • Visitas e actividades indicadas
  • Acompanhamento por Guia da Cistertour
  • Seguro de viagem;
  • Taxas de turismo, de serviço e IVA
  • Acompanhamento de um guia especializado em todas as visitas

Inscrições

O prazo limite para as inscrições será o dia 04 de Novembro de 2011. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito de €70.

Pagamentos

•    Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
•    Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI


Download do Passeio em formato pdf


Para mais Informações & Reservas:

Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda

Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal

coordenadas GPS: N38°42'23.77"  W9°12'8.75"

 tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 | web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com




Viagem aos Jardins e Paisagens da Riviera Italiana e da Riviera Francesa
26 a 30 de Setembro de 2011




 A nossa viagem de Outono será aos Jardins e Paisagens da Riviera Italiana e da Riviera Francesa, de 26 a 30 de Setembro,  com um itinerário repleto de magníficos jardins, belas cidades, aldeias e monumentos além de paisagens espectaculares.

Programa

1.º Dia: 26 de Setembro – 2.ª feira
Comparência no aeroporto de Lisboa cerca de duas horas antes da partida, às 15h25, no voo TAP 484 com destino a Nice. À chegada, pelas 18h50, espera-nos o nosso autocarro que nos levará até ao hotel em Génova, viajando ao longo da costa das Rivieras Francesa e Italiana, com o Mediterrâneo de um lado e as montanhas da Ligúria no outro.
As noites são livres e poderão jantar (não incluído) num dos muitos bons restaurantes nas proximidades.

2.º Dia: 27 de Setembro – 3.ª feira
Esta manhã, depois do pequeno-almoço, dirigimo-nos para leste ao longo da costa, para a região de Cinque Terre ('cinco terras') uma paisagem acidentada que em algumas partes é inacessível por estrada. Ao longo dos séculos cinco aldeias foram construídas em terraços meticulosamente esculpidos em encostas, nos penhascos que têm vista para o mar, e toda a área está agora inscrita como Património Mundial da UNESCO. Encontramo-nos com o nosso guia local na primeira das aldeias, Manorola e prosseguimos ao longo da panorâmica 'Via dell'Amore', até à pitoresca aldeia de Riomaggiore. Daqui apanhamos um comboio, que serpenteia dentro e fora de túneis ao longo da costa até Monterosso, a maior aldeia de Cinque Terre. Depois de uma pausa para almoço (esta região é especializada em pratos de peixe), continuamos a viagem de comboio para La Spezia e voltamos ao fim da tarde para Génova.
Jantar livre.

3.º Dia: 28 de Setembro - 4.ª feira
Depois do pequeno-almoço temos esta manhã um ‘tour’ panorâmico da cidade que nos acolhe, Génova, também conhecida como 'La Superba' devido a seu passado glorioso. Vamos especialmente visitar os jardins, na orla marítima, do Palazzo del Principe, construído no séc. XVI para os príncipes Doria Pamphili e o Palazzo Lomellino, que tem a mais elaborada fachada de todos os edifícios na Via Garibaldi, a principal artéria, bem como um intrigante jardim suspenso. Tempo livre depois do almoço para passear pela cidade, visitar outros locais notáveis e fazer compras!
Regresso ao hotel ao fim da tarde.
Jantar livre.

4.º Dia: 29 de Setembro - 5.ª feira
Pequeno-almoço no hotel. Pelas 09h00 saímos em direcção ao Monte Portofino onde faremos um passeio de barco até à Vila de San Fruttuoso, situada numa enseada incrivelmente bela no sopé do Monte. A aldeia está disposta em torno do Mosteiro beneditino de San Fruttuoso di Capodimonte, que tem um pequeno mas tranquilo jardim, bem como uma Igreja do séc. X, uma Abadia de séc. XIII e um pequeno claustro Românico. Continuando ao longo da costa, vamos também visitar a fascinante vila piscatória de Portofino, uma excelente oportunidade de encontrar ricos e famosos nesta privilegiada e sem dúvida, encantadora, estância de veraneio Italiana. Tempo livre para almoço.
Na parte da tarde visitamos a vizinha Abadia de San Girolamo, conhecida como 'La Cervara'. Uma misteriosa combinação de história e de lenda fala sobre as visitas do poeta, Francesco Petrarch, do Papa Gregório XI e de Guglielmo Marconi. Os mais proeminentes vestígios históricos estão relacionados com a prisão do rei de França, Francisco I, derrotado em Pavia por Carlos V em 1525. La Cervara começou a ser construída em 1361, quando foi decidido erigir um novo mosteiro dedicado a San Girolamo [São Jerónimo]. Os monges beneditinos projectaram a estrutura e foram os primeiros moradores.
Regressamos depois ao nosso hotel em Génova.
Noite e jantar livres.

5.º Dia: 30 de Setembro - 6.ª feira
Esta manhã, depois do pequeno-almoço, saímos do hotel com a bagagem e vamos de autocarro até Ventimiglia, próximo da fronteira com França, onde fazemos uma visita ao jardim La Mortola. Este jardim, com mais de cem anos, foi assim chamado devido à extensão de murta selvagem na encosta rochosa e foi plantado depois de 1867 por Sir Thomas Hanbury, por cujo nome é também conhecido. Foi planeado como uma colecção botânica de excepcional interesse e foram aqui introduzidas plantas exóticas da África do Sul, da Austrália, da Nova Zelândia e da América do Sul que se desenvolveram sem problemas. La Mortola é talvez o maior dos Jardins da Riviera – devido à sua antiguidade, à riqueza das suas colecções, ao poder da sua presença perante todos os que o contemplam, e não menos importante devido ao impacto que tem tido em toda a Riviera Francesa e Italiana.
Atravessamos depois a fronteira, seguindo para Menton onde paramos para almoço (livre), visitando em seguida o famoso Clos du Peyronnet, o jardim privado de William Waterfield, que tem uma posição invejável nas encostas acima da Baía de Garavan. Ao lado da casa está um esplêndido jardim de água, onde um longo lago, parecendo um canal, corre em ângulo recto com a encosta. Flores exóticas e folhagem surgem de todos os lados, dando a impressão de uma selva. No lado oriental do jardim está a colecção de bolbos raros, a paixão de William Waterfield, com mais de 200 espécies. Com esta visita fechamos a programação que vos propomos, neste périplo pelas lindíssimas paisagens de Outono das Rivieras Italiana e Francesa.
Seguimos depois para o aeroporto de Nice, a tempo de fazer o check-in para o nosso voo TAP 485 - partida prevista às 19h15 - de regresso para Lisboa, onde chegaremos às 20h50.

Nota: a ordem do itinerário poderá ser alterada por conveniência ou imposição de alguns do locais a visitar, mantendo-se no entanto todas as visitas programadas.

Preços:
Preço para Associado da AAJBA: 1150 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 1250 Euros
Suplemento de quarto individual: 180 Euros

Serviços incluídos nesta viagem:

- 4 noites com pequeno-almoço no Hotel Star President (4 estrelas) em Génova. Todos os quartos têm casa de banho privativa;
- Autocarro confortável em toda a viagem;
- Visitas aos jardins de La Mortola (Jardins Hanbury), Clos du Peyronnet, Abadia de San Girolamo e Abadia de San Fruttuoso; visita guiada a Génova,
incluindo visitas aos jardins do Palazzo del Principe e do Palazzo Lomellino; excursão a Cinque Terre de autocarro e de comboio; viagem de barco a San
Fruttuoso e a Portofino
- Acompanhamento de guias locais em todas as visitas;
- Acompanhamento de um membro da Direcção da AAJBA durante a viagem;
- Voos directos TAP Lisboa – Nice – Lisboa.

Serviços não incluídos:
- Despesas de carácter pessoal;
- Seguro de viagem;
- Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

Seguro
Foi negociado através do Automóvel Clube de Portugal, com quem a AAJBA tem uma parceria, um seguro de grupo para esta viagem. Inscrições e mais informações através do secretariado da AAJBA.

Inscrições
O prazo limite para as inscrições será o dia 15 de Agosto de 2011. Inscrições confirmadas mediante o pagamento de um depósito de €300.


Pagamentos

- Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
- Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI

Download do Programa da Viagem em formato pdf


Para mais Informações & Reservas:

Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda

Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal

coordenadas GPS: N38°42'23.77"  W9°12'8.75"

 tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 | web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Viagem Cultural a França: Jardins e Ateliers de Monet e de Cézanne

16 a 23 de Junho de 2011

 

Programa da Viagem Cultural a França: Jardins e Ateliers de Monet e Cézanne

1.º Dia: 16 de Junho – 5.ª feira

Partida de Lisboa de manhã em voo TAP com destino a Paris. À chegada espera-nos o guia local com o autocarro que nos levará até ao Musée Marmottan. Este museu tem uma das mais importantes colecções de obras de Monet, doada pelo filho do artista. Neste museu poderemos apreciar a pintura, “Impression, Soleil Levant” de Monet, representando o nascer do sol em Le Havre, deu o nome ao movimento impressionista.
Depois da visita, ao fim da tarde, vamos até ao nosso hotel, para fazer o registo e instalação nos quartos.
Jantar livre.

2.º Dia: 17 de Junho – 6.ª feira
Hoje passamos o dia em Paris, começando com um breve tour guiado da cidade. Continuamos com uma visita ao Musée de l’Orangerie des Tuileries, que reabriu em Maio de 2006 depois de extensas obras de remodelação. O ex-libris da impressionante colecção deste museu é, sem dúvida, a série de murais de 2 m de altura intitulada Les Nymphéas, uma sequência de impressões de nuvens, reflexos e ocasos que Claude Monet instalou entre 1914 e 1918, no auge da sua extraordinária capacidade criativa. Contemplar estas pinturas únicas numa meditação serena, é uma experiência memorável. Para além das Nymphéas, a Orangerie oferece-nos um fabuloso acervo de obras-primas das Colecções de Jean Walter e de Paul Guillaume, uma introdução muito original à arte moderna com obras de Cézanne, Renoir, Picasso, Rousseau, Matisse, Derain, Modigliani, Soutine, Utrillo e Laurencin.
Visitamos de seguida o Musée de l’Orsay, uma antiga estação de caminhos de ferro que é agora uma das galerias mais emblemáticas de Paris, ligada à Orangerie por uma ponte sobre o Sena. Tem colecções notáveis de pinturas Impressionistas e Pós-Impressionistas, incluindo importantes obras de Monet e Cézanne.
Depois desta visita, temos tempo livre para compras ou passeios.
Jantar livre.

 

3.º Dia: 18 de Junho - Sábado
Depois do pequeno-almoço no hotel, temos o dia inteiro ao nosso dispor para as actividades que mais nos agradarem: visitar lojas, jardins (Jardin des Tuileries, Jardin des Plantes, Parc des Buttes Chaumont, Parc de la Villette, entre outros), galerias de arte. Porque não dedicar o dia a conhecer o famoso Le Louvre, com mais de 35.000 obras de arte incluindo, por exemplo, a famosa Mona Lisa. Ou então subir à Torre Eiffel para um panorama espectacular de Paris, visitar a famosa catedral de Notre Dame ou ainda escolher um dos relaxantes cruzeiros no Sena.
Jantar livre.

4.º Dia: 19 de Junho - Domingo
Depois do pequeno-almoço, bem cedo, partimos para Giverny onde se encontram a famosa casa e jardins de Claude Monet, uma atracção de renome mundial. Asseguramos assim uma chegada a Giverny ainda de manhã, numa altura em que os jardins nos oferecem maior tranquilidade. Tanto estes como a casa foram meticulosamente restaurados, dando-nos a sensação que a família de Monet acabou de sair para um passeio no jardim. Teremos tempo para explorar estes estes jardins em detalhe. Perto do jardim existem locais que servem refeições.
Depois da visita, podemos passear em Giverny ou visitar a pequena igreja onde se encontra a sepultura de Monet, antes de regressar a Paris ao fim da tarde.
Jantar livre.

5.º Dia: 20 de Junho – 2.ª feira
Depois do pequeno-almoço, saímos do hotel com a bagagem e vamos de autocarro até à gare de Lyon onde embarcamos no TGV para Aix-en-Provence. À chegada espera-nos o guia com autocarro que nos leva até ao hotel. A tarde é livre, dando-nos a oportunidade de explorar a cidade de Aix. Podemos visitar a histórica Cidade Velha, ou a Cidade Nova com as suas belas mansões ou ainda Cours Mirabeau, a zona mais animada da cidade e um local muito procurado para passear. Vários museus à escolha, como por exemplo o Musée Granet (arqueologia e belas-artes), o Musée du Vieil Aix (história local) e o Musée des Tapisseries (tapeçarias dos sécs. XVII e XVIII). Ou ainda a Cathédrale de St. Sauveur, cuja arquitectura apresenta características de todos os principais períodos desde o séc. V ao séc. XVIII.
Noite e jantar livre – no restaurante do hotel ou nas imediações.



 
6.º Dia: 21 de Junho – 3.ª feira
Depois do pequeno-almoço vamos seguir as pegadas de Paul Cézanne, que nasceu em Aix em 1839 e aqui passou quase toda a sua vida, até à sua morte em 1906. Um passeio a pé de uma hora leva-nos a muitos dos locais familiares a  Cézanne, terminando no seu estúdio, o Atelier Paul Cézanne, que se encontra na condição exacta em que o artista o deixou quando ali trabalhou pela derradeira vez em 1906.
Vamos depois numa visita guiada às Pedreiras Bibémus, onde, entre 1895 e 1904, Cézanne pintou 11 quadros a óleo e 16 aguarelas, tendo alugado uma cabana na paisagem rochosa desta antiga pedreira abandonada. Uma destas pinturas, ‘Le Rocher Rouge’, pode ser vista no museu l’Orangerie em Paris.
Depois de almoçar em Aix (almoço livre) visitamos o terceiro local associado a Cézanne, a Maison Jas de Bouffan. O pai de Paul de Cézanne, Louis-Auguste Cézanne, comprou esta casa em 1859 e arranjou nela um pequeno atelier para o seu filho. Entre 1860 e 1870 Paul Cézanne pintou, directamente na parede, 12 grandes composições; infelizmente, estas foram mais tarde removidas. Paul Cézanne e as suas irmãs venderam a casa em 1899 depois do falecimento da mãe mas, em 1994, a casa passou para o controle da cidade de Aix-en-Provence e foi mais tarde classificada como Monumento Histórico, abrindo ao público. Hoje em dia, os visitantes têm a oportunidade de ver muitas das cenas representadas nos 36 quadros a óleo e 17 aguarelas que Cézanne aqui pintou. Uma projecção audiovisual no andar térreo reproduz as pinturas murais desaparecidas.

7.º Dia: 22 de Junho – 4.ª feira
Depois do pequeno-almoço partimos de autocarro para um tour pelos campos a leste de Aix, onde Cézanne adorava pintar, com relevo para a Montagne Sainte Victoire, uma falésia calcária impressionante que aparece em muitas das suas pinturas.
À tarde vamos para o lado norte de Aix, seguindo através da região do Lubéron para observar os espectaculares campos de alfazema da Provença em plena floração nesta altura do ano. Paramos nas pitorescas aldeias de Lourmarin e Saignon, com tempo livre para apreciar a atmosfera especial desta bela região de França.
Regresso a Aix e jantar livre.

8.º Dia: 23 de Junho – 5.ª feira

Esta manhã, depois do pequeno-almoço, saímos do hotel com a bagagem, em direcção ao aeroporto de Marselha, onde embarcamos no voo TAP de regresso a Lisboa.

 


Preços
Preço para Associado da AAJBA: 1750 Euros
Preço para não Associado da AAJBA: 1850 Euros
Preço do suplemento de quarto individual: 450 Euros

O preço inclui:
•   4 noites com pequeno-almoço no Hotel Concorde La Fayette, em Paris (4 estrelas).
•   3 noites com pequeno-almoço no Hotel Best Western Le Galice, em Aix-en-Provence (3 estrelas). Todos os quartos têm casas de banho privativas.
•   Voos TAP de Lisboa a Paris e de Marselha a Lisboa.
•   Comboio TGV em classe standard de Paris a Aix-en-Provence.
•   Transporte em autopullman em França.
•   Visita guiada a Paris; visitas aos Museus Orangerie, Orsay e Marmottan; visita ao Jardim de Monet em Giverny; visita guiada a pé em Aix-en-Provence e visitas guiadas ao Atelier Paul Cézanne, Pedreiras Bibémus e Maison Jas de Bouffan; tour de autocarro à Montagne Sainte Victoire e campos do Lubéron para observar as alfazemas em flor.

O preço não inclui:
•   Despesas de carácter pessoal.
•   Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

Inscrições
O prazo limite para as inscrições será o dia 16 de Março de 2011 e até essa data deverá ser efectuado o pagamento de um sinal de 300 Euros que só será devolvido se a viagem for cancelada pela AAJBA. O restante valor deverá ser pago até 13 de Maio de 2011. Cada alteração de nome ou tipo de quarto será sujeita a uma penalização de 50 Euros.

Seguro
Foi negociado através do Automóvel Clube de Portugal, com quem a AAJBA tem uma parceria, um seguro para esta viagem, com duas modalidades de cobertura. Mais informações através do secretariado da AAJBA.

Informações e Inscrições
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (AAJBA)
Jardim Botânico da Ajuda. Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa. Portugal (GPS: N38°42'23.77"  W9°12'8.75")
tel: [+351] 213 628 284 | telm: [+351] 915 297 903 | fax: [+351] 213 622 503 |
web: www.aajba.com | e-mail: info@aajba.com

Pagamentos
•   Cheque à ordem de Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
•   Transferência bancária NIB 0010 0000 2468 3460 001 66 – BPI



Viagem à China: Jardins da Harmonia e do Prazer I 30 de Março a 11 de Abril de 2011

 
 A viagem inclui um passeio de barco no Lago do Ocidente do Jardim de Hangzhou, China.

Vimos propor-lhes mais uma viagem, na Primavera de 2011, aos exóticos jardins da China, de 30 de Março a 11 de Abril de 2011.

Os Chineses têm a mais antiga tradição de planeamento e desenho de jardins de que há conhecimento, tendo precedido e influenciado largamente a tradição Japonesa. Os três princípios fundamentais eram a valorização harmoniosa da natureza pelo homem, o conceito do jardim como a representação, em miniatura, do mundo natural, e ser ainda o ambiente adequado para se alcançar a vida eterna.

Embora uma viagem como a nossa apenas dê uma pequena ideia de um País tão imenso, conseguimos reunir um conjunto dos melhores jardins e dos locais mais emblemáticos para vos oferecer uma introdução à China que, esperamos, resulte numa viagem inesquecível.

Esta viagem fabulosa aos Jardins da Harmonia e do Prazer, na China, que terá lugar de 30 de Março a 11 de Abril de 2011,  inclui visitas a alguns dos mais notáveis jardins e locais históricos da China, temos algumas novidades que esperamos mereçam o vosso interesse:

1 – Alterámos a organização do programa para um operador português que nos vai garantir o mesmo itinerário com a adição de mais um jardim em Tongli (Jardim de Tuisi Yuan), entre Shangai e Suzhou, percurso que agora será feito em autocarro, substituindo o comboio.
2 – Incluído no programa está um jantar de despedida no dia 10 de Abril, no restaurante "Quanjade" para o tradicional „Pato à Pequim‟.
3 – O transporte aéreo será na companhia Air France, via Paris, e os hotéis na China de categoria superior ao previamente anunciado, 5 e 4 estrelas.
4 – O preço passará a ser de 3000 Euros para os nossos Associados (3400 Euros para os restantes) e o suplemento de quarto individual é reduzido para 398 Euros.
5 – O seguro e os vistos serão tratados pelo operador português e estão incluídos no custo da viagem.
6 - O prazo para as inscrições foi dilatado para o final do mêsde Janeiro de 2011. Mantém-se o pagamento de um sinal de 500 Euros que só será devolvido se a viagem for cancelada pela AAJBA. O restante valor deve estar integralmente saldado até ao final de Fevereiro 2011.


Preço por pessoa: € 3400 (em quarto duplo)
Preço por pessoa para associado (a) da AAJBA: € 3000 (em quarto duplo)
Suplemento de quarto individual: € 398

Inscrições abertas até 5 de Fevereiro de 2011.

Esperamos que esta proposta seja do vosso agrado e que se juntem a nós na descoberta de uns jardins verdadeiramente notáveis e de uma civilização milenar.

Programa da Viagem: Jardins da Harmonia e do Prazer, China


1º Dia, 30 de Março (Qua) – LISBOA – SHANGAI

1º Dia, 30 de Março (Qua) – LISBOA – SHANGAI

 

1º Dia, 30 de Março (Qua) – LISBOA – SHANGAI

 

1º Dia, 30 de Março (Qua) – LISBOA – SHANGAI

 

1º Dia, 30 de Março (Qua) – LISBOA – SHANGAI

 

1º Dia, 30 de Março (Qua) – LISBOA – SHANGAI

 

Partida de Lisboa com destino a Shangai. Refeições e noite a bordo.

2º Dia, 31 de Março (Qui) – SHANGAI
Chegada ao Aeroporto Internacional de Shangai onde nos espera o nosso guia. Transfer em autocarro para o hotel, visitando esta cidade de passado colonial e o importante porto situado no delta do Rio Yangtze. Passeio ao longo da frente ribeirinha de Bund. Jantar no Hotel.

3º Dia, 1 de Abril (Sex) – SHANGAI
Visita ao Yu Yuan (Jardim do Contentamento). Este jardim privado foi estabelecido em 1559 no tradicional estilo Ming por Pan Yunduan que consumiu 20 anos e todas as suas poupanças para criar um ambiente que agradasse aos seus pais na sua velhice. Ricamente esculpido e decorado com pavilhões chineses e lagos ornamentais. Seguimos depois para o Jardim Botânico de Shangai, com as suas secções de bambu, rosas, peónias, azáleas, bordos e magnólias e ainda plantas medicinais. A jóia da coroa aqui é o Jardim Bonsai com uma colecção excepcional destas miniaturas. A terceira visita do dia será ao Templo de Jade (Jade Buddha Temple) construído em 1928. O templo original datando de 1882 foi edificado para guardar duas preciosas estátuas de Buda que haviam sido trazidas de Burma pelo monge Huigen e, quando da sua destruição durante a queda da Dinastia Qing, ambas sobreviveram. Regresso ao hotel e jantar.

4º Dia, 2 de Abril (Sáb) – SHANGAI-SUZHOU
Saída do hotel para o Shanghai Museum que alberga uma colecção de 120.000 obras de arte, entre as quais bronzes, cerâmicas, pintura e caligrafia. Visita à
extinta British Concession, zona de residência dos súbditos britânicos após a fase colonial e ainda à famosa área de Xiantiandi. Vamos depois até à Estação de Comboios de Shangai para a nossa viagem ao fim da tarde até Suzhou, cujos famosos jardins fazem parte do World Heritage Sites (Património Mundial). Transfer para o hotel e jantar.

5º Dia, 3 de Abril (Dom) – SUZHOU
Visita a Liu Yuan (Jardim da Permanência) criado em 1593 por um funcionário público da dinastia Ming como local de meditação. Tem quatro áreas de paisagens diferentes interligadas por um corredor que acompanha criteriosamente as mudanças de cenário. Aqui os edifícios, árvores e flores estão em total harmonia com a área envolvente. Seguimos para Huqiu Shan (Colina do Tigre). Conta-se que um tigre branco foi visto deitado sobre o túmulo do fundador de Suzhou, He Lu, nessa encosta. Seguindo o padrão de tantos outros jardins chineses, este está dividido em vários sectores, ligados por caminhos decorados e crivados de cascatas. No cimo da colina está o famoso pagode inclinado, cujas fundações não resistiram à passagem dos anos. Na base da Colina do Tigre encontra-se o Wanjing Villa’s Bonsai Garden, todo criado com plantas envasadas. A visita seguinte é Wang Shi Yuan (Jardim do Mestre das Redes) considerado um dos melhores de Suzhou, onde uma habilidosa utilização do espaço nos ilude sobre as suas pequenas dimensões. O jardim central é dominado por um lago e contém grutas, quatro pavilhões e a delicada Ponte para a Serenidade. O jardim interior é um tranquilo pátio. Para concluir as visitas deste dia vamos até ao Canglangting (Pavilhão da Onda Azul), o mais antigo da inspiradora colecção de jardins particulares ou de académicos em Suzhou. Entra-se no jardim através de uma porta sobre um canal e o ponto central é um monte desenhado de forma a imitar uma colina arborizada, com um pavilhão
quadrado no seu cume. Para além deste monte e do uso da água em várias formas, o jardim é também famoso pelas suas inúmeras janelas rendilhadas. Regresso ao hotel para jantar.

6º Dia, 4 de Abril (Seg) – SUZHOU
Visitamos mais três jardins. O primeiro é o espaçoso Zhou Zheng Yuan (Jardim do Humilde Administrador) que terá levado 16 anos a criar e custado uma fortuna em prata. O nome provém de um poema da Dinastia Jin que diz “Regar o jardim e vender vegetais constitui o negócio de um humilde administrador”. Em puro estilo Ming, o jardim é simples, natural e elegante, com o seu aspecto rústico valorizado pelas árvores e flores. Tem três sectores interligados, oferecendo a parte oriental um pequeno lago com flores de lótus e pavilhões, a parte central uma série de pontes, lagos e salgueiros-chorões e a parte ocidental grandes espaços verdes. Visitamos de seguida Shi Zi Lin (Jardim do Leão), inserido no complexo de um templo e cuja construção data de
1342. Este jardim foi criado por um dos monges em honra do seu mestre, que vivia na Montanha do Rochedo do Leão. O aspecto mais notável deste jardim é as extraordinárias formações rochosas que desde sempre fascinaram os académicos clássicos chineses. Podemos ver um lago rodeado de arranjos rochosos cuja austeridade é amenizada por um habilidoso esquema de plantação. Para finalizar o dia visitamos o Tuisi Yuan (Jardim do Retiro e Meditação), do final da dinastia Qing, com uma bela lagoa na área central. Podemos admirar os terraços ajardinados nas suas margens, um jardim rochoso encimado por um pequeno pavilhão, uma sucessão de pontes ligando vários edifícios, e árvores e bambus que no seu conjunto pintam uma tela admirável. Regressamos ao hotel para jantar.

7º Dia, 5 de Abril (Ter) – SUZHOU – HANGZHOU
Há um ditado chinês que diz “No céu temos o paraíso e na terra temos Suzhou e Hangzhou”. Hoje temos a sorte de estar em ambas. Antes de deixar Suzhou vamos num pequeno cruzeiro ao longo do Grande Canal, onde podemos ver as habitações antigas, elegantes pontes de pedra e apreciar as tradições da vida chinesa sob um ângulo diferente. Visitamos ainda o Museu de Suzhou que data de 2006 e inclui arte chinesa antiga, caligrafia e artesanato. Durante a tarde apanhamos o comboio para Hangzhou, uma das seis capitais antigas da China. Transfer de autocarro para o hotel, onde jantamos.

8º Dia, 6 de Abril (Qua) – HANGZHOU
Logo de manhã vamos num cruzeiro no Xi Hu (Lago Ocidental) com um assombroso panorama. Originalmente um mar interior, este lago tem em média apenas metro e meio de fundo e inclui cinco secções distintas – Lago Exterior, Lago Interior Norte, Lago Yuehu, Lago Interior Ocidental e Lago Menor Sul. Rodeado em três lados por picos de formato pouco comum, este local sereno era um retiro imperial favorito. A natureza excedeu-se nesta área esculpindo cenários extraordinários com nascentes, florestas e folhagem densa e uma variedade de flora colorida. De regresso a terra firme, visitamos o jardim privado Guo Zhuang (Vila Guo) uma clássica obra-mestra de contrastes: luz e sombra, curvas e linhas rectas, yin e yang. Uma alameda de bambus termina numa lagoa
quadrada com caminhos que nos levam a jardins rochosos, um portão da lua e um lago (Xi Hu). Sendo o tema principal a água, temos também “pátios” de água, o maior simples e cercado de árvores e o mais pequeno mais acolhedor e decorado com árvores e arbusto floridos. De seguida visitamos o Jardim Botânico, cuja vegetação luxuriante está disposta na encosta de uma colina. Mais uma visita, a Liuhe, o Pagode das Seis Harmonias, no lado sul do Lago Ocidental, supostamente construído para apaziguar as águas do Rio Qiantang e servir de auxílio à navegação. Para quem estiver cheio de energia é
facultada uma subida ao Pagode (não incluída). Construído em madeira e tijolo, tem cerca de 65 metros de altura e sete andares ligados por uma escada espiral. Os tectos estão profusamente esculpidos e pintados com animais, flores e pássaros entre outras figuras. A vista espectacular do topo compensará largamente o exercício da subida… E assim chegamos ao último jardim deste dia, Hu Xueyan, criação do fundador de um próspero negócio de plantas
medicinais. Tem pavilhões, terraços, um ribeiro e um grande jardim rochoso feito em honra do pai de Hu. Regressamos ao hotel para jantar.

9º Dia, 7 de Abril (Qui) – HANGZHOU – PEQUIM
Saída do hotel de manhã para o aeroporto, e voo para Pequim. Sendo a capital da República Popular da China, Pequim (Beijing) é o centro político, económico e cultural deste vasto país mas apesar de todas as suas concessões à modernidade, é impossível esquecer os seus 3000 anos de história. À chegada vamos dar um passeio pelos Hutongs. Um hutong é um estreito caminho que liga dois pátios e há dezenas de milhares deles em Pequim. O nosso passeio leva-nos através de um labirinto de caminhos históricos passando por casas antigas tradicionais, com um andar e pátio fechado, que estão a desaparecer com o avanço da era moderna. Visitamos de seguida Gongwangfu (Jardim da Mansão de Gong), cujo palácio (não acessível a visitantes) está disposto no mesmo
formato da Cidade Proibida, com nove siheyuans (casas com pátio) em sucessão. Um portal de mármore em estilo Europeu dá-nos entrada neste encantador espaço que inclui um lago artificial rodeado de salgueiros, choupos, bordos, jardins de pedra, passagens cobertas e pavilhões. Vamos de seguida ao hotel, para jantar.

10º Dia, 8 de Abril (Sex) – PEQUIM
Visita aos Túmulos Ming, no panorâmico vale de Shisan Ling, cerca de 50 km a nordeste de Pequim onde jazem três dos dezasseis imperadores da dinastia Ming. O mais antigo e impressionante mausoléu é Changling, o túmulo do Imperador Zhu Di e das suas mulheres. Os restantes doze imperadores construíram os seus túmulos em redor de Changling. A entrada para os Túmulos Ming é feita através do longo “shen dao” (caminhos dos espíritos), ladeado com estátuas de oficiais e animais de guarda, todos esculpidos de um único bloco de pedra. Vamos depois até à secção Badaling da Grande Muralha da China. Com uma história de mais de 2000 anos, a muralha serpenteia ao longo de 6700 quilómetros, de leste para oeste, e embora grande parte esteja hoje em ruínas, várias secções foram restauradas. Integrada desde há muito na mitologia chinesa, muitas lendas foram criadas sobre a Grande Muralha, das quais a mais conhecida data da Dinastia Qin (221-206 AC). Conta a história de Meng Jiangnu, cujo marido morreu durante a construção da muralha. Diz-se que o seu choro amargo após a descoberta da sua morte causou o colapso de parte da Grande Muralha. A secção Badaling é suficientemente larga para permitir que
10 pessoas caminhem lado a lado e tem baluartes, torreões, goteiras, e aberturas para os archeiros no topo. Regressamos ao hotel para jantar.

11º Dia, 9 de Abril (Sáb) – PEQUIM
Visita à Praça Tiananmen. Os acontecimentos que esta praça testemunhou moldaram a história da República Popular da China desde a sua criação. Encontra-se aqui o mausoléu de mármore de Mao Tse Tung, com a Grande Sala do Povo a oeste e o Museu da Revolução Chinesa a leste. No centro da praça está o Monumento aos Heróis do Povo. Edificado em 1952, este monumento tem oito grandes esculturas em relevo que representam o desenvolvimento da história da China moderna. O Gugong, ou Palácio Imperial é bem mais conhecido pelo seu nome popular de Cidade Proibida, uma referência à sua exclusividade. Durante cinco séculos o cidadão comum chinês esteve proibido de se aproximar das muralhas do Palácio. O complexo com os seus 800 edifícios e
supostamente 9000 divisões, era o coração literal e simbólico da capital e do império. Do seu interior, os imperadores davam ordens aos milhões dos seus súbditos com autoridade total e absoluta, raramente saindo – talvez com bons motivos! O Templo do Céu, o mais sagrado dos templos imperiais de Pequim, está situado num tranquilo parque cerca de 2 km a sul de Tiananmen e é geralmente considerado como o expoente da arquitectura Ming. Foi concebido como ponto de encontro entre o céu e a terra e foi acabado em 1420. Hoje é um local muito procurado pelos habitantes para passeio, repouso, tomar chá e fazer exercício, mas continua a ser fácil encontrar isolamento, para quem o procura. Para terminar visitamos Daguanyuan (Jardim da Grande Vista), uma réplica do majestoso jardim imperial descrito na conhecida novela Chinesa “Um Sonho de Mansões Vermelhas”, escrita por Cao Xuegin (1715-1763). Este jardim
foi criado entre 1984 e 1989 para as filmagens da série televisiva baseada na novela e tornou-se depois uma atracção pública. Palácios, pavilhões, claustros, pátios, água, rochas e flores combinam-se de uma forma mágica neste local. Regresso ao hotel para jantar.

12º Dia, 10 de Abril (Dom) – PEQUIM
Visita a Xie Qu Yuan (Palácio de Verão), situado 15km a noroeste de Pequim. Encontra-se aqui o maior jardim imperial do mundo, um verdadeiro museu de arquitectura paisagística clássica Chinesa. Embora normalmente associado à Imperatriz CiXi da Dinastia Qing, a história de Xie Qu Yuan como jardim imperial data de 1150. As salas, pavilhões, pontes, templos, Lago Kunming e Colina da Longevidade resultam num conjunto harmonioso, apesar dos seus estilos individuais e ligam-se poéticamente às rochas, lagoas e plantas. Seguimos depois até ao Jardim Botânico, um ambiente tranquilo nos arredores de Pequim, onde podemos ver uma magnífica estufa que alberga a Casa da Floresta Tropical, e ainda inúmeras áreas ajardinadas incluindo o Jardim Perene e o Jardim dos Pessegueiros Ornamentais. A nossa última visita hoje é ao local do novo Estádio Olímpico, construído para os Jogos Olímpicos de 2008. Regresso hotel para jantar.

13º Dia, 11 de Abril (Seg) – PEQUIM – LISBOA
Chegou ao fim a nossa fascinante visita a este país extraordinário. Saímos do hotel para o aeroporto, para o nosso voo de regresso a Portugal.

Para efectuar reserva:
Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda
Morada: AAJBA, Botânico da Ajuda, Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa
Tel: 213 628 284 Telm: 915 297 903
E-mail: info@aajba.com Web: www.aajba.com

 


Fim de semana no Alentejo: Rota do Fresco em Évora, Borba e Vila Viçosa & Visita à Real Coudelaria de Alter - 19 e 20 de Fevereiro de 2011



Dia 1 (19.Fev/11) – LISBOA / Évora / Borba

08:00 – Comparência no Jardim Botânico da Ajuda

08:30 – Saída em Autocarro privado em direcção a Évora

Rota do Fresco Barroca de Évora
Pela mão de um Historiador da Arte, faça parte da reinvenção do património
esquecido ou mesmo usualmente fechado da cidade Património da
Humanidade, descobrindo o diálogo secreto entre frescos em tectos e azulejos
historiados nos alçados de algumas igrejas da capital do Alentejo.
10:00 Itinerário do Barroco com visita a 3 monumentos com pinturais murais e
azulejos no centro de Évora, finalizando com uma visita a uma loja de produtos
tradicionais

13:00 Almoço Regional no restaurante “D. Joaquim” em Évora

15:00 – Saída de Évora em direcção a Borba.

Rota do Fresco Vidas de Santos, Borba
Tanto ermidas puras, como opulentas igrejas retratam, em Borba, à exaustão, as
vidas de santos mártires de grande devoção em pinturas a fresco expostas em
largas superfícies. Mas também Alegorias profanas, temas de Música, simbologia
Maçónica enriquecem diferentes tipos de edifícios do concelho, de diferentes
épocas, com diferentes encomendantes mas sempre, sempre, no registo da
pintura mural a fresco.

15:30 Visita à Ermida de Santa Bárbara

17:00 Visita à Igreja e Convento das Servas de Cristo

18:00 Visita às pinturas murais da Casa do Terreiro do Poço e prova de vinhos e produtos regionais com actuação de títeres tradicionais alentejanos (bonecos tipo Santo Aleixo)

19:30 – Chegada ao Monte da Rosada. Recepção e alojamento.

20:00 – Jantar convívio no Restaurante do Monte da Rosada. Alojamento.

Dia 2 (20.Fev/11) – Borba / Vila Viçosa / Alter do Chão / LISBOA

09:00 – Após pequeno-almoço no Monte, saída em direcção a Vila Viçosa

Rota do Fresco Duques e Duquesas, Vila Viçosa
Conheça a influência que o ducado brigantino teve na paisagem cultural de Vila Viçosa, com a constituição de um legado que, ainda hoje, marca esta terra alentejana. Sob o pretexto das pinturas murais a fresco, sinta o privilégio de entrar nos conventos e igrejas patrocinados pelos Duques e Duquesas de Bragança ao longo dos séculos, descobrindo os espaços de Fé e de Poder desta linhagem real.

10:00 – Chegada a Vila Viçosa e visita à Igreja de St.António.

11:00 – Tempo livre p/visita opcional ao Paço Ducal ou Jardins do Castelo.

12:00 – Visita ao Convento das Chagas.

12:45 – Almoço na Pousada D.João IV em Vila Viçosa (ementa regional).

14:00 – Saída em direcção a Alter do Chão, para visita á famosa Coudelaria Real.

Coudelaria Real Alter do Chão
Visite a antiga Coudelaria Real, uma das instituições mais importantes para a divulgação do nome de Alter do Chão, tendo sido fundada no reinado de
D. João V em 1748, para produção de cavalos, para a Picaria Real. Oriundo da Coudelaria de Alter, era o famoso cavalo "Gentil", que serviu de modelo para o cavalo da estátua de D. José no Terreiro do Paço em Lisboa.

15:00 – Visita guiada à Coudelaria Alter Real, incluindo Museu do Cavalo.

16:30 – Fim do visita e regresso a Lisboa.

19:30 – Chegada prevista ao Jardim Botânico de Ajuda em Lisboa.

Preços p/Pessoa c/Monte da Rosada                Sócios AAJBA                  Não-Sócios AAJBA
em Quarto Duplo                                                         250.00 €                                   272.00 €
em Quarto Individual                                                   273.00 €                                   297.00 €

Programa sujeito a mínimo de participantes (15 elementos).

Serviços incluídos:
- Itinerário c/transporte em Autocarro privativo conforme descritivo,
- Rota Barroco em Évora c/entradas;
- 02 Almoços regionais;
- Rota do Fresco Duques & Duquesas (manhã sábado);
- Rota do Fresco Vidas de Santos (tarde sábado);
- Visita Casa Terreiro do Poço c/prova de vinhos e animação;
- Acompanhamento p/Intérprete do património durante o Programa;
- 01 noite de alojamento no Monte Rosada em Meia-Pensão;
- Visita coudelaria Alter Real (1h30)
- Seguro de Viagem.

Serviços não incluídos:
- Despesas de carácter pessoal;
- Quaisquer serviços não indicados como incluídos.

Programa Fim-de-semana no Alentejo: Rota do Fresco em Évora, Borba e Vila Viçosa & Visita à Real Coudelaria de Alter

Para mais Informação & Reservas:
AAJBA
– Jardim Botânico da Ajuda| Calçada da Ajuda | 1300-011 Lisboa
Tel.: 213 628 284 ou 915 297 903 | Fax: 213 622 503 | info@aajba.com

  
dummy